quinta-feira, 25 de agosto de 2016

GATA MAGA: O TIRIRICA DE GARANHUNS






Por Altamir Pinheiro

O fenomenal CARLITO(Charles Chaplin) costumava afirmar o seguinte: "Eu continuo sendo apenas um palhaço, o que já me coloca em nível bem mais alto do que o de qualquer político". Pois bem!!! Circo é lugar de palhaço e Câmara de Vereadores é lugar de quem?!?!?! De político, claro!!! Pois é!!! Chega uma hora que o palhaço entende que a piada tá gasta... e muda!!! Vai ser político. É o que aconteceu com IVALDO GATA MAGA, talvez uma das pessoas mais conhecidas da cidade de Garanhuns. Gata Maga é aquele tipo de pessoa alto astral e de bem com a vida e pra ele não há tempo ruim. Se deu, deu. Se não deu, dane-se!!! 

Remoendo o passado não tão  distante, no cenário da política brasileira temos um fato exemplar na cidade de São Paulo que é o caso do Deputado Federal Francisco Everaldo Oliveira Silva, mais conhecido como palhaço TIRIRICA que, em duas eleições consecutivas ultrapassou a casa de um milhão de votos no Estado mais rico do país.  Querendo ou não Tiririca surpreendeu o Brasil, mas quem o acompanha, no parlamento, ou mais precisamente na Câmara dos Deputados,  sabe muito bem que o voto não foi errado, pois ele cumpre seu mandato como deveria e bem melhor que outros políticos, pelo menos não se deixa corromper e muito menos corrompe ninguém. É um exemplo de parlamentar, apesar de nunca ter usado a tribuna, mas já apresentou meio mundo de projetos beneficiando a classe artística. Polêmico e irreverente como candidato, Tiririca tem papel discreto na Câmara, onde suas propostas têm como alvo a comunidade circense. Porém, o que o credencia a ser um político de valor é que, Tiririca chegou ao fim do seu primeiro mandato com 100% de presença na Câmara.

Sim!!! Mas quem é esse tal de IVALDO GATA MAGA, O TIRIRICA DE GARANHUNS?!?!?! Na verdade, para quem não  o conhece, ele  é um profissional de mão cheia, motorista de Carreta, ônibus e máquinas pesadas e tem como plataforma de campanha como candidato a  vereador pelo PDT do saudoso Zé Cardoso,  defender intransigentemente os mecânicos de oficinas, os taxistas e mototaxistas, além dos motoristas que trabalham nas empresas de ônibus e os transportadores de passageiros através das vans ou bestas. Aliás, consta da plataforma de sua  campanha que, logo ao ser eleito, pretende requerer ao prefeito que seja construída uma RODOVIÁRIA para acomodar as bestas e todos os transportadores de passageiros das cidades vizinhas que estão estacionadas nos becos e vielas paralelas as principais ruas e avenidas da cidade de Garanhuns.

Como se sabe, o mundo é um circo, a vida um espetáculo e ultimamente Gata Maga tá doidinho, doidinho para ser vereador!!! Trocar o macacão por terno e gravata, como também ao invés de mostrar as mãos meladas de graxa, se eleito for, prefere fazer uso ou portar uma caneta BIC para assinar projetos, decretos, requerimentos e resoluções. Já pensou!!! Nos comícios, em cima de um caminhão,  Gata Maga de microfone em punho, rasgando o verbo, ao bradar em alto e bom som, com toda  força dos seus pulmões: minhas senhoras e meus senhores!!!  Meus futuros eleitores e eleitoras!!! Agora vou executar o interessante número de dizer uma coisa e fazer outra, como é costume dos políticos: E haja promessas, promessas e nada mais...

Finalmente, em se tratando de palhaço, O mesmo CARLITO(Charles Chaplin) também costumava dizer o seguinte: "Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria". Portanto, segundo me confidenciou GATA MAGA, ele tem o maior respeito pelo voto consciente do eleitor garanhuense. Até porque, Quem faz caridade é Igreja. Quem gosta de palhaço é circo. Quem gosta de criança é creche. Agora, quem gosta de político é eleitor. Por isso, GATA MAGA decidiu-se enveredar pelos labirintos da política. Se for eleito vereador e quiser desempenhar um bom papel, como é na sua vida profissional, sem sombra de dúvida será um político de mão-cheia... MIAAAUUU!!!







62 SENADORES ENTRAM NA FILA PARA "BUTAR" NO CU DA DILMA, SEM CUSPE E SEM VASELINA...






Magno Martins

No dia de ontem, véspera do início do julgamento final do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, no Senado, 51 senadores declararam que votarão a favor do impeachment, segundo levantamento do jornal O Globo. Disseram que votarão contra 19 e não quiseram manifestar seus votos ou não foram encontrados 11 parlamentares. Na votação da chamada pronúncia, quando Dilma virou ré, foram 59 votos a favor e 21 contra. São necessários 54 votos, entre os 81 senadores, para a condenação definitiva de Dilma à perda do mandato e à inelegibilidade por oito anos.

O julgamento começará na manhã de hoje. Na primeira fase, só testemunhas serão ouvidas, o que deve acabar sábado. Na próxima segunda-feira, Dilma fará sua defesa e, em 30 e 31, haverá discursos e a votação. Apesar de ainda não haver tal número, o clima é favorável ao impeachment. Vários senadores que não declararam sua preferência informaram às suas bancadas que votarão pelo afastamento definitivo da petista.

Nos bastidores, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tem sido pressionado pelos aliados a fazer o mesmo, mas ele disse que ainda analisa a situação. Quais as chances de Dilma ser absolvida? Projeções feitas com base nas informações disponíveis mostram que são praticamente nulas. Os votos esperados pela condenação de Dilma variam entre 55 e 59, podendo chegar a 62 nas várias simulações da mídia, patamar confortavelmente superior aos 54 necessários para condená-la.

Supõe-se que um senador que já votou contra Dilma tem maior chance de repetir seu voto. Importa menos que ele tenha declarado ou não o que fará a este ou aquele jornal. Alguns exemplos podem ajudar a entender melhor o critério. Tome os casos de votos dados como indefinidos, como os senadores Benedito de Lira (PP-AL), Fernando Collor (PTB-AL), João Alberto Souza (PMDB-MA), Wellington Fagundes (PR-MT) ou José Maranhão (PMDB-PB).

Todos eles já votaram sistematicamente contra Dilma no plenário, em pelo menos cinco oportunidades. Fagundes ainda votou contra Dilma também na Comissão Especial do Impeachment. Outro caso dado como indefinido, o senador Otto Alencar (PSD-BA), tem votado sistematicamente a favor de Dilma.

Pelo critério mais frouxo, a projeção aponta 59 votos pelo impeachment, exatamente o resultado da última votação no Senado. Ainda que seja adotado o mais rigoroso dos critérios (só é dado como certo o voto de quem sempre votou contra Dilma e se declara a favor do impeachment em todos os levantamentos), a projeção resulta em 55 votos a favor votos pelo impeachment e 25 contra. Isso contando com a abstenção de Renan Calheiros, o que totaliza 81, a composição da Casa.

SAINDO DO MURO – O senador Benedito de Lira (PP-AL) assumiu seu voto, alegando que agora, com o quadro já definido, não há mais motivo para não declarar sua posição. Ex-ministro de Dilma, o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) também se manifestou pela condenação. No caso dos aliados de Dilma, o senador Elmano Férrer (PTB-PI) disse que manteria sua posição contra o impeachment. O Palácio do Planalto ainda tenta mudar seu voto. - As imagens e a manchete não fazem parte do texto original - 



O PARTIDO QUE MAIS ROUBOU NO MUNDO, O PT, DEIXA DILMA NA RUA DA AMARGURA...





Claudio Humberto

A proposta de Dilma Rousseff pela convocação de plebiscito sobre a antecipação de eleições no Brasil foi rejeitada pela cúpula do PT. Foram 14 votos a dois. A Executiva Nacional do partido esteve reunida nesta terça-feira (23) e votou contra a publicação de um documento que endossaria a sugestão de Dilma, conforme publicado no jornal Folha de S. Paulo.

Apresentada pelo secretário de Formação do PT, Carlos Henrique Árabe, a emenda reproduzia um trecho da carta de Dilma, em tentativa de reverter o impeachment no Senado. Essa foi a primeira vez que o comando do PT se manifestou formalmente sobre a proposta de Dilma.

Segundo avaliação de Rui Falcão, presidente da legenda, a promessa de um plebiscito não teria capacidade de atrair senadores contra o impeachment. No entanto, Falcão nega que a rejeição seja sinal de afastamento.

O QUE PASSA NA CABEÇA DOS INTELECTUAIS DE MERDA QUE TEIMAM EM APOIAR O PT?!?!?!













Ednei Freitas
Em primeiro lugar, esse apoio irracional é falta de amor ao próximo, mostra indiferença pelos 13 milhões de desempregados que o PT deixou. Em segundo lugar, demonstra falta do senso de realidade, uma vez que é impossível que um escritor, vivendo no Brasil e não na Lua, ainda desconheça que o PT, junto com seus comparsas PCdoB, PMDB e PP, através de ações criminosas e em conluio com empresários e funcionários da Petrobras, saqueou a empresa-orgulho do Brasil, através de contratos de licitação viciada com recebimento de propinas pelo próprio Lula e os demais cabeças do PT, e tudo isso para enriquecimento próprio e para eternizar o partido no poder.
É impossível que um escritor que não vive na Lua tenha deixado de saber o que foi amplamente divulgado não só pela imprensa, mas pelo próprio ministro Henrique Meirelles. O fato é que Dilma, com seu governo corrupto, irresponsável e mentiroso, maquiou as contas públicas até não poder mais esconder que ela e sua gangue tinham tornado insolvente a economia do país.
Não se pode aceitar que um grande escritor e biógrafo, cujo dever de ofício é investigar, não perceba o que até as paredes do Palácio do Planalto já sabem: Dilma comprou a refinaria de Pasadena sabendo que isso iria dar prejuízo de mais de um bilhão de reais para a Petrobras. Ou seja, comprou um canivete e pagou pelo preço de um avião a jato.
A GERENTONA – Dilma, por seu temperamento centralizador, nunca deixou que outros decidissem por ela. Pelo contrário, sempre impôs a todos que dela seria a palavra final. Aí eu pergunto: além da falta de sensibilidade pelo drama que milhões de brasileiros estão passando por causa dessa pilhagem dos cofres públicos, como é que intelectuais como Fernando Morais , Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso e Gilberto Gil podem continuar apoiando o PT?
Há até escritores de muito maior erudição, como Jair Ferreira dos Santos (“Breve, o Pós-Humano”, “Kafka na Cama”, “Histórias de Amor Infeliz”, “O que é Pós-Moderno”, “A Faca Serena”, “Cybersenzala” e outras obras), cuja agudeza coloca no chinelo Morais, Chico, Caetano e Gil , como ele pode apoiar essa quadrilha política? E logo Jair Ferreira dos Santos, que escreveu para o intróito de seu livro “A Faca Serena” uma quadrinha como nunca houve na literatura brasileira e portuguesa, nem pode haver igual (“Madura, fruto, o gume // escava. linguagem, o poema // acende, amor, o lume // de minha faca serena”….
INEXPLICÁVEL – Por que esses intelectuais ainda querem Dilma e Lula na Presidência da República? O que mais é preciso para convencê-los de que o PT deixou de ser um partido de esquerda? O que falta para que eles (indiferença aos desempregados e famintos, à parte) entendam que o PT não é a redenção de que o Brasil precisa?
Em todos estes anos como psiquiatra e psicanalista, analisando individualmente –e, depois, coletivamente – o comportamento humano, confesso que não consigo ter o menor entendimento sobre a mente desses intelectuais.
Passemos, para sermos mais pão, pão, queijo, queijo, a uma figura nada metafórica. Você está andando numa estrada rural e, ao virar a curva, vê uma manada de bois vindo na sua direção, em disparada. A conduta instintiva humana é pular fora da estrada e evitar ser pisoteado. Pois bem, estes intelectuais estão vendo uma manada de bois investindo em sua direção, mas insistem em prosseguir o caminho como se não estivesse acontecendo nada. - A manchete não faz parte do texto original - 

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

VEREADOR GIL PM TEM TUDO PARA SER REELEITO




Por Altamir Pinheiro

É do conhecimento público que temos uma câmara de vereadores meio capenga. Talvez, esta câmara tenha sido uma das piores que temos conhecimento nesses últimos trinta anos. Agora, no seu conjunto da obra, há aqueles componentes da casa que, individualmente, se destacam com maior predominância. Podemos tirar como exemplo a olhos vistos o caso do vereador Gil PM, que vem fazendo um brilhante trabalho na área social, digno de aplausos pelas comunidades mais carentes que circundam o cinturão mais necessitado desta pobreza que teima em permanecer e sobreviver nos arredores de Garanhuns.

Por viver sempre com o RADAR LIGADO e atento a tudo que se passa ao seu redor, Gil PM é um tipo de vereador que nunca tropeçou nas circunstâncias e nunca desistiu de determinados objetivos. A prova é tanta que, desde que assumiu a vereança que batalhou incansavelmente para que fosse colocado a iluminação e lombada na perigosa e assassina CURVA DA LARANJEIRA. Nos últimos sete meses de luta com a diretoria do DENIT e depois de muito arranca rabo, até que enfim o vereador conseguiu implantar naquela rodovia uma lombada com a devida sinalização que é reivindicada a quase cinquenta anos pela população de Garanhuns. O vereador tornou-se num verdadeiro CRI CRI, ao enviar  dezenas de requerimentos dirigidos para os homens públicos, inclusive para o Ministério dos Transportes, tudo isso sem importar a matiz partidária ou o pensamento ideológicos dos governadores e ministros.  Sua persistência fora determinante para que hoje esteja instalada, ali,  a tão sonhada lombada da  mortífera curva da laranjeira.

Seguindo nesse mesmo ritmo energético de trabalho,  Gil PM tem como concepção ao seu modo de atuar visando sempre a classe menos favorecida. Seu slogan é um só: TUDO PELO SOCIAL. Não é à toa que, é de sua autoria outro grande momento fecundo de sua atuação como vereador. Foi ele quem "encheu o saco" do prefeito Izaías Régis para que fosse construído um campo de futebol com padrões internacionais em pleno Parque Euclides Dourado. Hoje, a obra está praticamente terminada, donde, vai favorecer tanto em modo quantitativo quanto qualitativo todos os pebolistas que frequentam o parque. Como diz o vereador Gil PM: "As verdadeiras políticas públicas são aquelas que são duradouras e direcionadas para a melhor qualidade de vida, principalmente, tendo como beneficiário qualquer  grupo de pessoas esquecido pelo tempo que de um certo modo eu estou tentando resgatar".

E o trabalho, continua, não para!!! Foi ele, também, quem tirou o traseiro do estofado e caiu na buraqueira ao solicitar a prefeitura a reabertura do chafariz VILA CANADÁ do Magano, inclusive com manutenção e a fiscalização da vigilância sanitária. Incansável na sua trajetória do TUDO PELO SOCIAL, é de sua autoria os requerimentos das construções das importantes lombadas da UPAE  e de Mané Chéu, além da creche da COHAB III, donde, nesta mesma Cohab, impediu e contornou através de entendimento com a justiça  a NÃO expulsão de dezenas de moradores pobres e desvalidos da sorte taxados de invasores das casas daquele conjunto residencial.

No tocante a uma obra de embelezamento na cidade é dele a luta pela retirada do posto policial em frente a IZA CALÇADOS e deslocado para o começo da Av. Santo Antonio de frente as Lojas Americanas. Nesse seu trabalho formiguinha recebeu das mãos do saudoso governador OI DE GATO, as chaves do excelente programa PERNAMBUCO CONDUZ que vai buscar ou pegar o deficiente físico em sua casa para tratamento de saúde e agora já foi incorporado os pacientes que fazem hemodiálise. E o que dizer de sua atitude de FILHÃO, quando de um projeto de sua autoria, recomendou junto aos seus pares o merecido e digno título de cidadão de Garanhuns ao seu velho e lúcido pai, Geraldo Caboclo de Lima, conhecido como IVANILDO PINTOR, morador da Rua do Pau Pombo e uma das pessoas da velha guarda mais politizada de Garanhuns, que enfrentou os tempos de chumbo da ditadura militar aliado a Zé Cardoso, Humberto de Moraes e o comunista Amaro Costa.
  
O texto ora escrito faz um resumo da dedicação diuturna e nos dá um diagnóstico do trabalho profícuo, fecundo e levado muito a sério  pelo lado social  praticado pelo  vereador Gil PM nos últimos quatro anos. Como se vê, sejamos justos, pois, a ponderação mais razoável, mais sensata e a mais correta é reconduzir a uma casa legislativa aqueles que fizeram por merecer e, sinceramente,  Gil PM é um deles!!!

sábado, 20 de agosto de 2016

HORIZONTE SOMBRIO: LOGO APÓS O IMPEACHMENT, DILMA E LULA VÃO SE HOSPEDAR NA CADEIA...






NA RETA FINAL  DO IMPEACHMENT, DILMA SOFRE O SEU PIOR REVÉS E PODE TER ALTERADO SEUS PLANOS PÓS-CASSAÇÃO. INVESTIGADA PELO STF AO LADO DE LULA, ELA CORRE O RISCO DE PARAR NA CADEIA. ALIÁS, OS DOIS QUE ESTÃO NA MIRA DA JUSTIÇA E SEM FORO PRIVILEGIADO, LULA E DILMA PODEM SER JULGADOS EM PRIMEIRA INSTÂNCIA.






















Pedro Marcondes de Moura

Na semana em que o Senado inicia o derradeiro julgamento do impeachment, a presidente afastada Dilma Rousseff enfrenta o auge de sua fragilidade. As preocupações da petista vão além da iminência de deixar o Palácio do Planalto pela porta dos fundos. Agora, pesam contra ela mais do que as acusações por ter editado créditos complementares ou ter cometido as famigeradas pedaladas fiscais, passíveis de perda de mandato. Dilma passou a ser investigada por um crime comum. Desde a última semana, ela corre risco real de ser condenada pela Justiça por interferir na Operação Lava Jato. Atendendo a um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, determinou a abertura de um inquérito para apurar as suspeitas de que a petista usou o cargo para obstruir a Justiça, o que configura crime. Para Zavascki, há fortes indícios de que Dilma liderou uma conspiração para nomear Marcelo Navarro Ribeiro Dantas ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) em troca do compromisso para soltar empreiteiros presos da Lava Jato, articulou uma tentativa de evitar a delação do ex-senador Delcídio do Amaral e nomeou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para tirá-lo da jurisdição do juiz Sérgio Moro.




SEM FORO PRIVILEGIADO - O momento para as acusações contra ela não poderia ser pior. Dilma já planejava um exílio de oito meses por países latino-americanos, tão logo sua saída do cargo fosse oficializada. Com a decisão de Teori, talvez seja mais prudente mudar o plano de vôo. Motivo: ao perder o foro privilegiado, Dilma poderá ser processada em primeira instância junto a outros acusados de também obstruir a Justiça, como os ex-ministros Aloizio Mercadante, José Eduardo Cardozo e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A decisão atinge ainda os ministros do STJ Marcelo Navarro e Francisco Falcão. Uma eventual condenação pode levar Dilma à cadeia. Por muito menos, Delcídio foi preso. Agora começa a etapa de coleta de provas, o que pode incluir até o depoimento de investigados. Em sua primeira diligência, Teori solicitou os registros de visitas de Navarro ao Senado.

Política e juridicamente, a abertura do inquérito pelo Supremo pode ser considerada o pior revés já experimentado por Dilma desde sua ascensão ao poder. Isolada e sem apoio até do PT, Dilma tentava construir a narrativa da vítima. Sonhava em entrar para a história como uma presidente cassada sem provas e acima de qualquer suspeita. Desde a posse para o segundo mandato, a petista ecoava um mantra de que o governo dela era marcado pela independência nas investigações de corrupção e propagandeava a inexistência de acusações de enriquecimento pessoal, apesar das inúmeras provas de que o Petrolão abasteceu as campanhas dela de 2010 e 2014 ao Palácio do Planalto. Agora, ao autorizar a abertura do inquérito, o STF sepulta de uma vez a sua versão. Mostra que existem, sim, suspeitas contra ela. Mais do que isso. Há evidências de suas digitais em, pelo menos, duas tentativas de obstruir a Lava Jato: a nomeação de Navarro ao STJ e a tentativa de empossar Lula na Casa Civil. Em um primeiro movimento, Aloizio Mercadante, então ministro da Casa Civil, foi flagrado, em uma conversa gravada com um assessor do ex-senador Delcídio do Amaral, oferecendo ajuda para que o parlamentar não fizesse um acordo de delação premiada. O diálogo acabou vindo à tona quando Delcídio, com o objetivo de deixar a prisão, resolveu contar tudo o que sabia aos procuradores. O ex-senador afirmou à Justiça, em depoimento revelado por ISTOÉ com exclusividade, que o Palácio do Planalto – mais precisamente Dilma Rousseff – interferiu diretamente para que o Superior Tribunal de Justiça soltasse empreiteiros. Em uma conspiração envolvendo Dilma, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e o presidente do STJ Francisco Falcão foi acertada a nomeação de Marcelo Navarro Ribeiro Dantas para a Corte com a condição de que ele concedesse a liberdade aos empresários envolvidos no Petrolão. Navarro, de fato, votou favorável à soltura Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez, e Marcelo Odebrecht. O plano só não vingou porque a maioria da turma do STJ optou por mantê-los detidos. Não importa. Para Teori e Janot, há elementos para a caracterização da prática criminosa por Dilma e companhia.




PARCERIA CRIMINOSA - A terceira investida de Dilma para interferir na Lava Jato ocorreu em março. Após o ex-presidente Lula ser alvo de uma condução coercitiva, a petista o nomeou ministro da Casa Civil. Interceptações telefônicas de conversas entre os dois mostram a pressa com que ela agiu para que o antecessor assumisse o cargo. Enviou pelo assessor Jorge Messias o termo de posse, antes mesmo da cerimônia, para que Lula ganhasse foro privilegiado e seu caso saísse das mãos do juiz Sérgio Moro. Por decisão do Supremo, a conversa não pode ser usada na acusação por ter ocorrido após o período de gravação autorizado por Moro. Outra prova, no entanto, foi suficiente para encalacrar Lula e Dilma: uma EDIÇÃO EXTRA do Diário Oficial da União publicada pelo Palácio do Planalto para garantir que a nomeação do ex-presidente entrasse em vigor o mais rápido possível. Para Miguel Reale Jr., um dos juristas signatários do pedido de impeachment de Dilma, o episódio é uma afronta aos princípios republicanos e confere materialidade ao impedimento da presidente. “É um ato de imoralidade administrativa e política”, afirma. O inciso 5 do artigo 6º da a Lei nº 1.079 define como crime de responsabilidade exatamente o que as ações de Dilma atestaram, ou seja, “opor-se diretamente e por fatos ao livre exercício do Poder Judiciário, ou obstar, por meios violentos, ao efeito dos seus atos, mandados ou sentenças.”



Nos bastidores, os petistas temiam que o magistrado responsável pela Lava Jato decretasse a prisão do ex-presidente. Por ironia, coube às gravações entre Lula e Dilma e à delação de Delcídio, antecipada com exclusividade por ISTOÉ, precipitar a queda da presidente. É só o começo do pesadelo. Fora do cargo, ela corre o risco de responder por estes crimes desprotegida do privilégio de foro.




EXPECTATIVA É DE QUE DILMA SEJA CASSADA COM OS VOTOS DE 61 DOS 81 SENADORES. SÃO NECESSÁRIO 54 - A primeira grande aparição de Dilma após a abertura do inquérito deve ocorrer no julgamento do impeachment. Em uma última e desesperada tentativa de se safar, a petista pretende fazer um discurso pessoalmente no Senado na segunda-feira 29. Ensaia mais uma e, provavelmente, a última de suas intervenções desconectadas da realidade dos 11 anos que esteve à frente do País. Acredita que a sua presença irá melindrar os defensores do impeachment e a colocará no lado certo da história. Doce ilusão. Em sessão televisionada, ela terá de explicar como passou por cima do Legislativo ao promover os decretos suplementares ou de que forma maquiou as contas do governo com as pedaladas fiscais. Será instada ainda a dar explicações por ter usado e abusado da caneta presidencial para atentar contra a Lava Jato e desrespeitar a independência do Judiciário. Políticos da oposição já ensaiam como usarão o tema para pressioná-la contra a parede. Prometem martelar o assunto durante os cinco minutos disponíveis a cada um deles para inquirir Dilma. Os trâmites da reta final do processo já foram definidos pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. Responsável por comandar as sessões, ele elaborou o roteiro em reunião com líderes das bancadas da Casa na última semana. As audiências terão início na quinta-feira 25. Na primeira etapa, serão discutidos eventuais questionamentos de senadores sobre o processo. Depois, falarão oito testemunhas, duas arroladas pelos acusadores e seis, pela defesa. Espera-se que todos os depoimentos ocorram até a madrugada do sábado. Após Dilma Rousseff se pronunciar, o processo entra na etapa final. “Espero que ela tenha a humildade de se curvar e que reconheça seus erros”, disse o líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO). Cada parlamentar discursará por dez minutos e, então, será a vez dos advogados favoráveis e contrários a cassação fazerem uso da palavra pela última vez. Se o script for seguido à risca, os senadores selarão o destino da petista na quarta-feira 31. Segundo estimativas dos dois lados da trincheira, o impeachment de Dilma deve prosperar com uma vantagem de seis a oito votos a mais do que os dois terços necessários – 54 dos 81 senadores. Nem parcos aliados que restaram à petista esperam outro resultado senão a condenação. O infortúnio a aguarda. - Site da revista ISTOÉ -

Delação bomba Em março, ISTOÉ trouxe, com exclusividade, o depoimento de Delcídio do Amaral. Nele, o ex-senador detalhou a trama da presidente afastada Dilma Rousseff e do ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo para nomear Marcelo Navarro (acima) ao STJ em troca da libertação de empreiteiros

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

DO AGRESTE MERIDIONAL SAIRÁ O PREFEITO MAIS VOTADO DO ESTADO





Por Altamir Pinheiro

Parodiando um grande Diplomata Alemão, nunca se mente tanto como antes das eleições, durante uma guerra e depois de uma caçada ou pescaria. Mesmo estando num período eleitoral de uma verdade ninguém pode escapar: O PREFEITO MAIS VOTADO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SAIRÁ DO AGRESTE MERIDIONAL. Em que pese ser uma campanha que vem vestida e calçada de uma enorme pobreza franciscana, em virtude da nova lei eleitoral, quem leva vantagem nessa parada são os candidatos que já são prefeitos, por serem mais conhecidos e terem serviços prestados para mostrar a  sua respectiva comunidade e não alimentá-la de promessas vãs...

Em Garanhuns, apesar dos cinco candidatos que disputarão o pleito, tá parecendo  mais uma eleição com candidatura única. O candidato que ainda pode fazer uma COSQUINHA é o do PPS, Sivaldo Albino, que num montante de 70 mil votos válidos pode chegar a 9 ou 12 mil votos, o outro é o engenheiro e comunista Paulo Camelo que deve abocanhar cerca de 8 mil votos, já a candidata do DEM e o do PDT atingirão cerca de 3 mil sufrágios. No somatório geral, a totalidade de votos de Izaías Régis(PTB), chegará, tranquilamente, a marca dos 45 a 50 mil votos válidos. Ou seja, atingirá um percentual de 70 a 75%.

Pelo que se vê, lê, ou quem acompanha a excepcional administração do prefeito de Caetés Armando Duarte(PTB), ali, a eleição já   se configurou em favas contadas.  Até porque, o candidato que será  seu adversário, apoiado por Zé da Luz é um zero à esquerda, tem um eleitorado reduzido e escondido feito pé de cobra. Na verdade, os eleitores do PSB de Caetés, vivos e mortos, desertaram todos. Daí, o candidato do PTB, Armando, NADA de braçada na piscina eleitoral de Caetés e apesar de não ser nenhum MICHAEL PHELPS, mas vem lutando para ser vencedor, vencendo para ser campeão!!! Deve atingir uma marca recorde de 85% a 90% dos votos válidos e se consolidar como o prefeito mais votado, proporcionalmente, do Estado de Pernambuco.

Em Capoeiras, mesmo sendo favorita disparada a candidata do PSB, não  descuida um segundo sequer e segue com absoluta seriedade na sua campanha eleitoral de olho vivo e faro fino. Neide é o tipo da candidata que, em Capoeiras ela está REINANDO absoluta e não tem pra ninguém. Deve chegar a uma margem de 65 a 70% dos votos válidos. O calor humano e o alarido(através da rede social via INTERNET) da militância da candidata, principalmente do PSB JOVEM ajuda a multiplicar o avalanche de votos que Neide Reino abocanhará nas urnas.  

Outro pormenor que favorece muito a candidata do PSB é perceber que   uma das grandes vantagens dela ser reeleita em Capoeiras advém de seu adversário que já entrou na campanha trazendo em seu bojo ou  rótulo de campanha uma TARJA PRETA pregada na testa e por isso vai amargar uma derrota contundente, haja vista ter um grande índice de rejeição e no momento está querendo sair das cordas do ringue eleitoral, mas  NÃO consegue. O candidato do DEM foi abandonado pelos seus possíveis e futuros correligionários, está sozinho e deve ir pro vinagre. No momento está no sal, vai desidratar até chegar em definitivo na sepultura eleitoral. 

Por fim, em termos de densidade eleitoral, todos os adversários de Neide, Izaías e Armando, juntos, de um modo geral e, eleitoralmente falando, eles têm a mesma altura: SE NIVELAM PELO TORNOZELO. Isso quer dizer que, seus votos são raros, limitados e sumidos. Não é à toa que, têm alguns dos candidatos que, no conjunto da obra,  os votos cabem dentro de um fusquinha...

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

SENADOR ALOYSIO NUNES CHAMA LULA DE CAFAJESTE E DIZ QUE ELE VIVE SOB O EFEITO DO ÁLCOOL...





NA SEGUNDA, LULA ACUSOU O SENADOR DE QUERER MUDAR A LEI MARIA DA PENHA PARA REPRIMIR A PRÓPRIA MULHER. ATENÇÃO!!! O PROJETO DO SENADOR AUMENTA A PROTEÇÃO ÀS MULHERES E NÃO O CONTRÁRIO COMO AFIRMOU O BEBERRÃO LULA!!!



Reinaldo Azevedo

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) reagiu com a devida dureza ao ataque absurdo que Lula desferiu contra ele nesta segunda.

No Facebook, escreveu: “Só posso atribuir tamanho despropósito de Lula aos efeitos do álcool, que tendem a exacerbar os traços mais cafajestes do caráter do personagem”.
Nunes recomendou ainda que Lula “cure a carraspana e esfrie a cabeça no seu tríplex no Guarujá ou no seu sítio de Atibaia”.

Para lembrar: o tucano é relator na Comissão de Constituição e Justiça do Senado de um projeto que permite a delegados de polícia estabelecer medidas preventivas de proteção a mulheres agredidas antes mesmo da Justiça. Em 24 horas, deve enviar tais medidas ao juiz para que este as confirme ou as altere.

A proposta, portanto, aumenta a proteção às mulheres. As feministas “feminázis” do PT, no entanto, combatem o texto só porque não teve origem no partido.

Nesta segunda, num ato em suposta homenagem aos dez anos da Lei Maria da Penha, Lula atacou Nunes, sugerindo que este estaria interessado em reprimir a própria mulher. Disse: “O senador Aloysio Nunes, um homem que foi da UNE, que se diz de esquerda, avançado e socialista, é um troglodita. Quer mudar a lei certamente para reprimir a mulher. Ele quer fazer alguma coisa com ela e, por isso, mudou a lei”.

O tucano disse ter se sentido “nauseado” e afirmou que sua mulher também reagiu com indignação. Em conversa com a Folha, disse, no entanto, que não vai processar Lula: “Ele já tem tantos problemas com a Justiça que eu não vou dar mais esse a ele”.

O SENADOR OBSERVOU O ÓBVIO:  “O projeto aumenta a proteção às mulheres e não tira, como ele falou. Ele é um cafajeste”.

É evidente que Lula não pode sair por aí assacando contra a honra e a reputação alheias com o propósito único de fazer baixa política. Ele certamente nem sabia do que estava falando.
Não que agisse de modo diferente se soubesse. Mas é tanto pior quando a truculência se junta com a ignorância, o que é muito frequente no seu caso.

Quanto às “feminázis”, elas poderiam ao menos dizer o que há de errado com a proposta. Como não conseguem, então preferem a difamação ao debate. - As imagens e as manchetes não fazem parte do texto original - 


DILMA FOI A PIOR PRESIDENTE QUE O BRASIL JÁ TEVE



Rodrigo Constantino

Com 59 votos a favor e 21 contra, o Senado transformou a presidente Dilma em ré no processo do impeachment. O afastamento definitivo dela, portanto, aproxima-se, para alívio geral da nação. Será um marco em nossa democracia, uma conquista e tanto do povo que foi às ruas lutar por liberdade.

Dilma foi provavelmente a pior presidente que o Brasil já teve em sua história. Com um misto de muita arrogância e incompetência com viés ideológico, ela se mostrou disposta a insistir em erros grosseiros que vinham afundando de vez o País no caos econômico e social. No futuro, muitos terão dificuldade de compreender como alguém com esse perfil chegou ao poder.

Mas não devemos culpar Dilma sozinha. Afinal, ela não causou esse estrago todo sem ajuda. Na verdade, foi seu partido o maior responsável pela desgraça brasileira, e Lula é indubitavelmente o grande arquiteto de tudo. O PT se mostrou uma quadrilha mafiosa que usava o discurso de “justiça social” como pretexto para chegar e ficar no poder.

Assistir o debacle desse falso ídolo popular, portanto, é alvissareiro para todos aqueles que sonham em construir um país de verdade, sem magia, sem messias, sem populismo. Lula e seu PT representam o que há de pior em nossa cultura: a malandragem, a falta de caráter, o cinismo de quem está disposto a qualquer coisa para se dar bem.

Mas se, por um lado, o simbolismo dessa derrota é tão relevante, isso não quer dizer que o Brasil se livrou de vez do câncer populista. O PT pode sofrer bastante nas eleições municipais e definhar como partido, mas o petismo continua vivo. Basta observar suas linhas auxiliares, o PSOL, a Rede e o PCdoB, reproduzindo os mesmos discursos, adotando a mesma narrativa de vitimização das “minorias” contra as “elites”.

É cedo para dizer que a população aprendeu a lição e ficará longe desses embusteiros. Eles pululam no Brasil, e um país com tanta miséria e ignorância será sempre um solo fértil para o florescimento desses tipos. Uma batalha importante foi vencida, mas a guerra continua – e está longe do término.

Uma página sombria de nossa história está prestes a ser virada. Mas o trabalho de reconstrução está apenas começando. É preciso aprovar reformas estruturais, reduzir drasticamente o escopo do estado na economia e em nossas vidas, limitar os gastos públicos, atacar as máfias sindicais que representam o atraso, desafiar os grupos de interesses e a patota encastelada no governo, mamando em privilégios.
Evitaremos, com o afastamento do PT, que o Brasil vire a Venezuela. Mas agora temos de lutar para que se aproxime do modelo mais liberal dos países desenvolvidos. Não será nada fácil. Mas também não é impossível. Portanto, mãos à obra, patriotas!


terça-feira, 16 de agosto de 2016

MAIS UM TESOUREIRO DO PT(O TERCEIRO) VAI CAGAR DE CÓCORA NA CADEIA DO PETROLÃO










O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, recebeu denúncia na Operação Lava Jato contra ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e outras 12 pessoas. O despacho foi registrado na noite da última sexta-feira (12).
Ao todo, 14 pessoas são acusadas de crimes de corrupção, cartel e lavagem de dinheiro por fraudes no contrato de obra do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), da Petrobras, no Rio de Janeiro, onde são feitos estudos sobre a exploração de petroleo em águas profundas. A denúncia foi apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) à Justiça, na terça-feira (9), com a retirada de um dos acusados da lista, Ricardo Pernambuco Backheuser Júnior. De acordo com o MPF, o contrato, assinado em janeiro de 2008 entre o Consórcio Novo Cenpes e a Petrobras, tinha valor inicial de R$ 850 milhões e passou para mais de R$ 1 bilhão após aditivos.
Segundo a denúncia, para que o contrato fosse fechado, as empresas que formavam o consórcio, OAS, a Carioca Engenharia, a Schahin, a Construbras e a Construcap, “ofereceram e efetivamente pagaram mais de R$ 20 milhões em propinas para funcionários do alto escalão da Petrobras e representantes do Partido dos Trabalhadores (PT), que dava sustentação política a tais funcionários corrompidos”.
De acordo com o despacho de Moro, o processo foi suspenso para um dos envolvidos. “Quanto o fato de não ter sido igualmente denunciado, Ricardo Pernambuco Backheuser Júnior, apresentou ao MPF justificativa dizendo que, no acordo de colaboração celebrado com a Procuradoria Geral da República e que foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal, havia a previsão de que não seria ele denunciado pelos fatos revelados no acordo de colaboração. Considerando o pactuado, é o caso de acolher a promoção do MPF e simplesmente declarar a suspensão do processo em relação a ele”.
Segundo juiz, os fundamentos analisados no pedido de prisão preventiva de Paulo Ferreira e, também, as buscas e apreensões feitas nos endereços dos demais investigados “são suficientes, nessa fase, para o recebimento da denúncia”. A decisão diz que “conforme exposto cumpridamente naquela decisão, há provas decorrentes de depoimentos de criminosos colaboradores conjugados com provas documentais e que indicam a cobrança e o pagamento da vantagem indevida.”
Moro observa ainda que, com o depoimento de alguns acusados, surgiram novas provas no caso. “Observa-se que, desde então, surgiram até mesmo provas adicionais, como o depoimento do acusado Genésio Schiavinato Júnior, dirigente da Construbase, e que admitiu, em depoimento na investigação preliminar, a realização de pagamentos subreptícios decorrentes da obra, a pedido do acusado Agenor Franklin Magalhães Medeiros, ao Partido dos Trabalhadores, este representado por Paulo Adalberto Alves Ferreira. Também se destaca o depoimento do acusado Roberto Ribeiro Capobianco, representante da Construcap, que confirmou que a WTorre foi procurada pela OAS e pela Carioca, para desistir do certame”.
No despacho, Moro concede 10 dias para que os acusados apresentem defesa a respeito da denúncia recebida. Ele cita ainda que aceita o pedido do MPF para suspender o processo com relação a Pedro José Barusco Filho e Mario Frederico de Mendonça Goes já que ambos possuem acordo de delação com o MPF e já foram condenados, em outras ações, à pena máxima prevista nos acordos.
Entre os denunciados, estão o empresário Adir Assad, os operadores financeiros Rodrigo Morales e Roberto Trombeta, e o operador Alexandre Correia de Oliveira Romano, além de nove integrantes das construtoras do consórcio. (Fonte:Agência Brasil) - A imagem e a manchete não fazem parte do texto original

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

CARTA DA ANALFABETA DILMA: ESCREVEU NÃO LEU, O PAU COMEU!!!



Marli Gonçalves
CABEÇALHO: Brasília, (__) de agosto de 2016. DESTINATÁRIO: Ao Povo Brasileiro. "Desculpem qualquer coisa. Sei que estou sendo afastada pelo conjunto da obra e de minha teimosia, que acabaram desenhando os acontecimentos que vivemos. Grata pela compreensão, e um pedido: não gostaria que se associasse isso tudo ao fato de eu ser mulher. Não tem nada a ver. Apenas me uni a um projeto de poder político que se mostrou patético e falido". Assinado, Dilma.

PRONTO, ESTA DITO. 

Mas não. Quer porque quer causar. Sair batendo o pé. Agora a coisa está piorando e a tal missiva ameaça até ser uma espécie de carta-testamento, tipo a de Getúlio Vargas - sem o suicídio, esperamos, claro, que ninguém quer sangue. Dá para acreditar? Mais, a ameaça continua: poderá não ser só uma carta, mas duas! Mais ainda: ameaça listar as lutas da esquerda brasileira que acredita encarnar contra os contrários ao Deus Supremo Lula. Coisa mais antiga, démodé. Fico preocupada se ela não vai acabar fazendo logo um livro capa tão dura quanto sua cintura. Novela a história toda já virou. Toques venezuelanos emocionantes.



Mártir de si mesma, a presidente afastada sugere que não viu que foi quem montou o jogo que perdeu, o mundo se desmoronando à sua frente em erosão constante, promessas e mentiras desmascaradas. Que não ouviu os primeiros berros à sua porta em junho de 2013. Não admite que a cada passo que se revela da mangueira de sucção instalada na Petrobras vem à tona sua cegueira, incompetência de gestão. Ou, o que tem hora que até eu acredito, que foi feita de otária - e o que deve ser duro para a valenta admitir - as coisas correram ali nas suas barbas. Barbas, não, melenas caprichosamente cultivadas na sua visível transformação nos últimos anos. 

O mesmo com relação ao partido, o PT e seus radicais livres, muitos que inclusive agora não mais o são, e estão ou foram presos, com o quais ela nunca pareceu ter afinidade mesmo, mas fazer o quê? Vivem ranhetando entre si. Mas poste não tem vez, nem voz. O problema maior é que caiu a lâmpada que iluminava o poste e o fazia imprescindível.

Igual soluço, a palavra golpe está até cansada de tanto senta e levanta, de tanto que entrou e saiu dessa tal carta que já marcou várias datas para nascer de cesariana, e deu para trás até agora em todas. Parto difícil, alto risco.

Outro dia dessa semana, pelo que se deu a entender, Lula foi até Brasília para conhecer a tal pecinha. Vocês conhecem o Lula? Conseguem imaginar o que é que ele realmente pensa dessa ideia de escrever cartinha, como deve se referir com desdém, o que será que acha? Do papelzinho? O intuitivo Lula deve achar uma papagaiada, entre outros termos menos airosos.

Fora que pelo que se ouve por aí, na tal epístola ela quer - e se voltar, garante que o fará - chamar o povo - esse arrepiante coletivo - para opinar em plebiscito. Um eufemismo para admitir sua própria derrota.

Não quero ser chata, tinha até pensado em ajudar a escrever uma minuta completa para abreviar a angústia que essa carta, ao fim e ao cabo a nós endereçada, deve causar a Dilma. Será que ela levanta de madrugada pensando nela? Será que é ela mesma que a está escrevendo sentada em sua penteadeira, com caneta bico de pena (imagem romântica)? Qual a cor da tinta? Ou escreverá a lápis, apagando detalhes com borracha cheirosa? Usará branquinho? 

Se perde pensativa, desenha casinhas no papel? Escreve os palavrões que pensa? Ou teclará catando milho palavra por palavra? Tira cópias? Parece a carta mais vazada e aberta do mundo, mais que obra de Umberto Eco. Imprime para ler? Destrói no triturador as partes que despreza? Deixa guardada em um pendrive que mantém junto a si, amarrado em uma corda no pescoço?

ESCREVEU NÃO LEU, O PAU COMEU.



TODO BRASILEIRO DE VERGONHA NA CARA PRECISA E DEVE DENUNCIAR à ONU e à OEA OS CRIMES DE LULA, DILMA e do PT





Charge do Fernando Cabral, reproduzida do Arquivo Google
Francisco Bendl
Em resposta às denúncias às Nações Unidas e à Organização dos Estados Americanos, que estão sendo feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pela presidente afastada Dilma Rousseff e pelo PT, não há dúvida de que os brasileiros também precisam se manifestar. Por isso, me proponho a impetrar reclamações junto à ONU e à OEA, com respeito aos crimes cometidos desde 2003 por Lula, Dilma e o PT, contra o Brasil e seu povo.
Começarei com o mensalão, depois o petrolão, os empréstimos consignados, a compra de Pasadena, as doações de Lula para o boliviano Evo Morales, prejudicando a Petrobrás, os financiamentos do BNDES a fundo perdido, como o Porto de Mariel em Cuba, a política econômica petista e de Dilma, ocasionando milhões de desempregados, com os brasileiros endividados, juros extorsivos, inflação, recessão e crise política sem precedentes.
Também vou denunciar o aparelhamento do Estado, os milhares de cargos públicos dados a petistas durante os treze anos em que estivemos à mercê de um bando de criminosos no poder, os acordos deletérios, as alianças espúrias, as obras da Copa do Mundo erguidas fraudulentamente, da mesma forma a gastança para sediar a Olimpíada no Brasil, um país que passa por um caos inimaginável em termos de recessão econômica e falta de futuro.
ELEIÇÃO FRAUDADA – Igualmente, vou reclamar à OEA que Dilma foi eleita com sérias dúvidas quanto ao comportamento do Tribunal Superior Eleitoral na captação e apuração dos votos, diante da fragilidade das urnas eletrônicas e a possibilidade de alterações nos seus resultados, com o ministro petista Dias Toffoli à frente da Justiça Eleitoral.
E solicitarei à ONU e à OEA que a presidente afastada seja profundamente investigada sobre os gastos com relação aos cartões de créditos corporativos, secretamente usados para despesas as mais exóticas perdulárias, irresponsáveis e desnecessárias, desde que “inventada” pelo governo essa maneira delituosa de gastos sem qualquer fiscalização, que beneficiou a segunda-dama do então presidente Lula, a servidora pública (e privada) Rosemary Noronha, ex-chefe do Gabinete da Presidência da República em São Paulo.
PAÍS DEMOCRÁTICO – Complementarei dizendo que no Brasil a democracia está sendo respeitada, menos pelos petistas, que não se vergam ao Supremo Tribunal Federal nem admitem a legalidade do processo de impeachment em curso no Congresso Nacional, absolutamente dentro da lei e que tramita de forma justa e legítima.
Explicarei que se trata do impeachment de uma presidente incompetente, que praticou crimes de responsabilidade exaustivamente comprovados. E direi que essas apelações dos petistas são apenas parte de suas estratégias apátridas para tumultuar a política brasileiro, com objetivo de  se negarem a entregar o poder diante das perdas e danos que ocasionaram ao povo e ao país, em consequência de suas corruptas e desonestas administrações. Apenas isso.

PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - A seita marginolulopetista será desmantelada; seus seguidores devem ser deportados para Cuba onde foi erigida a CATEDRAL da lavagem cerebral; No Brasil, limpo, devem permanecer os que gostam da Ordem e do Progresso...