ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM  ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

sábado, 25 de janeiro de 2020

MORO OFENDE OS GOLPISTAS



Guiherme Fiuza

A tese era de que Sergio Moro deixar de ser juiz para ir trabalhar no governo seria um absurdo. Apesar das críticas, ele foi. Aí a tese passou a ser que o governo não dá espaço para Sergio Moro trabalhar e isso é um absurdo. Os críticos estão na dúvida se atacam ou defendem o trabalho de Sergio Moro no governo.

Normal. Faz um bom tempo que o noticiário vive uma espécie de amizade colorida com a realidade. Se os fatos cooperam com as teses, são bem tratados; se não andarem na linha, pior pra eles. É sempre um pecado generalizar, mas a dominância das crises artificiais nas manchetes do último ano nos convida a pecar.

Duvida? Então olha isso: no Fórum de Davos de 2019 – portanto um ano atrás – as notícias sobre a presença de Sergio Moro no evento eram quase todas melancólicas. Fotos do recém-empossado ministro da Justiça olhando para baixo eram acompanhadas de sagazes interpretações sobre o seu "visível" desconforto na nova função, sobre o seu constrangimento ao lado de um presidente rude, sobre o seu pouco destaque nos holofotes suíços, etc. Ou seja: a pauta "fora Moro" já mostrava que tinha vindo para ficar e que não ia dar a menor bola para a vida real, essa intrometida.

Durante todo o primeiro semestre de 2019 foi noticiado que Moro estava insatisfeito com o cargo ou que Bolsonaro estava incomodado com a sombra de Moro – de novo uma sutil discrepância entre a tese de que o ministro não tinha importância ou tinha importância demais. Detalhes que qualquer redator razoável ajeita.

O que começou a atrapalhar foi a entrada de Moro no Twitter, em abril. Sem dúvida, um dos maiores baques da história da imprensa marrom.

O ministro da Justiça passou a divulgar diariamente suas ações na rede social – e a opinião pública não entendeu nada. Aquele Moro chateado, isolado, ocioso, indisposto com o governo e com a vida sumiu. Apareceu um servidor abnegado – velho conhecido do público pela epopeia da Lava Jato – atuando criteriosa e obsessivamente para coordenar as forças de segurança do país, montar operações estratégicas nas rodovias, nas fronteiras, nos presídios, enfim, em todo o território para acrescentar inteligência ao enfrentamento do crime.

Tudo detalhado no Twitter. Um inferno.

Assim o público ficou sabendo de ações cruciais como o isolamento das principais lideranças do crime organizado em presídios de segurança máxima – a medida mais eficaz dos últimos tempos contra a violência no país, cuja queda em 2019 incluiu, entre outros indicadores, um número de homicídios cerca de 22% menor que no ano anterior. Claro que a tese dos críticos vitalícios de Sergio Moro passou a ser de que isso não teve nada a ver com o trabalho dele. Se o ex-juiz nem deveria ter aceitado o cargo de ministro e já deveria ter sido demitido dele, como ainda ousava fazer alguma coisa?

Moro vai embora porque Bolsonaro interferiu na Polícia federal. Bolsonaro está fritando Moro porque quer botar um amigo no lugar dele. Foi um ano inteiro assim. E os resultados do ministro sendo expostos no Twitter de forma absolutamente desrespeitosa com os conspiradores. O pacote anticrime não ia ser votado nunca – e aí quando foi aprovado, com avanços importantes como o fim da farra da progressão de regime para condenados perigosos, o foco passou para o que não se conseguiu aprovar, como a prisão após condenação em segunda instância.

O primeiro ano de gestão exitosa de Sergio Moro como ministro da Justiça foi para o noticiário como uma “sucessão de derrotas”. Uma fração da boa vontade que mereceu o ministro da Justiça de Dilma Rousseff – cuja função precípua era blindar um governo corrupto – transformaria Moro num deus. Mas aí não teria graça.

UM CAFAJESTE EM TRÊS VERSÕES

 

Augusto Nunes

O vídeo que mostra Zé de Abreu em três versões confirma: ele continua coadjuvante mesmo quando aparece na telinha falando sozinho. O canastrão sem cura capricha no palavrório de leiloeiro. Mas o protagonista é o partido político que enaltece com sinceridade de estelionatário.

A primeira versão mostra um Zé de Abreu ainda jovem, vestido esportivamente, com sorriso de aeromoça e cada fio de cabelo em seu lugar. Com voz de padre sem paróquia, pede votos para o PSDB e jura que é tucano desde criancinha.

Na segunda versão, o paletó e os óculos comprados do camelô ajudam a compor um Zé de Abreu com jeito de escriturário do Banco do Brasil numa antiga agência no interior. Ele avisa que o tucano juramentado se converteu num admirador incondicional do PMDB. Fugiu do ninho por ter descoberto no pântano o partido que salvará o Brasil.

A terceira versão exibe um Zé de Abreu já grisalho. O bigode e a cabeleira anunciam a metamorfose que o deixou parecido com zagueiro argentino do século passado. Esse é o Zé do PT.

O descompromisso com a coerência é uma das cláusulas do pacto que celebrou com a sem-vergonhice absoluta. Coerência é virtude, e não há espaço para virtude alguma num Zé de Abreu. Se houvesse, o cafajeste da novela não seria o mais forte candidato a presidente perpétuo da Confederação dos Canalhas do Brasil. 

LULA DIZ QUE VOLTARÁ A FALAR GROSSO, MAS ELE É APENAS UM ZUMBI!!!



Políbio Braga

Solto por chicana da maioria do STF, Lula voltará à cadeia quando forem confirmadas pelo 3o grau as quatro condenações (1o e 2o graus) em dois processos da Lava Jato. O ex-presidiário Lula da Silva recrudesceu, ontem, em um encontro do MST realizado em Minas. Ele denunciou que a Lava Jato causou prejuízos de US$ 142 bilhões à economia brasileira, mas não citou fonte da informação e não disse que boa parte disto foi dinheiro roubado por ele e seus sequazes, conforme apurou a própria Lava Jato. A Lava Jato recuperou boa parte do dinheiro roubado e enfiou Lula e seus principais liderados na cadeia, inclusive chefetes do PT como Zé Dirceu, Delúbio, Renato Duque e André Vargas. Lula está em Minas e avisou que voltará a falar grosso. Há controvérsia. Lula não tem mais voz e nem vez. É um tigre de papel. Um Zumbi!!! 

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

BOMBA: LULA ERA O CHEFE DE UMA QUADRILHA CRIMINOSA E NEGOCIATAS ERAM TRAMADAS NO SÍTIO DE ATIBAIA



Entrevista com MARCO VITALE, autor do livro  SÓCIO DO FILHO.

Em depoimento revelador, Marco Vitale conta toda a podridão dos negócios escusos envolvendo Fabio Luis Lula da Silva, o Lulinha, e seus comparsas, os irmãos Kalil e Fernando Bittar – este último dono oficial do sítio de Atibaia – e o empresário Jonas Suassuna. No livro Sócio do Filho, Vitale apresenta provas contundentes de diversos casos de corrupção e não tem medo de afirmar: Lula era o chefe da quadrilha que desviou milhões de reais dos cofres públicos! Confira alguns destaques da primeira parte da entrevista exclusiva concedida à TV Jornal da Cidade Online:

“Eu conheci esse grupo [Grupo Gol, que não tem relação com a companhia aérea], que eu não costumo chamar de grupo, e sim de quadrilha, que se organizou para cometer uma série de crimes e negociatas milionárias, sempre se beneficiando... e eu costumo dizer que quem estava no vértice dessa quadrilha era o ex-presidente Lula. Tanto Kalil quanto Fernando são filhos do Jacó Bittar, que foi prefeito de Campinas [E um dos fundadores do PT]. Esses quatro se reuniram para cometer crimes, parte deles já expostos na Operação Mapa da Mina [desdobramento da Operação Lava Jato], e vem mais coisa por aí.”

O LARANJAL DE LULA: COMO TUDO COMEÇOU

“Jonas Suassuna vem do mercado publicitário e vendia brindes para jornais, CDs de hinos de times de futebol. Eu conheci o Jonas há 20 anos, quando eu trabalhava no Grupo Folha, e a Folha, assim como outros jornais, desenvolviam promoções com brindes do Jonas Suassuna. Nessa época, os negócios eram legais. Mas, a partir de 2006, 2007, 2008, eles [Jonas, Lulinha e os irmãos Bittar] se aproximam, e vem a vontade de Jonas de recuperar o patrimônio – ele ganhou muito dinheiro com brindes promocionais para jornais, mas perdeu tudo. Eles viram uma oportunidade de ganhar dinheiro com negócios ilícitos.”

QUADRILHA SE REUNIA NO SÍTIO DE ATIBAIA

“Jonas Suassuna sempre foi o laranja do Lulinha, do Kalil Bittar e do Fernando Bittar, e também um dos donos de fachada, junto com Fernando Bittar, do sítio de Atibaia, que sempre foi considerado do ex-presidente Lula, até internamente na Gol sempre se tratou o sítio de Atibaia como o sítio do ex-presidente Lula. O ex-presidente Lula sempre era consultado e abria as portas para que Lulinha, Jonas, e os irmãos Bittar fizessem as negociatas. O próprio Sergio Cabral já deu a entender que o ex-presidente Lula pediu que beneficiasse o filho em um negócio. Regularmente eles se reuniam, inclusive no próprio sítio de Atibaia, para ver a condução da corrupção e das negociatas que iam fazer.”

COMPRA DE MEDIDA PROVISÓRIA

“O próprio projeto Conexão Educação foi um projeto de quase R$ 100 milhões, onde novamente vem a Oi. A Oi não só pagou propina em relação à mudança de uma medida provisória, ou seja, comprou a medida provisória que permitiu que ela adquirisse a Brasil Telecom, como também atuou na fachada de grandes negociatas. Eles [o grupo Gol] se orgulhavam de dizer que não faziam negócios com o governo, o que era mentira. Era o governo fazendo negócios através da Oi, que era a ponte.”

Sempre que algum petista vier pedindo provas contra Lula, você já tem resposta: não existem apenas provas, existem livros e inúmeros relatórios na Polícia Federal.

Mesmo ameaçado, Marco Vitale não perde a coragem de falar sobre tudo que viu e ouviu quando era um dos diretores do Grupo Gol. Ele reuniu várias histórias sobre os bastidores das negociatas no livro Sócio do Filho - que nenhuma grande editora quis publicar, por que será? A obra tem um site oficial, para quem quiser conferir mais detalhes:
 https://www.sociodofilho.com.br/






MORO É ACOSTUMADO COM PRESSÃO, DIZ MOURÃO



Tarciso Moraes

O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, conversou, nesta sexta-feira (24), com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Em conversa com a imprensa, Mourão declarou: “O presidente já deixou claro que não está havendo essa situação no momento. Foi talvez fruto daquela reunião com os secretários de segurança pública, que trouxeram essa proposta para ele. Ele acabou comentando isso quando chegou ao Alvorada, na quinta-feira de manhã. E aí, durante a viagem, ele deve ter pensado e mudado de opinião.” O general da reserva acrescentou que Moro é uma pessoa “ACOSTUMADO A SOFRER PRESSÃO”: “O ministro Moro é uma pessoa muito tranquila, um homem acostumado a sofrer a pressão. Isso aí não abala ele.” Questionado por jornalistas sobre sua opinião acerca da recriação do Ministério da Segurança Pública, Mourão disse já ter conversado com o presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre o assunto: “Algumas vezes nós já trocamos ideias a esse respeito. Ele apenas me perguntou e eu respondi a ele que eu considerava que do jeito que está, está bom.”

SE A INTERNET TIVESSE SIDO CRIADA PELO GOVERNO BRASILEIRO


Marcelo Bertoluci

– Para usar a internet seria necessário cursar um CFI (Centro de Formação de Internautas), prestar exame médico, psicotécnico, prova teórica e prova prática. O exame médico teria que ser renovado a cada cinco anos.

– Haveria uma lista oficial (em papel) com todos os endereços de e-mail.

– Todas as páginas teriam que seguir as normas da ABNT e ser homologadas pelo INMETRO.

– As páginas também teriam que seguir as normas das Secretarias Municipais de Urbanismo, Meio Ambiente, Saúde, Cultura e Direitos Humanos. Naturalmente, as regras seriam diferentes para cada município.

– Haveria cotas de conteúdo nacional no YouTube, administradas pela ANCINE.

– O computador seria emplacado e lacrado, e todo ano seria preciso pagar IPVA, DPVAT e Licenciamento – cada um em um banco diferente.

– Para baixar uma atualização seria necessário enviar um requerimento, anexando cópia autenticada de RG, CPF e comprovante de residência.

– O Whatsapp seria administrado pelo Correio. Mensagens chegariam no destino em até 24 horas (exceto em caso de greve).

– Ao enviar um vídeo pelo Whatsapp, o usuário receberia um código de rastreamento para acompanhar a transferência do arquivo.

– Para ter uma conta no Facebook ou no Twitter seria necessário ir a um cartório. O pedido seria analisado em um prazo de quinze dias úteis, com prioridade para idosos e deficientes.

– A senha do Facebook teria que ser renovada anualmente, também no cartório.

– Entre as 19:00 e 20:00 horas o acesso a todos os sites seria interrompido pela “Voz do Brasil”.

– Em épocas de maior movimento (Big Brother, finais de campeonato, campanha eleitoral) seria cobrado um adicional de “bandeira vermelha”.

– Programas anti-vírus precisariam de aprovação da ANVISA.

– Downloads exigiriam o recolhimento de DARF, mas famílias carentes receberiam um bolsa-download, dando direito a dez arquivos de até 1 MB por mês.

– Na pesquisa do Google seria necessário informar nome, endereço, data de nascimento, estado civil e cpf.

– Nos sessenta dias que antecedem as eleições, todos os sites teriam que veicular a propaganda eleitoral gratuita.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

COLUNA DA QUINTA-FEIRA



Em Garanhuns, não temos uma ótima Câmara de Vereadores, isso é verdade,  mas a que tem dá pro gasto e há muitas coisas boas lá dentro, só precisam ser exploradas. No entanto,  poucos sabem dos dissabores, angústias,  indiferenças e até preconceitos velados  que esses edis sofrem na labuta de seus mandatos  na Casa Raimundo de Moraes. É patente e notório o conflito do parlamentar municipal na sua limitação, o que prejudica suas funções no dia a dia.  Os 13 vereadores da legislação atual são muito cobrados, são eles que estão  na ponta, mais perto da dor. O vereador faz algo relevante todo dia, mas é pouco divulgado para a população. A vida pessoal deles é vulnerável e muitas vezes é jogada na sarjeta,  quando não, às traças, muitos são tratados como a GENI do Chico Buarque.  além das  dificuldades, dos obstáculos e dos contratempos deles  gerirem  o que tanto gostariam  em prol do povo é muito grande, torna-se até angustiante para eles não terem  resolvido aquilo que é expostos todas às quartas-feiras em seus REQUERIMENTOS. Geralmente vivem ou  ficam de mãos atadas. Todos os vereadores daquela casa são  uníssonos na máxima de que as primeiras cobranças da população são feitas a eles, uma vez que é o político mais próximo das pessoas. Conheço alguns deles que  têm que aprender a viver psicologicamente, emocionalmente e até espiritualmente. Às vezes, qualquer coisa que vai para as redes sociais já denigrem a imagem deles para sempre. Por ser conhecidos como os famosos "políticos da base", aqueles que recebem as primeiras demandas da população, e também as principais críticas, uma vez que, geralmente, se encontram com as portas dos seus gabinetes escancaradas para o ir e vir dos frequentadores da Casa Raimundo de Moraes, sempre, sempre, eles se deparam com a  população pidona que  pensa que o Legislativo tem verba para cobrir o buraco financeiro de um cidadão comum. O povo acha que eles têm orçamento para comprar remédio, pagar conta de água e luz ou colocar créditos nos celulares do eleitor pidão. Se já não bastasse tudo isso, eles vivem as agruras de seus pleitos não serem atendidos pelo executivo municipal. Para se ter ideia, prendendo-se apenas   as quatro mulheres que têm acento naquela casa, elas já apresentaram  requerimentos dignos de aplausos com conteúdos bem-criado; bem-dotado; bem-posto; bem-visto. A título de exemplificar alguns, a vereadora Carla pediu a recuperação da praça do pirulito que vai completar 100 anos; já Betânia pediu a secretaria de saúde para implantar a equoterapia que  é um  tipo de fisioterapia com equitação para deficientes; no caso de Luzia ela propôs colocar sinal de trânsito no perigoso cruzamento na Praça Pedro II(descendo à Rua do Corrente); quanto ao requerimento da vereadora Andréa, ela entrou com uma  cobrança para  instalação de INTERNET, serviço de WI-FI e tomadas USB para celulares nas linhas de ônibus da cidade. Se querem saber,  nenhuma dessas solicitações até hoje foram atendidas!!! Quer dizer, essas quatro vereadoras também sofrem daquela incurável doença no exercício da vereança, conhecida como  síndrome de requerimentos engavetados...


BANDA PODRE: - Há na Suprema Corte a chamada BANDA SUJA que é formada pelo petralha Toffoli, o soltador de bandidos Gilmar Boca de Buceta e mais outros três da mesma laia. Esses carinhas pintam e bordam com  nós, pobres mortais. As atividades putáricas no cabaré togado continuam a pleno vapor. Dessa vez, através de uma liminar do Ministro Luiz Fux foi suspenso por tempo indeterminado a criação  do tal Juiz das Garantias. O petralha Toffoli tá puto da vida ao se mostrar irritado e quem sabe deve ir  pedir orientação ao Lula e Zé Dirceu pedindo-lhes anuência ou não  para    esfolar o seu colega em razão dele ter passado  por cima de suas ordens.   Daí, deduz-se que, o peruquinha Luiz Fux atropelou  o presidente da suprema putaria e o petralha Toffoli passa-nos a impressão que a sua bússola já perdeu a agulha magnética há muito tempo. Ele não sabe mais para que direção seguir; está perdido. A turma que faz parte da BANDA PODRE do Supremo emporcalha tudo,   destrói a instituição por  falta de dignidade, altivez, autoridade moral e ética. Na verdade, o presidente  é um capacho e sabujo de dois criminosos, Lula e Zé Dirceu...


BUNDA SUJA: - É visível a intenção do Bunda Suja Bolsonaro em passar uma rasteira  na sua sombra, Sérgio Moro. Ontem, em reunião transmitida pelo Facebook, prometeu estudar a recriação do Ministério da Segurança Pública, dividindo a pasta do ministro Moro. Se este ministério for criado é para alojar na esplanada o seu amiguinho, o ex-deputado federal por Brasília, Alberto Fraga. Com essa atitude enojante,  o Bunda Suja  Bolsonaro crava mais um prego no caixão do seu já moribundo governo, que só ainda está de pé, graças a Sérgio Moro, Paulo Guedes, o ministro dos transportes, da Agricultura e a gora vem mais um para reforçar a equipe cultural que é   a excelente Regina Duarte. Moro que é um dos pilares de seu governo deve cair fora se seu ministério for dividido. Aliás, qual é a justificativa para o Bunda Suja tomar tal decisão se  os crimes caíram, aumentou a apreensão de drogas e diminuíram as rebeliões em presídios?!?!?!  Deve ser ciúmes...


NADANDO EM DINHEIRO: -  A Justiça de Pernambuco “TÁ COM O CU BOLBULHANDO DE DINHEIRO”, não é à toa que, há pouco dias, o Governador Paulo Câmera Lenta que é casado com uma juíza participou da festa do boi, digo melhor, da gastança, abrindo as pernas para a corte da justiça pernambucana alegando um tal de PAGAMENTO DE FÉRIAS ACUMULADAS e gastou do Tesouro do Estado 60 milhões de reais. Só a mulher dele botou no pé do cipa, 300 mil reais... Se não bastasse essa esculhambação, no suspiro dos últimos dias de dezembro  nada menos que a bagatela de  R$ 2,5 milhões foram torrados em diárias para bancar nos STETIS do Galeguinho Trump, a farra de duas comitivas de suas excelências magistradas a fim de testemunharem se a Estátua da Liberdade ainda está em pé e não foi derrubada pelos terroristas esquerdoides. Qualquer leigo que se preza sabe muito bem que, Justiça gastadeira que atira com a pólvora dos outros é INJUSTIÇA. Aliás, esse povo tem mania de praticar turismo com dinheiro alheio e  mandar para as cucuias a lógica e os fatos. Então,  sobram o cinismo e a licença  para tratar os outros como bobos e babacas...


COHAB II NAS MÃOS DE IZAÍAS: - A Cohab II de Garanhuns nesses últimos anos vive num Céu de Brigadeiros com três figuras que só pensa naquilo: AJUDAR ÀQUELA COMUNIDADE!!! Tratam-se de Izaías, Haroldo e a vereadora Andréa Nunes (legítima representante daquela comunidade). Para se ter ideia do quanto esses três se dedicam dia a dia para a melhoria de serviços públicos  daquele Bairro, a prefeitura de Garanhuns vai despejar mais de 1 milhão de reais para a execução de obras de melhorias na infraestrutura urbana do bairro Francisco dos Santos Figueira. Ao todo, serão executados os serviços em uma dúzia de  ruas da esquecida COHAB II EM GOVERNOS ANTERIORES que não davam bola para aquele bairro. Eis os nomes das artérias que serão beneficiadas:    trecho da rua Senhor do Bonfim; trecho da rua Aníbal Nery do Espirito Santo; trecho da rua Augusto Gomes do Amaral; trecho da rua Professor Manoel Lustosa; trecho da rua Waldir Mansur; trecho da rua Raimundo Rodrigues Sampaio; trecho da rua José Vieira Sobrinho; trecho da rua Napoleão T. de Albuquerque; rua Vicente Laurentino de Souza; rua projetada A3; rua Gilberto Freire e rua João Cabral de Melo Neto. Todo esse esforço dessas três personalidades serão transferidos em votos Para Haroldo Prefeito e Andréa vereadora.


GRANDE SERTÃO, VEREZA: - Pense no tapa de luvas que o grande ator Carlos Vereza deu no ZÉ CUSPIDINHA, mais conhecido como Zé do Breu. Isso é o que podemos chamar de chapuletada com classe!!! Vereza, com indescritível elegância, passa “pito” histórico em Zé de Abreu, ao exigir: “RESPEITE A REGINA DUARTE”. O grande ator Carlos Vereza, uma pessoa iluminada, que sempre sabe estender uma mão para o seu semelhante, mesmo que este seja uma figura débil com José de Abreu. Com elegância e inteligência, aplica a lição e estende a mão. Não há nada mais desmoralizante. Eis o texto primoroso do inigualável ator: “Alô, José de Abreu! Respeite a Regina Duarte! Respeite as escolhas diferentes das suas! Sempre te tratei com afabilidade, aceitando seu ponto de vista em questões ideológicas. Por que vibrar sempre no ódio, nas baixas energias? Procure em você o lado mais generoso, que, com certeza, possui. Embora não acredite, estamos numa democracia, 57 milhões de eleitores fizeram uma escolha, assim como você. Esqueça os tristes adjetivos, o país carece de amabilidade. Espere, calmamente, até 2022 e vote nos seus candidatos. Como teu colega, sugiro um belo verso de Rimbaud, que talvez acalme sua alma: par delicatèsse j’ai perdu ma vie.
Abraços fraternos,
Carlos Vereza”


O VIADO VERDEVALDO: -  O perobo Gleen Greenwald  que se diz jornalista foi denunciado e deve pegar de 3 a 7 anos de cadeia, porque ficou comprovado através do Ministério Público que ele AUXILIOU, INCENTIVOU e ORIENTOU o grupo criminoso dos hackeis durante o período das invasões. Foram comprovadas 126 interceptações telefônicas, telemáticas ou de informática e 176 invasões de dispositivos informáticos de terceiros, resultando na obtenção de informações sigilosas. Como tudo na vida, liberdade de imprensa também tem limites. Mas o viado ianque deu uma de João-Sem-Braço e  pensou  que no Brasil  existia o LIBEROU GERAL, arrombou-se!!! O viado estadunidense deu um passo  maior que a perna, lascou-se meio a meio!!! Abriram o viado em bandas!!! O gringo arrogante pensou que o brasileiro é otário e tomou na bunda!!! No começo do governo do PT, em 2003, na tentativa de  expulsar um jornalista americano que relatou  O ALCOOLISMO DO LULA, aquilo não era estado policial, agora é...  Só mesmo  Gilmar Mendes pode salvar Verdevaldo.  Aliás, o ministro soltador de bandidos deveria declarar-se impedido de atuar no  caso de Greenwald, dizem  os  magistrados que acompanham o caso. pela índole e caráter do ministro beiçola, alguém acredita que ele se declarará impedido?!?!?!


CABO ELEITORAL FORTE: - Carlos Magano, o legítimo representante no bairro do mesmo nome sairá candidato a vereador por  Garanhuns pela legenda do PSD. O grande trunfo eleitoral para Magano sair vitorioso nessa eleição que se aproxima,  ele sabe muito bem que é  ter um FORTE  cabo eleitoral e,  nesse campo ou quesito específico,  ele tem uma FORTALEZA. Contar com a ajuda de outras pessoas para angariar os números que um candidato necessita é primordial em todo esse processo. É aí que as atividades realizadas por cabos eleitorais se encaixam. Esses profissionais estão na linha de frente da disputa de um pleito. Dispor desses parceiros em sua campanha faz toda a diferença. A esposa de Carlos Magano que é uma figura agradável e altamente carismática fará  parte da linha de frente que levara seu marido a ter um assento na Casa Raimundo de Moraes. A função que ela cumprirá com muito brilhantismo  é ser uma intermediária entre a população e o candidato. A ideia é que ela seja  disseminadora das  ótimas ideias que Carlos Magano já tem em mente, pois ela vai apresentar  um  plano de trabalho e criando uma ponte entre esses dois sujeitos agentes da eleição. Tudo isso culminando na conquista de votos para o candidato Magano que tem tudo para se eleger vereador. É só o Bairro do Magano chegar junto!!!


DIREITOS POLÍTICOS SUSPENSOS: - A justiça arrombou com mais um governador corrupto do PT.  Desta  vez, o STJ confirmou decisão da Justiça de Brasília que condenou o ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz, do PT, por improbidade administrativa no caso da inauguração do Centro Administrativo, complexo que custou cerca de R$ 2 bilhões e nunca foi ocupado, apesar de ter sido inaugurado pelo petista durante sua gestão. O petista foi condenado à suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa e indenização de R$ 1 milhão. Para quem não sabe, esse nazicomunopetralha sempre se destacou como um comunista   mentiroso e  sem escrúpulo. Em suma, um petista. Espera-se que durante o tempo que Sérgio Moro passar no Ministério da Justiça  ele mande construir uma penitenciária de segurança máxima somente   para petistas; é incrível como esse partido que se tornou numa organização criminosa só produz ladrões. Mais um na longa listra do PT. Quem já viu uma coisa dessa? Onde tem PT tem rolo!!!


LULA TÁ MOUCO QUE SÓ UM TIÚ: - O autodenominado MANDELA do Brasil anda afirmando que tem  72 anos, mas está  com energia de 30 e tesão de 20...  Bem, no quesito TESÃO só se for de marcha-à-ré!!! Na verdade, Lula tá um velho precoce, doente,  rouco, bebendo muito, mouco que só um tiú, e resumido a  um  “mulambo” de gente... O ex-presidiário passou a utilizar, há duas semanas, aparelhos auditivos nos dois ouvidos. Lula fez exames logo após sair da prisão, em novembro. Eles detectaram a perda auditiva do condenado em segunda instância(A informação é do jornal Folha de São Paulo). Lula agora usa aparelhos para surdez, mas sua maior dificuldade permanece, ultimamente, o maior embaraço é em “ser ouvido” e compreendido. Pessoas próximas ao petista afirmaram que ele está ouvindo muito melhor. Entretanto, Lula esqueceu que seu verdadeiro problema é na fala. A dificuldade real de Lula, no entanto, não tem cura, pois ele vem de um câncer de garganta!!! Como também, até hoje não existe na medicina cura  capaz de resolver um problema INTELECTUAL, MORAL e ÉTICO. Sem credibilidade, sem moral, emudecido por força da sociedade e agora surdo. O  petista ancião está fazendo jus ao velho ditado popular: “A GENTE COLHE O QUE PLANTA”....


FAVAS CONTADAS: - A rádio corredor vem informado constantemente que nas três principais cidades do interior de Pernambuco já se vislumbra o favoritismo dos candidatos a prefeitos nos municípios  de Garanhuns, Caruaru e Petrolina. Eis os protagonistas que se reelegerão com uma certa facilidade: Haroldo Vicente(PSC-20),  Raquel Lyra(PSDB-45) E Miguel Coelho(MDB-15), respectivamente... Consumando-se esse prognóstico faz com que  o governador Paulo Câmera Lenta vá continuar sem vez e voz nessas importantes cidades do Estado.  Aliás, ele quase que não frequenta esses três municípios, pois na eleição passada foi surrado impiedosamente por esses eleitores. O governador Paulo Câmara de Gás não tem outra alternativa a não ser  se pegar, para seu próprio consolo, com a frase do ex-presidente norte americano Richard Nixon:  “Um homem não está acabado quando enfrenta a derrota. Ele está acabado quando desiste”...


COMO PERGUNTAR NÃO ESTUPRA: - Quem vai BANCAR a forte candidatura a prefeito de Silvino Duarte, quem? Quem se atreve?!?!?!

A DENÚNCIA CONTRA O VIADO VERDEVALDO NÃO É UMA AFRONTA À LIBERDADE DE IMPRENSA



J.R.GUZZO

Há muito barulho na praça em torno do tema “liberdade de imprensa” desde que o Ministério Público apresentou sua denúncia penal, longamente esperada, contra seis marginais que se dedicam ao crime eletrônico e ao jornalista Glenn Greenwald.

Os delinquentes são acusados de furtarem conversas por telefone que o ministro Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol tiveram no decorrer da Operação Lava Jato. O jornalista é acusado de ter participado do crime junto com eles – e caberá ao juiz, agora, decidir se vai ou não aceitar a denúncia e transformar os denunciados em réus.

O que a liberdade de expressão teria a ver com isso tudo?

Greenwald não está sendo denunciado por ter publicado as gravações das conversas ou por ter feito que elas circulassem em vários veículos de comunicação. Embora tivesse tirado benefício do delito, numa espécie de receptação de produto furtado, entende-se que publicar informações obtidas de forma ilegal não é ilegal. É um direito protegido pela livre expressão, e os únicos responsáveis penalmente, no caso, são os que cometeram o crime de gravação ilegal de comunicações privadas.
Acontece que Greenwald foi acusado de participar diretamente do crime junto com a gangue – segundo o MP, há prova de que ele “auxiliou, orientou e incentivou” o furto das conversas. Aí já é outra coisa. Jornalistas têm o direito de publicar o que quiserem, mesmo gravações ilegais produzidas por outras pessoas, mas não têm o direito de cometer crimes – e é a isso, apenas a isso, que se refere a denúncia.

É perfeitamente possível que, no decorrer do processo, o Ministério Público não consiga provar de forma satisfatória a sua acusação – nesse caso, o jornalista será absolvido, ou talvez não seja nem mesmo declarado réu. Mas o que está acontecendo com ele não mostra nenhuma ameaça à liberdade de imprensa no Brasil – ao contrário, todos os seus direitos de se expressar, inclusive em entrevistas na mídia, foram plenamente respeitados. Pedir ajuda à Associação Brasileira de Imprensa, como faz a sua defesa, gera ruído. Mas é só isso.

O CRIME MANJADO DO VIADO VERDEVALDO É O MESMO QUE BATOM NA CUECA...



Carlos Newton

A imprensa nacional e estrangeira faz um esforço comovente para evitar que o conhecido jornalista norte-americano Glenn Greenwald seja processado como cúmplice da quadrilha (organização criminosa) que hackeou os celulares de importantes procuradores da Lava Jato, do então juiz Sérgio Moro e outras autoridades, como o presidente Bolsonaro, o ministro Paulo Guedes, os procuradores Rodrigo Janot e Raquel Dodge, e mais, muito mais.

Na visão das mais importantes entidades representativa da imprensa no país, como a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Greenwald não pode ser processado porque na verdade apenas teria exercido a profissão.

OAB APOIA – A Ordem dos Advogados do Brasil divulgou uma nota apontando que não vê crime nos fatos imputados a Glenn Greenwald na denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez o mesmo e denunciou que a liberdade de imprensa estaria ameaçada.

Exageros à parte, o Instituto Nacional de Advocacia (Inad) criticou a nota divulgada pela OAB e afirmou que a análise é prematura. “Tal declaração não possui respaldo jurídico, sendo certo que eventual atipicidade da conduta somente poderá ser afirmada ao final da ação criminal”.

A observação do Inad é procedente, porque jornalista não é inimputável nem blindado. Se denunciar o que não pode provar, fica sujeito a processo. Na verdade, só é beneficiado pelo direito a manter o sigilo da fonte. Desde o inicio das investigações, Greenwald sempre teve respeitado seu direito de publicar as denúncias sem revelar quem forneceu as informações, que foram obtidas ilegalmente. Mas não é disso que se trata agora.

TRAÍDO PELO HACKER – O problema é que Greenwald foi traído pelo hacker Luiz Henrique Molição, o último a ser indiciado e preso. O fato é que Molicão ficou assustado com as consequências e decidiu fazer delação premiada. E uma das provas que apresentou foi a gravação de uma conversa com Greenwald, que estava sendo grampeado, por precaução.

A conversa ocorreu logo após o site The Intercept ter divulgado que o celular do ministro da Justiça, Sergio Moro, havia sido invadido. Segundo o Ministério Público Federal, Molição ligou para Glenn para saber o que deveria fazer com os arquivos das conversas interceptadas.

Segundo os procuradores, a conversa mostra que Greenwald “sabia que o grupo não havia encerrado a atividade criminosa e permanecia realizando condutas de invasões de dispositivos informáticos e o monitoramento ilegal de comunicações e buscou criar uma narrativa de ‘proteção à fonte’ que incentivou a continuidade delitiva”.

ELIMINAR AS PROVAS – Em um dos trechos do diálogo, o jornalista sugere que o hacker apague as mensagens,”de forma a não ligá-los ao material ilícito, caracterizando clara conduta de participação no delito, buscando subverter a ideia de proteção à fonte jornalística em uma imunidade para orientação de criminosos”.

O trecho que, para o MPF, comprova a orientação que Greenwald deu ao hacker é reproduzido na página 61 da denúncia e está destacado em vermelho. Nele, o jornalista diz: “Pra vocês, nós já salvamos todos, nós já recebemos todos. Eu acho que não tem nenhum propósito, nenhum motivo para vocês manter nada, entendeu?”, diz ele, recomendando que os hackers se livrem das provas, apagando as gravações ilegais que fizeram durante meses.

####
CONVERSA DE GREENWALD COM O HACKER

Confira o trecho do diálogo que a procuradoria considerou prova do envolvimento do jornalista americano nos crimes cometidos pelos hackers.

GREENWALD – Entendi. Então, nos temo… é, vou explicar: como jornalistas, e obviamente eu preciso tomar cuidado como tudo o que estou falando sobre “esse assunto”. Como jornalistas, nós temos uma obrigação para “co-dizer” (?) nossa fonte.

MOLIÇÃO – Sim

GREENWALD  – Isso é nossa obrigação. Então nós não podemos fazer nada que pode criar um risco que eles podem descobrir “o identidade” de nossa fonte. Então, para gente, nós vamos… como eu disse, não podemos apagar todas as conversas, porque precisamos manter, mas vamos ter uma cópia num lugar muito seguro, se precisarmos. Pra vocês, nós já sabemos tudo, nós já recebemos tudo. Eu acho que não tem nenhum propósito, nenhum motivo para vocês manter nada, entendeu?

MOLIÇÃO – Sim.

GREENWALD – Nenhum. Mas isso é sua , sua escolha, mas estou falando e isso não vai prejudicar nada que estamos fazendo, se você apaga.

MOLIÇÃO – Sim. Não, era mais, era mais uma opinião que a gente queria mesmo, pra gente fazer mais pra… mais pra frente.

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

COLUNA DA TERÇA-FEIRA



A coluna tomou conhecimento que há uma gana, sede ou até mesmo ira por parte da BANDA PODRE da Polícia Civil de Garanhuns em tentar arrumar ou criar um flagrante contra o repórter Gênio Ventura conhecido como Fiscal do Povo para desmoralizá-lo. A arapongagem é feita nos ambientes que ele frequenta como bares e restaurantes, para pegá-lo com um teor de álcool acima do normal vasculhar seu carro se tem armas de fogo e jogá-lo na cadeia para que o Fiscal do Povo fique desacreditado perante os seus eleitores e fãs ou se torne num cidadão que foi avacalhado por uma trupe denominada de BANDA PODRE ou BANDA SUJA da polícia Civil. Daí, pergunta-se: será que as seis delegacias com seus respectivos delegados estão sabendo dessa trama?!?!?! Até onde se sabe, esses delegados são pessoas preparadas, bacharéis em direito e conhecem muito bem a lei e sabem como combater milícia local ou estão dando uma de João-Sem-Braço fazendo de conta que nada vê, hein?!?!?! Será que estão gravando, ilegalmente, ou sendo conivente com as conversas telefônicas ao arrepio da lei?!?!?! EIS A QUESTÃO...  Já não basta o show de horror à parte que a Polícia Militar cometeu  com esse rapaz, recentemente, na Câmara de Vereadores. Àquilo foi uma tentativa de calar a boca(censura velada a imprensa) a um valente repórter que é desassombrado e não anda em porta de delegacia nem pendurado na virilha de policiais atrás de notícias, ele mesmo, corajosamente, vai à  procura, sozinho, fazer suas entrevistas com sua arma poderosa em punho: o microfone ou máquina de filmar. Hoje, o Fiscal do Povo faz um trabalho exemplar e digno de aplausos na imprensa de Garanhuns e é um EXÍMIO GARIMPADOR DE NOTÍCIAS.  Goste-se ou não dele – eu mesmo não nutro a menor simpatia por ele -, pois sou apenas conhecido e admirador por ser um repórter valente, destemido e um GARIMPADOR DE NOTÍCIAS DE TEOR BOMBÁSTICO. Mas uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. As autoridades não podem fazer vistas grossas a tamanha barbaridade, haja vista que, há uma orquestração muito bem afinada para desmoralizá-lo. Isso não é admissível, em hipótese alguma... Nem em Cuba nem na Cochinchina, quanto mais aqui!!! Afinal, quem está por trás de tudo isso e quais os interesses escusos, misteriosos e que incita tanta desconfiança?!?!?! Nessa covarde ameaça, claro, que tem boi na linha!!!


LATE, MAS NÃO MORDE: -  Um juizeco por nome de AZAMBUJA que deve ser mais um jovem petralha enrustido, pois a  esquerdalha conseguiu idiotizar até juiz(menos Sérgio Moro!!!), Esse menudo chamou o Brasil de “MERDOCRACIA NEOLIBERAL NEOFASCISTA”. Com certeza que é  mais um juizeco do trabalho  formado na Pátria Educadora, que deveria se chamar Intestino Grosso. Concordando com o que disse boa parte do jornalista Guilhermo Ramos, Se esse cabrinha que se diz juiz  e se ele tem essa liberdade de expressão para assim se referir ao Brasil e à escolha democrática do país, todos nós também temos, até porque é bom que ele saiba,  que é melhor vivermos, nós todos, os “neofascistas”, na nossa “merdocracia” do que estarmos na situação desse tal Azambuja, na sua “IDIOCRACIA NEODITATORIAL JUDICIAL”, A IDIOCRACIA quer dizer governo de idiotas  onde energúmenos medíocres acabaram alçados a cargos de Poder na sociedade, apenas porque conseguiram decorar meia dúzia de conceitos jurídicos. A putada petralha em seus 13 desastrados anos de desgoverno  conseguiu IDIOTIZAR boa parte  dos nossos jovens, principalmente aqueles oriundos de universidades federais. Como dizia Nelson Rodrigues, “os idiotas vão dominar o mundo; não pela capacidade, mas pela quantidade. Eles são muitos”...


NO ESCURO TODO GATO É PARDO: - Roubar estar no DNA dos petralhas... PT de Manaus faz  “gato” e tem energia cortada.  O diretório do PT em Manaus teve a energia cortada duas vezes neste mês: a primeira, por falta de pagamento; e a segunda por fazer um “gato”. A informação foi confirmada pela Amazonas Energia. Em nota, a distribuidora afirmou que “em 6 de janeiro houve corte no fornecimento de energia na unidade consumidora citada por débitos, e, na última quarta-feira (15), foi realizada uma inspeção, e o estabelecimento encontrava-se auto religado, tendo o fornecimento de energia suspenso novamente. Sempre, sempre o PT causa um curto circuito ético e moral nos brasileiros do bem.  Há vários argumentos  para esse tipo de comportamento, entre eles é que  o PT é um ajuntamento de bandidos. Portanto, é difícil libertar-se do vício. Quer dizer, os RATOS fizeram um GATO.


ESCOLA SIMÔA GOMES ESTÁ SEM COMANDO: - Até pouco tempo a escola estadual da COHAB II de Garanhuns mantinha todos os anos  5 turmas(conforme a demanda às vezes 6) para as crianças que cursam o 6º ano. Hoje, os pais estão em desespero por não haver a quantidade de turmas que havia antes. Se já não bastasse a chefona da GRE achar que todo pai de família daquela comunidade tem um computador com internet ou um celular com créditos para marcar a consulta de seus filhos, pois só pode ser por INTERNET, mesmo assim, quando os coitados conseguem através da internet dos outros, dos vizinhos,  recebem a resposta: NÃO HÁ MAIS VAGAS!!! Cadê a chefona da GRE e o diretor dessa espelunca que não mantém a quantidade de salas que tinha anteriormente, hein?!?!?! Hoje, já passou do dia 20 e nada de vaga!!! Os despreparados  que se acham donos da escola Simôa Gomes da COHAB II estão tratando as mães e os pais das crianças daquela comunidade  de  bobos e babacas... TOME JEITO, SEUS COISAS!!! Há muito pouco tempo, pouco mesmo,  se havia uma coisa pública que a comunidade da COHAB II se GABAVA era da sua querida escola Simôa Gomes. Hoje está jogada às traças. Horripilantemente feia, mal cuidada e muito criticada pela comunidade... 


RESGATE DA NOSSA AUTOESTIMA: -  A entrevista do Ministro Sérgio Moro, segunda-feira(20), na TV Cultura, assistiu-se a um debate de quando a SIMPLICIDADE arrasa com a ARROGÂNCIA. o ministro entrou GRANDE e saiu GIGANTE. Com sua conhecida e elogiável paciência e extrema tranquilidade, Moro não caiu em nenhuma das armadilhas impetuosamente preparadas por seus entrevistadores, todos, sem exceção, visivelmente mal intencionados. o Doutor Sérgio Moro é um exemplar raro. É de uma gentileza espetacular, conversa educadamente com tantos jornalistas imbecis idiotas como se estivesse conversando com pessoas sensatas. é blindado contra pegadinhas, até porque jamais foi ambicioso e não gosta de aparecer como a esquerda tenta, tenta, tenta fazê-lo parecer. Nenhuma frase arrogante como 90% dos integrantes da Canhota fazem questão de ser. Moro é o ídolo da maioria do povo brasileiro e não adianta vir com  MIMIMI da vermelhada que odeia o Brasil!!! Gostei do Show de bola e  das cortadas Tramontina que Moro deu!!! Mostrou-se um competente estrategista...


BUCHUDINHAS: - É alarmante ou acima da média a quantidade de crianças/adolescentes que são estupradas nesse tal de CAIC da COHAB I em Garanhuns.  Tomei conhecimento que, só o ano passado havia três crianças grávidas em uma mesma sala de aula  daquele educandário municipal.  Apesar do que muitos pensam, os adolescentes dos dias atuais possuem, sim, conhecimento sobre a existência de métodos contraceptivos, uma vez que informações são fornecidas nas escolas, televisão e até mesmo pela internet. Agora é preciso que as diretoras cheguem juntas dessa juventude com um grito de alerta a respeito desse delicado assunto que é gravidez e, consequentemente, a evasão escolar das “buchudinhas”. Isso é de uma gravidade assombrosa!!! É muito triste e  doído dizer isto, mas é pura verdade: parece que estão escondendo ou tapeando o que acontece nos porões das escolas municipais com a Secretária de Educação do Município. Eu a tenho em minhas contas e não tenho o menor farelo de dúvida que se ela tivesse conhecimento prévio dessas balbúrdias que estão acontecendo,  ela já teria tomado decisões drásticas para elucidar os fatos, como também  preservar  a convivência e os bons costumes dessa estudantada. E HAJA  DESINFORMAÇÕES DE TODOS OS LADOS!!! Espero que a secretária que é  uma pessoa digna e merecedora de ótimas credenciais e que Garanhuns deve muito a essa mulher pelos excelentes serviços prestados ao nosso município. Espera-se  que ela vá fundo nesse assunto e tome às medidas que se fizerem necessárias e que sua tomada de posição seja em prol de restabelecer a moralidade nessas escolas. Honradez pra isso, a secretária tem de sobra!!!


AUTÊNTICOS CARAS DE PAU: - Impopulares, taxados de ladrões e bandidos sem procedência, os petralhas  sem boquinha estão desesperados em busca de alguma coisa que possa lhes garantir a possibilidade do ganho fácil sem trabalhar. Assim, o ex-senador Lindbergh Farias estaria predisposto a se candidatar até mesmo a vereador no próximo pleito eleitoral. Nessa mesma toada desesperadora, o ex-governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, que assim como “LINDINHO” também foi derrotado no último pleito para o Senado Federal, está negociando sua candidatura para prefeito da pequena  cidade de Sidrolândia que tem 25 mil eleitores. Para justificar a traquinagem como também o desespero por não está mamando nas tetas do poder, o pilantrão do  Zeca do PT disse o seguinte em entrevista a um jornal dessa cidadezinha: “E como eu tô morando praticamente aqui em Sidrolândia no meu projeto de piscicultura, eu tô sim avaliando a possibilidade de até abril transferir meu título e avaliando a possibilidade de ser candidato a prefeito pelo PT e por Partidos do Campo Progressista de Sidrolândia”. A turma do PT se esqueceu que o seu estágio atual é de queda, rumo ao ostracismo... 


CANCELADA: - Pense numa obra enrolada e cheia de mistério é a reforma da Avenida Santo Antônio. Após meio mundo de notificações e puxão de orelhas, a Prefeitura Municipal de Garanhuns resolveu rescindir de maneira unilateral o contrato com a Metta Serviços de Construções que tinha ganhado a licitação. As obras deveriam começar já no mês de janeiro, mas a Metta vinha atrasando o início dos trabalhos, mesmo após ser notificada várias  vezes. Ainda de acordo com as secretarias envolvidas na reforma, a segunda empresa colocada na licitação deverá ser contactada para ver se a mesma tem interesse em assumir a obra, Aliás, a respeito dessa obra, o prefeito Izaías Régis jurou de pés juntos e mãos postas pro céu que iria construir um banheiro de primeiro mundo lá no colunata e derrubar aquela pocilga que ainda se encontra lá, que chama de sanitário público. Uma vergonha!!! 


PEGOU MAL – O presidente do PT no Recife, Cirilo Mota, é um lambe botas do senador gastador Humberto Costa. Deixou isso bem claro, ontem, ao inventar uma reunião para sinalizar que o partido, ao invés de disputar em Recife com Marília Arraes, deve continuar sendo sublegenda do PSB. Mais uma vez, o senador guloso  FALA FINA (PT) deu exemplo que não tem limites quando se trata de gastar o dinheiro meu, seu, do contribuinte brasileiro. Aparece na liderança dos congressistas mais gulosos no uso da verba apelidada de “cotão”, com despesas da ordem de R$ 607.000,00.  Na Câmara, entre os que mais utilizaram a verba está Daniel Coelho, Gonzaga Patriota e Fernando Rodolfo. 


PARELHA DE INJUSTIÇADOS: - João de Deus é um estuprador. Lula, um Ladrão. No último dia 20, a justiça condenou João de Deus, de 78 anos, a mais 40 anos de prisão por crimes sexuais cometidos contra cinco mulheres. O veinho safado  sempre negou as acusações. Isso nos faz lembrar ou é igualzinho ao MANDELA brasileiro. Os dois relincham afinados: “Somos inocentes!!!”. Há que diga que  João de Deus não comeu ninguém. Que ele é até brocha!!! Já o Lula nunca roubou ninguém!!! O sítio de Atibaia e o apartamento no Guarujá são dos amigos dele... Há quem ache, até, ou jura de pés juntos que o filho Lulinha não é dele, pois dever ser de um...


ROMARIA NAS FEIRAS LIVRES: -  A feira livre representa uma das formas mais antigas de comercialização de produtos agrícolas, desenvolvendo até hoje um importante papel econômico, social e cultural. É lá que os políticos gostam de fazer romarias para mentir e prometer  a deus e o mundo e aos matutos que têm suas barracas nas feiras dos principais bairros de Garanhuns. Qual será a mentira cabeluda que Haroldo Vicente deve contar a matutada: que quando for eleito vai terminar a interminável estrutura física da CEAGA?!?!?! E Sivaldo, com certeza que deve ir com aquele papo furado que o atual prefeito não terminou a CEAGA  porque não quis e só ele, se for eleito,  é capaz de tomar a frente e  finalizar as obras do Inacabado centro de hortifrutigranjeiro varejista de Garanhuns. Ô racinha...


NO BREU DAS TOCAS E DAS TREVAS: - Zé do Breu  é um canastrão global, mamador das bolas dos petralhas e, além de chupão é cuspidor nos rostos das mulheres. Esse comunistinha de meia tigela  nunca teve  bom senso e qualquer resquício de decência. É um provocador nato principalmente contra as mulheres que não rezam na cartilha da organização criminosa do PT. Zé do Breu  é um  sujeito totalmente desqualificado que  certa feita cuspiu numa senhora em um restaurante e a Globo não o censurou. Deu total apoio. Numa outra oportunidade o charlatão  ofendeu gravemente a escritora Glória Perez, com comentários envolvendo ela e o assassino de sua filha. Ao contrário  de antes, a atriz Regina Duarte,  considerada uma das mais brilhantes do país, convidada para comandar a pasta na Cultura, e a Globo, como primeira reação, sem qualquer conversa prévia, divulga nota comunicando o seu inevitável desligamento. E haja inversão de valores!!! Assim como existe spray para acabar com baratas e pernilongos, deveria ter também para petista, né mesmo?!?!?!

MORO DEU UMA BAILE NO RODA VIVA


Rodrigo Constantino

O ministro Sergio Moro se saiu muito bem no Roda Viva, mesmo com essa configuração de ringue em que o entrevistado é alvo de inúmeras tentativas de leva-lo à lona. Ele mostrou total segurança nas respostas. Jornalista tem que apertar mesmo, apesar de que alguns ali mais pareciam militantes diante de um inimigo.

Decência, preparo, espírito público, coragem: são virtudes raras, que merecem ser enaltecidas, valorizadas. O problema não é um povo ter heróis; mas ter os heróis errados! A hashtag #MoroHeroiNacional foi para o topo do Twitter não foi por acaso.

A âncora do programa, minha ex-colega de bancada Vera Magalhães, tentou apertar o ministro sobre o caso do secretário da Cultura demitido recentemente. Mas Moro não é um palpiteiro! Ele disse que falou para o presidente que julgou o episódio bizarro. E levou isso a quem interessa. Discrição é uma qualidade, não um defeito!

Moro deixou claro ainda que retórica é uma coisa, ação é outra. Não há medidas concretas de censura ao jornalismo por parte do governo. Se ele não aceitasse participar do programa, isso não seria censura, por exemplo, mas ele exercendo sua liberdade de escolha. Foi o PT que tentou CNJ, lembram? Mas os jornalistas costumam poupar Lula…

Outra coisa que chamou a atenção foi a participação de Leandro Colon, da Folha. Não entendo o piti dos militantes do The Intercept e de Glenn Greenwald por não estarem na bancada do Roda Viva. A Folha estava lá já representando a turma! Foi um show de horror à parte.

Não é para puxar o saco não, mas a Jovem Pan, na figura do Felipe Moura Brasil, faz as melhores perguntas, mais técnicas e sem o desejo de lacrar. Convidem alguém da Gazeta do Povo na próxima vez também. O Pravda, digo, a Folha pode ficar de fora: não fará falta alguma.

A apresentadora festejou o sucesso de audiência. Olha, celebrar que o programa de estreia esteve entre os mais comentados do Twitter é algo legítimo, sem dúvida, mas em nome da verdade, básica no jornalismo, cabe aqui acrescentar que a maioria elogiava o entrevistado, não os entrevistadores, especialmente aqueles que só tentam lacrar. Esses mereceram duras críticas do público.

Foi lindo darem também a oportunidade para o ministro Moro explicar em detalhes o petrolão! Locupletaram-se com a Petrobras, explicou em detalhes. Ninguém foi condenado sem provas. Não foi o que aquele “documentário” disse; foi enriquecimento ilícito mesmo. Toma, Lula!

Em suma, Moro mostrou elegância, paciência, evitou as cascas de banana, demonstrou respeito e lealdade ao chefe, não alimentou intrigas e fofocas, não cedeu às tentativas de colocarem-no contra o presidente, não expressou ambições políticas, respondeu todas as perguntas de forma objetiva e, dessa forma, levou ao desespero os militantes que desejavam vê-lo em maus lençóis.

A verdade, que poucos ali querem assumir, é que se o Brasil tivesse mais uns dez servidores públicos com o perfil de Sergio Moro, o país seria outro, muito melhor! Não é por acaso que ele é considerado um herói por milhões de brasileiros. Alguns jornalistas, vaidosos ao extremo, adorariam que eles fossem considerados os heróis do povo, mas o povo sabe melhor…

domingo, 19 de janeiro de 2020

NAZISMO: O FILHO QUE A ESQUERDA NÃO ASSUME



Rodrigo Constantino

Em um duelo ideológico, não sai vencedor aquele que diz a verdade, mas o que tem a capacidade de convencer seu público de que seu argumento é o correto. Efetivamente, portanto, o poder de persuasão define o vencedor do embate. Com isso, as histórias passam a ser contadas de acordo com as narrativas que prevalecem nos embates ideológicos. Uma das narrativas mais mentirosas adotadas e disseminadas pela esquerda no mundo é a de que o nazismo foi um regime de “extrema direita”.”
No entanto, qualquer historiador ou intelectual não ideologizado pela narrativa socialista predominante que analisar os fatos históricos dentro de seu devido contexto e checar documentos chega facilmente à conclusão de que o nazismo era de esquerda. Sérgio Peixoto Silva (2015), por exemplo, definiu o partido como sendo de esquerda, considerando o programa nazista divulgado em 1920, com seus ideais e reivindicações.
Winston Churchill, em Memórias da Segunda Guerra Mundial – que lhe rendeu o Nobel de Literatura em 1953 -, escreveu que fascismo e nazismo são irmãos gêmeos, ambos filhos do comunismo. E aqui estamos falando de alguém que estudou cada átomo de Hitler e de seus capangas nazistas, como Joseph Goebbels (o facínora chefe da proganda nazista), Heinrich Himmler (líder da SS), Hermann Göring, comandante-chefe da Luftwaffe (a força aérea alemã – aquela que levou um laço da RAF, a Força Real Britânica na Batalha da Grã-Bretanha), Rudolf Hess, Martin Bormann, o puxa-saco secretário de Hitler e o açougueiro nazista Reinhard Heydrich – o grande arquiteto do Holocausto…
Além de autores e de figuras importantes, como Churchill, inúmeras características dão embasamento a qualquer pessoa séria para classificar o nazismo como um regime de esquerda. Evidentemente que, não posso deixar de mencionar, Hitler seguiu uma linha de socialismo com o incremento de suas ideias; mas a questão é o fundamento nazista – que era socialista. Esse é o âmago do raciocínio: a essência, a base, a fundamentação e os princípios do nazismo.
Antes de chegarmos nas características do nazismo, é importante esclarecer o que são direita e esquerda. Claro que tudo começa pela revolução da França e as posições no parlamento e na Assembléia, que deram origem aos termos. Todavia, com o passar do tempo, essa definição se tornou defasada e genérica. Para definirmos direita e esquerda, portanto, é necessário observar seus respectivos produtos. O principal produto da direita está em elementos como o livre mercado, o estado pequeno, a liberdade individual e o direito à propriedade privada – o que conhecermos por CAPITALISMO; a esquerda, por sua vez, tem como principal produto o estado grande e absoluto, que impõe controle sobre o mercado, sobre as liberdades e sobre as propriedades, ou seja, estatiza tudo e prioriza o coletivismo – o que conhecemos por SOCIALISMO.
Assim, grosso modo, para sintetizar, entende-se que direita equivale a capitalismo e esquerda equivale a socialismo. Lógico que há variantes, como liberalismo e conservadorismo na direita e progressismo e social-democracia (eufemismos para menchevismo) na esquerda; mas, na essência, funciona como explanei acima. Vamos em frente.
Tudo começa pelo nome Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei), que surgiu em 1920, quando Hitler assumiu o DAP (Partido do Trabalhador Alemão – Deutsche Arbeiterpartei) e rebatizou o partido. Pensemos: se o pai do nazismo batiza o partido como “socialista”, qualquer tese que define o nazismo como “direita” deveria ser, no mínimo, questionável – devido à etimologia; mas as semelhanças entre nazismo e socialismo não param por aí, pois todo o embasamento nazista teve Karl Marx como origem. Vamos entender…
O controle de preços adotado pelos nazistas, por si só, já se constitui evidência de que o nazismo era um regime de esquerda. Isso nada mais foi do que uma prova de que o ensinamento de Marx corria nas veias de Hitler! Controlar os preços é o oposto do capitalismo (livre mercado). A crítica ao livre mercado é uma característica marxista. Na Alemanha nazista, as empresas eram controladas pelo governo, sendo apenas “fachadas”. O governo determinava o que devia ser produzido, a quantidade e os salários a serem pagos.  Alguns – leia-se: a esquerda ou os enganados por ela – afirmam que a Alemanha nazista era de direita por ter tido empresas “privadas”, o que em tese classificaria o país como capitalista; mas os “empresários”, na verdade, eram meros fantoches. Tudo era propriedade do estado absoluto comandado pelo Führer. Se o leitor tiver dúvidas quanto a essa questão, leia os itens 13 e 14 do programa nazista, que foi publicado em 24 de fevereiro de 1920, em Munique.
Outro princípio marxista que observamos no nazismo é o controle da imprensa (controle da imprensa, aliás, que sempre esteve na cartilha do PT). O item 23 do programa nazista, juntamente com os incisos 1, 2 e 3, são claros: controle absoluto da imprensa – bem igualzinho aos mandamentos socialistas. A vizinha Venezuela, por exemplo – padrão democrático da esquerda brasileira –, demonstra um caso clássico de repressão e de controle à imprensa.
O ódio aos princípios judaico-cristãos é mais um mandamento de Karl Marx que Hitler seguiu: no caso de Hitler, o ódio era direcionado à raça; no caso de Marx, a uma classe: os burgueses (Marx acreditava que a igreja era a base de sustentação da burguesia). Porém, na prática, o mandamento era o mesmo: exterminar o “opressor”. Enquanto o nazismo defendia um a raça ariana “superior”, o socialismo marxista pregava uma classe superior: os oprimidos do proletariado. Há algumas teorias sobre o motivo pelo qual Hitler manifestara tamanho ódio aos judeus e uma delas dá conta de que um judeu rejeitara o líder nazista (em sua juventude) na tentativa de ingresso ao curso de arquitetura. Contudo, a versão oficial afirma que os nazistas acusavam os judeus de conluio nos negócios, sendo responsabilizados em parte pela grande crise econômica pela qual atravessava a Alemanha. No Brasil, é importante lembrar, partidos como PT, Psol e PCdoB sempre se mostraram resistentes e antipáticos a Israel.
Estado grande: o nazismo implementou um estado totalitário e absoluto, no melhor estilo leninista. O item 25 da cartilha do Führer alemão é muito claro sobre isso: poder absoluto ao Reich (nome oficial para o Estado-Nação alemão no período de 1871 a 1943). Essa linha política é ensinamento de Marx, e teve Lênin como precursor com a Revolução dos Bolcheviques, em 1917, na Rússia.
É possível afirmar, como já vimos no texto, que o coletivismo é uma idiossincrasia que define muito bem o socialismo, enquanto que o capitalismo e, por conseguinte, a direita – como também já abordamos anteriormente -, é caracterizado pelo direito à liberdade individual. No nazismo, entretanto  – como se sabe -, predominou o coletivismo marxista. Não havia liberdade individual. Tudo era controlado pelo estado, com o coletivismo predominando. Apenas esse fato, portanto, já refuta qualquer argumento que tente classificar o nazismo como regime de direita. Aos defensores da mentira que defende o nazismo como direita, lamento informar: a conta não fecha.
Genocídio: o extermínio em massa imposto por Hitler foi, sem dúvidas, fundamentado nos gulags (campos de concentração) bolcheviques. A estreia da ideia leninista adotada por Hitler na Alemanha foi em 1933, com o primeiro campo de concentração alemão, sob responsabilidade de Heinrich Himmler, líder da SS (a “Schutzstaffel” foi uma organização paramilitar a serviço do nazismo e de Adolf Hitler).
Culto ao grande líder: Hitler era venerado por seus seguidores. A persuasão do discurso de Hitler levou os alemães a adorá-lo e a depositarem nele a esperança pelo fim da grande crise, causada, segundo eles, pelo Tratado de Versalhes (assinado em 1919, com imposições sobre a Alemanha, após o país perder a primeira Guerra Mundial) e pelos judeus. Questionar a veneração ao Führer era imperdoável. Assim como acontecia com Lênin e Stálin.
A cor de um partido, movimento ou regime, em si, não comprova nada. No entanto, aliando isso a um conjunto de características, pode significar muito. O vermelho nazista é igualzinho a todas as bandeiras do socialismo. Sem falar nos gestos com os punhos erguidos – e aqui me refiro a Lenin.
A perpetuação no poder é o objetivo de todo governo marxista e os nazistas chegaram ao poder da forma mais clássica leninista, “assumindo o poder sem qualquer escrúpulo”, como ensinou Lênin. O partido de Hitler dominou o parlamento, inicialmente comendo pelas beiradas, mas dominando tudo assim que teve oportunidade. Usaram a repressão da SS, juntamente com a força da violenta SA (a Sturmabteilung – uma espécie de tropa de choque composta por fanáticos do partido nazista), como ferramentas para eliminar os opositores. Um exemplo da doentia sede nazista pelo poder foi o incêndio do Reichstag, em Berlin, em 27 de fevereiro de 1933, quando o braço direito de Hitler, Joseph Goebbels, ordenou ao líder da SA fazer o serviço e acusar os opositores. O fato foi o estopim para a tomada do poder de Hitler, então chanceler na Alemanha, que passou a ter cada vez mais força. Com a morte do  presidente da então República de Weimar, Paul von Hindenburg, em 2 de Agosto de 1934, Hitler fundiu os cargos de presidente e chanceler. Com isso, se tornou o Fürher absoluto. Semelhante a Lenin; depois Stalin. Aprendeu bem.
Atualmente, muitos acabam fazendo confusão pelo fato de o partido nazista ser rival do partido comunista alemão (acusado pelo incêndio), mas isso é irrelevante. Nazistas e comunistas eram duas correntes socialistas diferentes em conflito, mas com a mesma raiz ideológica: o marxismo. Grosso modo, seria como se o PT e o PCdoB brigassem pelo poder no Brasil. Aqui jaz o elemento chave que decifra a charada: a disputa de duas gangues pelo poder. Esse era o motivo da oposição de Hitler aos comunistas.
Se formos levar em conta o caso do governo petista, num socialismo mais bolivariano, a doentia luta pelo domínio absoluto e pela perpetuação no poder no Brasil iniciou com a tentativa de compra do Congresso com o Mensalão e com o Petrolão, além do aparelhamento das instituições, Além disso, o aprisionamento dos eleitores com as políticas populistas irresponsáveis (se o nazismo usava a repressão e os campos de concentração para prender, o petismo prendeu pessoas com o assistencialismo e com o terrorismo eleitoral). Mais uma vez, como vemos, a diferença é o método, com o mesmo efeito prático: a busca pelo domínio absoluto e a perpetuação no poder.
Domínio na cultura: se na Alemanha nazista houve a conhecida queima de livros (Bücherverbrennung), idealizada por Joseph Goebbels e realizada em 10 de maio de 1933, nas últimas décadas vimos a esquerda e seus movimentos dominarem o Brasil. Eles não queimaram livros, mas boicotaram autores liberais e conservadores, seja na mídia, nas universidades, em congressos ou qualquer lado do campo cultural. O método é diferente, como já disse, porém o resultado e o embasamento ideológico são os mesmos. A esquerda brasileira usa há décadas o ensinamento de outro pensador marxista: Antônio Gramsci. Segundo ele, a tomada de poder deve ocorrer pelo domínio cultural. Basta ler qualquer livro didático de história e de geografia distribuído no governo do PT para ver Zé Dirceu sendo apresentado como herói revolucionário. Além disso, no campo artístico, há quem diga que a Lei Rouanet serviu para a compra de opinião artística. Alguém tem dúvida?
Por mais de 100 anos a ideologia marxista serviu como inspiração e lei para a fundação de regimes totalitários, como o nazismo, que assolaram países pelo mundo. Muitos países ainda estão debaixo dessa ideologia genocida, como bem citamos acima a Venezuela do tiranete Maduro.
O nazismo tem um pai, e ele é o socialismo marxista – e esta catacrese é inevitável, pois o marxismo gerou muitos filhos, e todos maus. A única diferença entre socialismo e nazismo está na quantidade de mortes: o socialismo exterminou mais de 100 milhões de pessoas (indico a leitura do Livro Negro do Comunismo), enquanto o nazismo ceifou, direta e indiretamente, 40 milhões de pessoas.
Na guerra das narrativas sempre venceu quem gritou mais alto e nisso os movimentos de esquerda sempre foram especialistas. Mas o jogo virou. As pessoas honestas não deglutem mais qualquer bobajol marxista. A verdade, pouco a pouco, começa a aparecer. Uma a uma, as mentiras da esquerda vão sendo derrubadas.
Ah, mas “Hitler pregava contra o marxismo”… Meu amigo, Hitler foi tão opositor às ideias de Marx que seguiu cada mandamento do prussiano autor do Manifesto Comunista e de O Capital, como, por exemplo, o ódio aos homossexuais, os quais, para Marx, faziam parte do “lumpemproletariado” ( a escória, para Marx).
O nazismo é filho da esquerda.