domingo, 15 de janeiro de 2017

ENTRE 2005 A 2015 O CRIME SE MOSTROU MAIS ORGANIZADO DO QUE O ESTADO...


DE ACORDO COM O FÓRUM BRASILEIRO DE SEGURANÇA PÚBLICA, A TAXA DE HOMICÍDIOS DOLOSOS POR 100 MIL HABITANTES AUMENTOU EM 20 ESTADOS ENTRE 2005 E 2015. O DE LATROCÍNIOS CRESCEU EM 18 ESTADOS. A TAXA DE HOMICÍDIOS MAIS QUE DOBROU EM DEZ ANOS. TAÍ, OUTRO LEGADO DA ERA LULA, DILMA E TEMER...

Josias de Souza
Espantosa época essa que o Brasil atravessa. Uma época em que o horror adquire doce naturalidade. As facções criminosas promovem massacres em série nas penitenciárias do país. E poucos brasileiros parecem dispostos a fazer a concessão de uma surpresa. É MATANÇA DE BANDIDOS? POIS QUE VENHA O EXTERMÍNIO. E COM DECAPITAÇÕES.
Depois da mortandade de presos em Manaus e Boa Vista, sobreveio, entre a tarde de sábado e a madrugada deste domingo, a chacina da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal. De um lado uma franquia potiguar do paulista Primeiro Comando da Capital (PCC). Do outro, o Sindicato do Crime do RN, que opera em regime de joint venture com o carioca Comando Vermelho (CV).
Em duas semanas, três massacres. Mais de uma centena de execuções. Os criminosos superaram os anseios de Bruno Júlio, aquele ex-auxiliar de Michel Temer que perdeu a chefia da Secretaria Nacional de Juventude depois de lamentar a baixa produtividade da usina de auto-extermínio que funciona nas cadeias: “Tinha é que matar mais”, ele disse. “Tinha que fazer uma chacina por semana.”
A contabilidade dos horrores de Natal ainda é desconhecida. Na noite passada, o governo estadual admitiu em nota a existência de dez cadáveres. Entretanto, vídeo pendurado na internet indicava a existência de pelo menos 17 corpos. Não foi possível concluir a escrituração porque o poder público estadual, impotente, decidiu que só entraria na cadeia depois do nascer do Sol.
Caio César, secretário de Segurança do governo do Rio Grande do Norte apressou-se em divulgar um vídeo para tranquilizar a população. “NÃO HOUVE FUGA”, disse o secretário a certa altura. “A POPULAÇÃO PODE FICAR TRANQUILA E REALIZAR SUAS ATIVIDADES NORMALMENTE.” O que a autoridade máxima da segurança no Estado disse aos cidadãos de bem, com outras palavras, foi o seguinte: “FIQUEM CALMOS. A CADEIA ESTÁ CERCADA. LÁ DENTRO, OS BANDIDOS ESTÃO SE MATANDO UNS AOS OUTROS. NADA QUE MEREÇA A SUA PREOCUPAÇÃO.
O Datafolha informou, há três meses, que 57% dos brasileiros concordam com a máxima segundo a qual “BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO.” Quer dizer: as facções criminosas não estão senão satisfazendo a vontade da maioria. Produzem novos carandirus sem a participação da Polícia Militar. É como se as facções unissem o útil ao agradável. Defendem seus territórios e seus negócios. Simultaneamente, ATENDEM À DEMANDA SOCIAL POR SANGUE.
Nesse contexto, só OS CHATOS, com seu humanismo arcaico, ainda pedem providências e punições. Só OS INGÊNUOS, com seu horror postiço, ousam manter o ponto de exclamação entre seus hábitos. Atentas ao sonho da sociedade brasileira de avançar RUMO À IDADE MÉDIA, as facções criminosas já não querem só COMIDA. A BANDIDAGEM TAMBÉM QUER DIVERSÃO E ARTE. A falência do Estado dá ao criminoso condições para oferecer ao país seu vernissage semanal de cadáveres sem cabeça. – A manchete não faz parte do texto original -

PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - ENTRE 2005 A 2015, TIVEMOS UM GOVERNO QUE ALIMENTOU O ÓDIO ENTRE CLASSES DIFERENTES; DEFENDEU TUDO QUE É TIPO DE IDEOLOGIA, SEM QUALQUER CRITÉRIO; ESTIMULOU TODO O TIPO DE DECADÊNCIA MORAL; INCENTIVOU A DESTRUIÇÃO DA FAMÍLIA;  SÓ PODERIA DEIXAR ESSA HERANÇA MALDITA... AGORA, NINGUÉM HÁ DE NEGAR QUE, A PUTADA ESQUERDOPATA PETRALHA CUMPRIU NA ÍNTEGRA COM A PALAVRA EMPENHADA: “Quando à esquerda chegar ao poder, a gente nem rouba e nem deixa roubar”. PELO MENOS ISSO A PETEZADA CUMPRIU(?)...

Nenhum comentário:

Postar um comentário