ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM  ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

quinta-feira, 21 de junho de 2012

LULA NÃO USA ALIANÇAS. PREFERE PULSEIRAS DE PRATA(ALGEMAS)...

SAIBA O QUE OS NOIVOS ACHAVAM UM DO OUTRO ANTES DO CASAMENTO NO JARDIM DA MANSÃO



O símbolo da pouca vergonha nacional está dizendo que quer ser presidente. Daremos a nossa vida para impedir que Paulo Maluf seja presidente.” (LULA, junho de 1984);


“Se o civil tiver que ser o Paulo Maluf, eu prefiro que seja um general.” (LULAjunho de 1984);


“Como Maluf pode prometer acabar com ladrão na rua enquanto ele continua solto?” (LULA, setembro de 1986);


“O problema do Brasil não está no deputado Paulo Maluf, mas sim nos milhares de malufs.” (LULA, outubro de 1986);


Os administradores do PT são como nuvens de gafanhotos. (PAULO MALUF, março de 1993);


“Maluf esquece de seu passado de ave de rapina. O que ameaça o Brasil não são nuvens de gafanhotos, mas nuvens de ladrões. Maluf não passa de um bobo alegre, um bobo da corte, um bufão que fica querendo assustar as elites acenando com o perigo do PT. Maluf é igualzinho ao Collor, só que mais velho e mais profissional. Por isso é mais perigoso.” (LULA, março de 1993)


“Ave de rapina é o Lula, que não trabalha há 15 anos. Faz 15 anos que não está no torno, que não conta como vive e quem paga seu salário. Ave de rapina é o PT, que rouba 30% de seus filiados que ocupam cargos de confiança na administração. Se o Lula acha que há ladrões à solta, que os procure no PT, principalmente os que patrocinaram a municipalização do transporte coletivo de São Paulo.” (MALUF, março de 1993);


“Quem votar em Lula vai cometer suicídio administrativo.”. (MALUF, julho de 1993);


“Estou feliz. Afinal, não estamos em campanha. Enquanto isso, alguns desocupados, como é o caso de Lula, andando pelo Brasil com emprego dado pelo PT, ganham o dinheiro dos trabalhadores.” (MALUF, agosto de 1993);


“A impressão que se tem é que Cristo criou a terra, e Maluf fez São Paulo.” (LULA,  maio de 1996);


“O Maluf é que deveria estar atrás das grades e condenado à prisão perpétua por causa da roubalheira na prefeitura.” (LULA, julho de 2000);
“Quero evitar que o PT tenha aqui base para alavancar a eleição do Lula

em 2002. Foi o que eu disse para um amigo, na sua empresa de mil funcionários: ‘Você colocaria o Lula como diretor de recursos humanos?’ Ele respondeu que não, e eu disse: ‘Peraí. Não serve para ser diretor da sua empresa e serve para ser presidente da República?’” (MALUF, outubro de 2000);


“Declaração infeliz do presidente. Ele não está a par do problema, e se ele quiser realmente começar a prender os culpados comece por Brasília. Tenho certeza de que o número de presos dá a volta no quarteirão, e a maioria é do partido dele, do PT.” (MALUF, outubro de 2005)


Em 18 de junho de 2012, como Lula preferiu ficar em silêncio depois do encontro no jardim da mansão, Maluf falou pelos dois:  “HOJE SOMOS TODOS IGUAIS”...

quarta-feira, 20 de junho de 2012

PAULO MALUF LULOU E LULA MALUFOU...




LULA MALUFOU, ERUNDINA NÃO!!!


O que é um corno?!?!?!

Corno é aquele sujeito que, mesmo sabendo o que todo o bairro também já sabe, ainda sim ele tenta arranjar justificativas mentais para si mesmo que lhe permitam afastar os  pensamentos sobre a infidelidade de sua mulher. ASSIM SÃO OS PETISTAS NA SUA RELAÇÃO COM O LULA. São uma espécie de cornos políticos. E o Lula sabe disso. Ele sabe que, não importa quão infiel ele seja, nenhum de seus seguidores terá personalidade ou autonomia suficientes para abandoná-lo. Assim como acontece com o corno manso, a única coisa que eles podem esperar é que, na próxima traição, ele seja um pouco mais discreto...




---QUALQUER NORDESTINO QUE TENHA CARÁTER ACHA LULA UM MERDA. LULA É UMA VERGONHA PARA OS NORDESTINOS DESCENTES;

---ALGUÉM PRECISAVA CHUTAR ESSE BALDE DA HIPOCRISIA.  A NORDESTINA DE VALOR, LUIZA ERUNDINA,  SAI DA CORRIDA, MAS, NESSA ELEIÇÃO, ELA JÁ VENCEU;

---ESSE TAL DE LULA FAZ A GENTE TER VERGONHA DE SER NORDESTINO. APESAR DE, LULA NÃO É NORDESTINO É SINDICALISTA, SUA PÁTRIA É O ABC!!!


---TEM PETISTA TIRANDO A CALÇA PELO PESCOÇO  AO VER UM LARÁPIO CONTUMAZ DE BRAÇOS DADOS COM O PT;

 
---NÃO TEM JEITO, O PAÍS ESTA ACANALHADO COM ESSE ACHINCALHE, COM ESSE EMBUSTEIRO, COM ESSE MUTRETEIRO, COM ESSA DEBOCHADA TRAMOIA;

---PT E MALUF DE MÃOS DADAS: É MUITO DEGETO EM UM SÓ LUGAR;

---É O BANDIDO (SEGUNDO GILMAR MENDES) DO LULA JUNTO COM SUA QUADRILHA;

---AGORA QUE A ERUNDINA DESISTIU DE SER VICE DE HADDAD, VAMOS APURAR NOMES QUE POSSAM SUBSTITUÍ-LA: QUE TAL, FERNANDINHO BEIRA MAR, MARCOLA, ELIAS MALUCO;

---LULA SEMPRE GOSTOU DE APERTAR AS MÃOS DE SENHORES DISTINTOS QUE USAM ALGEMAS;

---LULA + MALUF: BANDIDOS NÃO TÊM HONRA NEM CARÁTER!!! SE FOREM COLOCADOS NUMA BALANÇA NÃO SABEREMOS COMO FICARÁ O EQUILÍBRIO;

---SINCERAMENTE, QUEM IMAGINARIA QUE MALUF PODERIA DESCER AINDA MAIS, REBAIXANDO-SE A ESSE PONTO?!?!?!

---MALUF (WANTED BY INTERPOL) FOI QUEM CONSEGUIU VINGAR-SE: ALIÁS, MALUF DEVERIA TER EXIGIDO QUE O SEBOSO DE CAETÉS FOSSE PROCURÁ-LO DE JOELHOS!!!

---O PT MALUFOU… OU QUER ADOTAR DE VEZ O ESTILO “ROUBA, MAS FAZ”;

---O PT É A COISA MAIS DIVERTIDA QUE ESTE PAÍS JÁ PRODUZIU.  A ESTRELA VERMELHA  DECADENTE É INSUPERÁVEL!!!

---CAPTEI A MENSAGEM: A PRESENÇA DE ERUNDINA É QUESTIONÁVEL. INQUESTIONÁVEL É A PRESENÇA DO MALUF...

---DEPOIS DESSA, AFIRMO COM TODAS AS LETRAS: “NÃO FOI O LULA QUE SE LIVROU DO CÂNCER, FOI O CÂNCER QUE SE LIVROU DO LULA…”;

terça-feira, 19 de junho de 2012

O PARTIDO-QUADRILHA MAIS CONHECIDO COMO PT, CONTINUA PURINHO DE MARRÉ-DECI... ALIOU-SE A MALUF...


ERUNDINA, A NOIVA DE HADDAD, DEVE ABANDONAR O ALTAR E DEIXAR O NOIVO A VER NAVIO..


VAI PARECER PIADA. E É MESMO, MEU PREZADO BLOGUEIRO MANOEL DOS SANTOS. SEGUNDO O ATUAL PRESIDENTE DA QUADRILHA, UMA ANTA VEXAMINOSA CHAMADA FALCÃO, O PARTIDO-QUADRILHA NÃO MUDOU. QUEM MUDOU FOMOS NÓS, ISTO É, O BRASIL. ESSE MELIANTE, EM LINHAS GERAIS DISSE O SEGUINTE: ELES CONTINUAM PURINHOS DE MARRÉ-DECI, BANDIDOS VIRAMOS NÓS. ELE DISSE ISSO PARA JUSTIFICAR A REUNIÃO DAS QUADRILHAS. A QUE É LIDERADA POR MALUF, PROCURADO PELA INTERPOL, E A DO SEBOSO DE CAETÉS, AINDA NÃO PROCURADO POR NENHUMA POLÍCIA IMPORTANTE. LÓGICO, ELA TEM QUE SER DE FORA, JÁ QUE A DAQUI SÓ ACHA QUEM INTERESSA PARA A QUADRILHA. RUI FALCÃO, COMO TODO O PETRALHA LADRÃO, É UM VAGABA. UM CRETINO, ALIÁS MAIS UM, A SOLTAR IDIOTICES, COMO A QUE DISSE AOS JORNAIS. É O QUE DEVERIA FAZER ESTE POVINHO DE MERDA PENSAR BEM ANTES DE VOTAR NESSES BANDIDOS. MAS QUER SABER DE UMA VERDADE?!?!?! EU CREIO QUE ELE TEM RAZÃO. SE NÃO TIVESSE, ESSA CORJA NÃO ESTARIA ONDE ESTÁ E O PODEROSO CHEFÃO DO MENSALÃO SERIA ESCORRAÇADO POR ONDE PASSASSE. DIRCEU LIVRE NAS RUAS SEM LEVAR UMA PEDRADA NOS CORNOS?
DELÚBIO FAZENDO PALESTRAS PARA DIZER QUE O MENSALÃO DO SEBOSO NUNCA EXISTIU?!?!?! ORA, É POR QUE ESTE POVINHO DE MERDA OU SE OMITE OU CONCORDA. USANDO O MÉTODO DIRCEULIANO, ESSA GENTE TEM QUE COMEÇAR A LEVAR PORRADA QUANDO SAIR ÀS RUAS, DO MESMO MODO COMO O DESGRAÇADO GUERRILHEIRO CAGÃO ORDENOU AOS SEUS MELIANTES QUE FIZESSEM COM COVAS. E LULA, O GRANDE RESPONSÁVEL POR TUDO ISSO, TEM QUE COMEÇAR A LEVAR UMAS SAPATADAS, ALGUMAS DÚZIAS DE OVOS PODRES PELO MEIO DOS CORNOS, SACOS DE COCÔ OU MIJO DE 13 DIAS, SEMPRE QUE SE APRESENTAR EM ALGUM LOCAL PÚBLICO. ELES USARAM ARMAS, BOMBAS, SEQUESTROS, ASSALTOS, ASSASSINATOS PARA JUSTIFICAR UMA LUTA CONTRA A DITADURA. POIS BEM, USEMOS COCÔ, XIXI, OVOS PODRES, SAPATOS, SANDÁLIAS PARA JUSTIFICAR NOSSA LUTA A FAVOR DA DEMOCRACIA QUE ELES QUEREM USURPAR. QUANDO A CARRETA DESSA CORJA PASSAR POR BAIXO DE SUA JANELA, JOGUE NELA UM ENORME SACO DE MIJO DE 13 DIAS OU UM SACO ENORME DE COCÔ QUE TENHA SIDO RESULTADO DE ALGUM FARTO PRATO À BASE DE REPOLHO, BATATA DOCE E SARAPATEL. SE LULA ESTIVER NA CARREATA, E VOCÊ SOUBER COM ANTECEDÊNCIA, COMA, PELO MENOS UMA SEMANA ANTES, UM PIREX INTEIRO DE SURURU DE CAPOTE, AQUELE MOLUSCO QUE SE ESCONDE NA LAMA DE LAGOAS DE ÁGUA DOCE. SE VOCÊ FIZER ISSO, EU GARANTO: NÃO VAI FICAR NINGUÉM EM UM RAIO DE PELO MENOS UNS 13 KILÔMETROS...

Por Helena Sthephanowitz(Quem não tem estômago corre o risco de vomitar):
A candidatura petista à prefeitura de São Paulo conquistou um belo trunfo, ao fechar coligação com o PSB e ter como vice-prefeita a deputada Luiza Erundina. Um nome histórico, de integridade a toda prova, combativa e respeitada até por adversários. Se fôssemos comparar a política com um conto de fadas, seria como um CASAMENTO DOS SONHOS. No entanto, houve uma certa tentativa de tirar o brilho da "NOIVA" por conta do apoio do PP ao pré-candidato petista Fernando Haddad, superestimando consequências. O PP já compõe a base aliada do governo petista federal, conduzindo o Ministério das Cidades, portanto não deveria haver estranhamento nesta aliança. O que causa desconforto é o presidente regional do PP paulista ser Paulo Maluf, pelas razões conhecidas. Porém é preciso compreender a verdadeira dimensão do fato. Maluf não é um "NOIVO" nesta cerimônia. O PP federal, hoje, é bem mais forte do que o PP paulistano, que elegeu uma bancada modesta em 2008 (2 vereadores). O próprio Maluf já não foi o deputado federal mais votado na capital paulista em 2010. Ele ficou em segundo, com 275 mil votos (só no município de São Paulo), atrás de Tiririca (com 436 mil votos paulistanos). A terceira mais votada foi Erundina, com 178 mil votos, fazendo uma campanha bem mais modesta que a de Maluf. Por isso, o PP tem seu peso no horário eleitoral, é um partido bem estruturado em São Paulo, e sua infantaria de candidatos a vereadores em campanha não é desprezível. Mas é um erro imaginar que apenas o PT tem interesse político na aliança, pois o PP paulistano sofreu esvaziamento de seus quadros para o DEM e PSD, que controlam a prefeitura há anos. Com o PR, PSD e DEM apoiando Serra, o PP ficaria asfixiado naquela coligação. Logo, independentemente de cargos (como a velha imprensa sugere que seja a única coisa em questão), há também o interesse político do PP em disputar eleitores do PSD, DEM e PR, partidos com o mesmo perfil. Os vereadores do PP serão a única alternativa para o eleitor que, apesar de conservador, votará em Haddad, em uma eleição cujos prognósticos indicam polarização, com o petista em um dos pólos. Portanto, ao PP tornou-se interessante apoiar Haddad por estratégia política, para aumentar sua bancada de vereadores e fortalecer o partido. Quanto à composição do governo, se vencer, todo mundo sabe que passa pelo resultado nas urnas. Além do apetite que todo partido tem para ocupar espaços no poder, no final das contas o que conta de fato é o tamanho da bancada de vereadores que cada partido da coligação conseguirá eleger. Além disso, o grande articulador político deste apoio no PP está sendo o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), e não só Maluf. Ribeiro articula também apoios em outras cidades. Por tudo isso, não há razão para petistas se penitenciarem por essa aliança. Afinal, com as regras eleitorais vigentes, é difícil para qualquer candidatura majoritária vencer isoladamente, sem uma frente de alianças que dê certa pluralidade. O melhor mesmo é comemorar e ter o palanque com Erundina ao lado.

PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - EIS O JINGLE DO PT NA ELEIÇÃO DE SÃO PAULO CANTADO POR MALUF: “EU SOU RICO, RICO, RICO DE MARRÉ-DECI!!!);  DE ERUNDINA: “EU SOU POBRE, POBRE, POBRE DE MARRÉ-DECI!!!). NA VERDADE, A JUNÇÃO DE MALUF E ERUNDINA É A FOTOSSÍNTESE DA CANALHICE SE ALIMENTANDO DA CANALHICE. É DE MORRER DE RIR.. DEFINITIVAMENTE, ESSES CANALHAS PETISTAS PERDERAM O SENSO DO RIDÍCULO...

segunda-feira, 18 de junho de 2012

OS CUECÕES DO PT COSTUMAM PRATICAR COITUS ININTERRUPTUS STALINISTA...




RAÍZES DA CORRUPÇÃO
NA ERA PETISTA

Bolívar Lamounier


Sim, sim, eu sei: a corrupção existe na alma humana. E o Brasil tem uma longa tradição no ramo, desde a chegada das caravelas. E não existe pecado abaixo do equador. E a impunidade campeia, até o judiciário está cheio de gente se lambuzando. Fiquem os caros leitores à vontade para acrescentar quantos pontos quiserem a esta lista. Mas é óbvio que, nesse nível de generalidade, não chegaremos a compreender o volume e muito menos a naturalidade com que a corrupção passou a ser praticada na era petista. O que ofereço abaixo é um simples aide-mémoire dessa triste história.


OS PRIMÓRDIOS


Historicamente, o modelo de partido adotado pela parcela mais organizada da esquerda brasileira foi o da “vanguarda profissional”-, de inspiração soviética. Esse modelo começou a mudar no final dos anos 70, com a formação e a crescente influência do Partido dos Trabalhadores. Não é necessário recordar aqui todos os meandros daquela conjuntura. Lembrarei apenas que o PT se constituiu no finzinho dos anos 70, isto é, num quadro em que: (1) não cabiam mais dúvidas quanto à derrota da luta armada; (2) a Igreja, sob a influência da conferência de Medellín, de 1976, esquerdizava-se a olhos vistos; (3) a mobilização política convocada e comandada por líderes democráticos como Ulisses, Montoro, Tancredo, Fernando Henrique e outros a fim de exigir a redemocratização do país continuava a ganhar corpo; (4) a estupidez repressiva do regime militar empurrava a classe média conservadora para a oposição e até fomentava uma “demanda” de esquerdismo em grande parte dela; (5) no plano internacional, o descrédito do sistema soviético fechava a via comunista tradicional. Nessas condições, a esquerda se propagou com uma extrema facilidade, muita habilidade e – não menos importante - o benefício da normalidade democrática restaurada a partir da vitória de Tancredo no Colégio Eleitoral, em janeiro de 1985. Trocando o “OBSOLETO” leninismo pelo “ATUALIZADO” gramscismo, a esquerda encontrou guarida até no colo de pais que antes não a aceitariam como nora. Pois o gramscismo o que era, afinal? Era a miragem de uma grande mudança no plano da ética social e política; de uma revolução que prometia ocupar uma parte da casa sem incomodar ninguém; de um socialismo tão vago (“AINDA POR INVENTAR”, DIZIAM OS SÁBIOS DE PLANTÃO) que ninguém precisaria tentar entender. Enquanto esse script era elaborado no altiplano dos melhores espíritos, algumas providências - como direi? - “CONCRETAS” avançavam por obra e graça das diversas correntes que viriam a compor o petismo. Por toda parte, a “MILITÂNCIA” dedicava-se com afinco à tarefa de construir o partido. Num canto, um grupo vendia chaveiros e estrelinhas para poupar a nova agremiação do dissabor de depender financeiramente da burguesia. Noutro, sentada no chão, uma pequena multidão iniciava-se nas artes da democracia direta, também conhecida como “ASSEMBLEÍSMO”. Nas salas de aula, os “TRABALHADORES INTELECTUAIS” davam inicio àquilo que o certeiro verbo do jornalista Josias de Souza denominou “HISTORICÍDIO”: a teoria de que nada jamais prestou no Brasil; que, desde Cabral, todos os homens públicos eram farinha do mesmo saco; que, enfim, sempre fomos um país dividido entre a “ZELITE” e o povo; e que este, agora sim, poderia respirar aliviado, POIS DEUS OU ALGUMA INSTÂNCIA EQUIVALENTE FINALMENTE CONFECCIONARA O PARTIDO E O LÍDER CARISMÁTICO CAPAZES DE O SALVAR. Desculpem-me por me estender tanto, mas eu queria preparar o pano de fundo para um ponto que precisa ficar muito bem compreendido. Nas condições que acima descrevi (sumariamente, é óbvio), milhares e milhares de pessoas espalhadas pelo Brasil passaram a se ver como integrantes de uma comunidade politicamente forte e livre dos “maus hábitos” dos antigos partidos comunistas. O fio invisível que interligava essa gente toda era um velho conhecido: o pensamento escatológico. Escatologia: emprego este termo para designar a crença na construção de um paraíso terreno, ou no advento de algo semelhante ao cristianismo primitivo. A expressão exata não precisa nos ocupar aqui, o que importa é que dessa forma se recriou o mito marxista da “SOCIEDADE SEM CLASSES”. Antes acessível somente aos “POUCOS MAS BONS” de que falava Lenin, esta nova versão estava fadada a se massificar. Chegaria a todos os lares e não custaria (até porque não valia) muito mais que um refrigerante. Mas a crença num futuro fraterno e açucarado, o quê tem a ver com corrupção? O que tem a ver? Não direi tudo, mas quase tudo. Muita coisa.  Facínoras, assaltantes, estelionatários, contrabandistas etc não precisam elaborar ideológica, ética ou filosoficamente os seus objetivos e métodos. Eles não são muito chegados nesse tipo de poesia. Fazem o que fazem au jour le jour, preocupados apenas em não ser presos e em não morrer. A última coisa que podem querer é um grande número de seguidores: isso seria um tiro no pé, pois significaria dividir o butim por muito mais gente.  Um partido de esquerda, e ainda por cima gramsciano, funciona ao contrário. Quer e precisa mobilizar milhões de pessoas. E sabe que uma mobilização de tal envergadura requer um embasamento ético. É nesta altura que a escatologia se mostra não apenas motivadora, mas também útil. Os milhares e milhares que acreditam nela geralmente se deixam convencer de que os fins justificam os meios. Observar as leis burguesas, o direito burguês, a pretensa distinção burguesa entre o público e o privado, estando em jogo a construção do paraíso terreno? NEM VEM QUE NÃO TEM. Levar essas coisas a sério é muito pior que cometer uma tolice ou aceitar certo grau de ineficiência: é trair o “povo”, os “pobres”, aqueles todos a quem prometemos a salvação. Sim, é verdade, o PT não é mais um adolescente. Já completou 30 anos. Esse ranço escatológico esmaeceu. Pode ser que sim, mas durante um longo período ele foi um ingrediente poderoso na peculiar ambiguidade ética petista. Estávamos no final do século 20, mas certas cabeças pensantes e certas facções ideológicas ainda se arvoravam em portadoras de um plus capaz de salvar a humanidade. Julgavam conhecer - SÓ ELAS CONHECIAM - a estrada real. Ora, quem se vê dessa forma salta facilmente para a crença de que os fins justificam os meios. Não há como fazer omelete sem quebrar alguns ovos, não é mesmo?  Para o true believer, os fins justificam os meios. Aí está, no meu modo de ver, a primeira de três raízes da corrupção na era petista. A EXPANSÃO ELEITORAL E A CONQUISTA DE PREFEITURAS, Fato é que o PT nunca se livrou da marca originária de um partido “anti-institucional” (expressão empregada num estudo do PT feito por um petista). Só que esse partido anti-institucional também queria crescer como organização e como máquina eleitoral. Seu objetivo, como o de qualquer partido, era chegar ao poder nacional. Que fazer? Como chegar lá sem ceder às tentações da carne? VENDENDO CHAVEIRINHOS? A segunda raiz ou segunda etapa da corrupção desabrochou à medida em que o partido começou a ganhar prefeituras e a se enfronhar no doce labirinto das propinas e dos sub- e super-faturamentos. Por razões mais que óbvias, o caso mais célebre mas não o único ficou sendo Santo André. A terceira raiz – E QUE RAIZ! – constituiu-se em torno do projeto de poder de longo prazo acalentado com mais densidade e perseverança por uma parte da cúpula petista. Neste ponto eu não preciso me alongar, pois os fatos (ou uma parte deles…) tornaram-se conhecidos no episódio do mensalão.  De fato, a crise que se iniciou em 2005 trouxe ao conhecimento público uma vasta rede de corrupção através da qual o PT e outros partidos ligados ao governo traficaram dinheiro público através de empresas estatais e bancos “AMIGOS”, super- ou subfaturando serviços supostamente prestados por empresas de publicidade, e ocultando ou diluindo (ATRAVÉS DE NUMEROSOS SAQUES) certos fluxos financeiros. Na verdade, as denúncias de corrupção e a atribuição delas à formação da base de apoio congressual não começaram com as revelações feitas à jornalista Renata Lo Prete pelo deputado Roberto Jefferson. Pelo menos um ano antes, a imprensa esporadicamente informava que os métodos heterodoxos a que o PT recorria eram comentados nos corredores do Congresso. O aluguel da base por meio do mensalão - fato que José Dirceu, Delúbio, Silvinho & Cia ainda tentam negar-, foi atestado direta ou indiretamente por integrantes da própria elite petista. Eleito Lula, esse partido minoritário, de origens confusamente esquerdistas, messiânico e arrogante, mas ferreamente controlado em moldes burocráticos pelo chamado “GRUPO MAJORITÁRIO”, logo arregaçou as mangas, tratando de arranjar uma base de sustentação para o governo Lula. No dia 07.02.2006, o Frei Betto deu à jornalista Mônica Bérgamo da Folha de São Paulo uma entrevista sobre o livro “A MOSCA AZUL”, que acabara de lançar:

“FOLHA - Quem vai ficar surpreso com o livro?

FREI BETTO - Ficarão possivelmente constrangidos aqueles que se deixaram picar pela mosca azul.

FOLHA - A mosca azul picou Lula?

FREI BETTO - Não, o Lula, não. Ele é muito responsável. Mas mordeu o PT, sobretudo o pessoal do Campo Majoritário, que achava que, uma vez Lula eleito, eles ficariam 20 anos no poder”. A HISTÓRIA COMPLETA É PROVÁVEL QUE AINDA NÃO CONHEÇAMOS, MAS O ESSENCIAL AÍ ESTÁ. ALÇADOS AO GOVERNO FEDERAL EM 2002, A DIREÇÃO PETISTA OU UMA PARTE DELA TRATOU DE AZEITAR A MÁQUINA PARA VOOS MAIORES: UM SISTEMA DE PODER BASEADO NO CONTROLE DA SOCIEDADE POR MEIO DO PODER ECONÔMICO DO ESTADO - MUITO MAIS ABRANGENTE, AO QUE TUDO SUGERE, QUE A MERA COMPRA DE VOTOS NO CONGRESSO-, A FIM DE ASSEGURAR SUA CONTINUIDADE NO PODER.

LULA, O ODORICO PARRAGUAÇU REQUENTADO, ALIA-SE A PAULO MALUF INTERPOL...

EFEITO MALUFERUNDINA


O BOM BLOGUEIRO MANOEL SANTOS AFIRMA COM TODAS AS LETRAS QUE NESTA ELEIÇÃO A MAIOR E MAIS IMPORTANTE CIDADE DA AMÉRICA LATINA, SÃO PAULO, TORNOU-SE NUMA SUCUPIRA E A CANDIDATURA DE ADDAD A PREFEITO VIROU UM SURURU DE CAPOTE, PRATO TÍPICO QUE SE COME EM MACEIÓ FEITO COM UM MOLUSCO QUE VIVE NA LAMA NAS PARTES MAIS RASAS DA  LAGOA MUNDAÚ, QUE EMBELEZA E BANHA AS CERCANIAS DA CAPITAL ALAGOANA.  POIS BEM,  NO PICADEIRO DO PT, MARTA DETONA ERUNDINA. ERUNDINA DETONA MALUF. ERUNDINA DETONA MARTA QUE DETONA HADDAD. E TODOS JUNTOS, DETONAM O SURURU DE ALAMBIQUE QUE É O LULA. ERUNDINA, SAI DETONANDO TUDO. ATÉ O VELHO SLOGAM PROPOSTO PELO MARQUETEIRO PETRALHA SANTANA. JÁ A PERUA DO BOTOX, DÁ UM CONSELHO PARA A ANCIÃ CANDIDATA A VICE, AO SABER QUE SERIA PROCURADA POR ELA: "VÁ DAR OS BRAÇOS PARA HADDAD E SAIA EM CAMPANHA POR ELE." TRADUZINDO: EXPLODA-SE!!! AOS POUCOS, SÃO PAULO VAI SE TORNANDO UMA SUCUPIRA. JÁ TEM ATÉ SUAS IRMÃS CAJAZEIRA (MARTA E ERUNDINA) E SEU DIRCEU BORBOLETA,  TUDO ISSO ACOMPANHADO DE PERTO POR ZECA MALUF DIABO, TRAZIDO À CENA PELO MOLUSCO DO SURURU DE CAPOTE. DAÍ, DEDUZ-SE QUE, UMA DAS INÚMERAS VANTAGENS DE NÃO SER PETISTA  É NUNCA SE DECEPCIONAR.  INCLUSIVE, JAMAIS SE SURPREENDER!!!


Augusto Nunes

 “Luiz Inácio Lula da Silva tem como princípio não ter princípio, tanto moral, ético ou político”, começa o brilhante artigo de Marco Antonio Villa. Homens assim se dispensam de compromissos com o que dizem, berram as estrondosas colisões entre a prática e o discurso da metamorfose malandra. Villa demonstra que tem sido assim desde 1975. Não poderia ser diferente na temporada eleitoral deste ano. No Programa do Ratinho, por exemplo, Lula invocou no critério da certidão de nascimento para justificar a escolha do candidato do PT à prefeitura de São Paulo. “Por que o Fernando Haddad?”, levantou a bola o apresentador. Decidido a acentuar a suposta vantagem dos 51 anos do ex-ministro da Educação sobre os 70 do adversário tucano José Serra, o palanqueiro oportunista aposentou sem anestesia a  companheira Marta Suplicy. “Convivi com a Marta durante trinta anos”, informou. “Era o momento da gente apresentá uma coisa nova pra São Paulo. A população votará no novo porque quer mudança em São Paulo”. Convidado a subir ao palco pelo apresentador, o candidato recitou com muita aplicação o palavrório ditado pelo principal slogan da campanha: “Um homem novo para um tempo novo”. E concordou com o chefe: o eleitorado de São Paulo quer ver pelas costas quem já administrou a cidade. Nesta sexta-feira, Haddad fingiu que nunca esteve no Programa de Ratinho, nem sabe quem é o marqueteiro da campanha, para comunicar oficialmente (sem ficar ruborizado) que a candidata a vice é a deputada federal Luiza Erundina. Indicada pelo PSB, Erundina foi prefeita de 1989 a 1992. Vai completar 78 anos em novembro. E ambos se enfiaram na mesma saia justa quando os jornalistas perguntaram se estão satisfeitos com a aliança, costurada por Lula e Dilma Rousseff, que colocou no colo da dupla Paulo Maluf e seu PP. Hoje com 80 anos, o novo aliado foi prefeito entre 1969 e 1971, nomeado pelo governo militar, e voltou a ocupar o cargo de 1993 a 1996. Quase conseguiu quebrar São Paulo. Escolheu Celso Pitta para completar a obra de destruição e nunca mais conseguiu vencer uma disputa majoritária. Em troca do apoio a Haddad e Erundina, a afilhada de Lula acaba de DOAR-LHE UM COFRE (DISFARÇADO DE “SECRETARIA”) NO MINISTÉRIO DAS CIDADES. Terá de gastar o lucro por aqui: A INTERPOL MANTÉM O NOME DE MALUF NA LISTA DOS MAIS PROCURADOS EM TODO O MUNDO. A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA, PODERÁ ENCONTRÁ-LO NO PALANQUE DO PT. Como só sabe falar do novo, Haddad perturbou-se quando instado a explicar o súbito apreço pelo antigo pesadelo. Um repórter quis saber como se sentirá ao lado de Maluf “OLHA…VEJA BEM…QUANDO VOCÊ FAZ UMA COMPOSIÇÃO POLÍTICA, VOCÊ TEM QUE TER O PRINCÍPIO. SE VOCÊ OLHAR CADA PARTIDO INDIVIDUALMENTE, VOCÊ VAI FAZER…É…A TUA AVALIAÇÃO SOBRE… É… A, B, OU C”. Nem Dilma Rousseff chegou a tanto. Lula não compareceu à festa que juntou duas gerações do PT. Uma é a que expulsou Erundina porque aceitou ser ministra do presidente Itamar Franco. Outra é a que topa qualquer negócio, até com Maluf. O QUE PARECIA UM PARTIDO VIROU REBANHO. Lula continua o mesmo. O REPERTÓRIO DE VIGARICES É QUE FICOU MAIOR. Quando não sabe o que dizer, ele agora se recolhe ao Sírio Libanês, perde a voz por dois dias e reaparece com cara de quem não tem nada com isso. Nunca teve.

PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - O PT ESTÁ ESTRAGANDO A REPUTAÇÃO DO MALUF...

domingo, 17 de junho de 2012

COMPARSAS DA BANDIDAGEM PETISTA ESTÃO DIGLADIANDO-SE NA HORA DE DIVIDIR O ROUBO...




PT, PCC E COMANDO VERMELHO:
O QUE ESSAS SIGLAS TEM EM COMUM?!?!?!


A ERA DO SEBOSO DE CAETÉS ESTÁ CHEGANDO AO  FIM, A CONDENAÇÃO DOS VAGABUNDOS DO MENSALÃO TAMBÉM CAUSA UMA CERTA APREENSÃO A  QUADRILHA. PROMETENDO UM FINAL MELANCÓLICO SE SEUS GÂNGSTERES EL CAGÓN, DELUBÃO, GENOINÃO E OUTROS PRÓCERES DA SÚCIA PETISTA LEVAREM DO STF UM PÉ NA BUNDA, SENDO CONDENADOS A REPOUSAR EM UMA CADEIA DE  SEGURANÇA MÁXIMA. O FATO E A  REALIDADE É QUE,  O PODEROSO CHEFÃO DO MENSALÃO ESTÁ  SENDO CONTESTADO, E CADA VEZ COM MAIS VEEMÊNCIA POR INTEGRANTES DE SEU PRÓPRIO BANDO QUE, ATÉ POUQÍSSIMO TEMPO ATRÁS, NÃO OUSARIAM BATER DE FRENTE COM O CHEFÃO DA QUADRILHA, MUITO MENOS NAS PÁGINAS DOS GRANDES JORNAIS E SEM USAR O TRADICIONAL E COVARDE "OFF". BASTA VER O QUE ESTÁ FAZENDO A PERUA DO BOTOX E A TURMA DO JOÃO SEM COSTA QUENTE DO RECIFE...

Uma das inúmeras vantagens de não ser de esquerda - e, particularmente, não ser petista - é nunca se decepcionar.  Inclusive, jamais se surpreender. A notícia de que o inacreditável Paulo Salim Maluf está coligado com o PT na campanha para a prefeitura de São Paulo, em troca de um cargo no governo federal, deixou muita gente, principalmente petistas mais antigos (ou mais avoados), chocada e indignada. Não a mim. Não somente porque conheço o PT de longa data, e jamais me deixei enganar pelo discurso vigarista do partido que até um dia desses se apresentava como "CONTRA TUDO ISSO QUE ESTÁ AÍ", ou porque Maluf é aliado do PT desde 2003, tendo inclusive apoiado no segundo turno a candidatura de Marta Suplicy para a prefeitura paulista no ano seguinte, mas porque, se há uma verdade que só falta gritar de cima dos telhados, é que o pragmatismo (leia-se: a total falta de princípios) do partido de Lula e Dilma Rousseff não tem limites. Inclusive - pode-se dizer, principalmente - quanto às alianças.
O fato de Maluf, um notório ladravaz fichado pela Interpol e verdadeiro símbolo da corrupção brasileira, alvo de incontáveis denúncias do Ministério Público e até ontem adversário histórico do lulopetismo, ser hoje um FIEL COMPANHEIRO E INTEGRANTE DA BASE ALUGADA DO GOVERNO DILMA NÃO DEVERIA SURPREENDER NINGUÉM. Afinal, o que é o PT senão a mais gigantesca máquina de lavar (e destruir, quando convém) reputações em todos os tempos no Brasil? Nunca antes na História deste país uma organização serviu tão eficazmente a esse propósito quanto o partido da estrela vermelha. Aí está Fernando Collor de Mello, resgatado do opróbrio e do ostracismo e plenamente integrado nas hostes lulopetistas, transfigurado em caçador de jornalistas em uma CPI fajuta para livrar a cara dos companheiros enrolados com uma empreiteira, para comprovar esse fato. Outro ex-presidente da República, José Sarney, deve sua eterna permanência à frente do Senado ao apoio trocado com Lula da Silva no Maranhão. Sem falar em outras figuras probas, ínclitas e impolutas de inegável espírito republicano como Jáder Barbalho e Renan Calheiros. Maluf é apenas mais um da turma a descobrir as delícias de fazer parte do esquema de poder lulopetista, que costuma ser generoso com seus aliados e implacável - para não usar outro adjetivo mais duro - com aqueles que a ele não se adaptam e não se sujeitam (ou que ousam esboçar alguma independência em relação ao capo di tutti capi, como acaba de descobrir Marta Suplicy). O lulopetismo é um misto de máfia e de seita religiosa. Verdadeiro homizio de delinquentes e Cosa Nostra da política, imbuído de certa aura sobrenatural a ele atribuída por décadas de pajelança sociológica marxista, o PT deu sobejas provas ao longo de sua trajetória de que  pauta suas alianças e coligações por um único objetivo: o poder. Para tanto, segue um único critério: para ser bom (ou seja: honesto, correto etc.), basta ser aliado.  O PT teria o poder mágico de lavar automaticamente o passado de bandidos de gravata e assaltantes dos cofres públicos. Basta que estes busquem o partido para que sejam tocados pela graça e ressurjam como um "novo homem", redimido e puro como uma criança. Como ocorre em algumas igrejas, o simples fato de a procura expurga o fiel de qualquer mácula, traço de corrupção e de pecado. Contrariamente ao que ocorre no cristianismo, porém, não há a necessidade de o convertido confessar seus erros, nem de arrepender-se. Cristãos-novos dessa igreja secular, Maluf, Collor e Sarney seriam, portanto, exemplos perfeitos e acabados do "novo homem" lulopetista. A exemplo do verificado em todas as seitas, a lulopetista também vive de mitos e dogmas. Que o diga a deputada Luíza Erundina, candidata a vice-prefeita na chapa encabeçada pelo BONECO  MAMULENGO FERNANDO HADDAD na capital paulista.  Falando  como candidata, Erundina, que já foi prefeita de São Paulo pelo PT nos anos 80, teve uma recaída nostálgica e deitou falação contra as "ELITES", num discurso cheio de plaititudes e chavões ideológicos, como "LUTA DE CLASSES" e "SOCIALISMO".  AGORA TERÁ A CHANCE DE LUTAR PELO SOCIALISMO AO LADO DO NEOCOMPANHEIRO PAULO MALUF. Como afirmei no início deste texto, o bom de não ser de esquerda é que nada nos decepciona ou nos surpreende. O PT nunca me decepcionou. Nem me surpreendeu. Assim como Maluf (Texto de Gustavo do Blog do Contra – As manchetes não fazem partes deste artigo). 

Maluf X Erundina: Velhos adversários, hoje, dão beijos na boca de “CAIR DE COSTA”...



AGORA, EM SÃO PAULO, QUEM FALA EM NOME DO PT É O “CUMPANHÊRO”  MALUF!!!

NO CONGRESSO NACIONAL QUEM FALA EM NOME DO PT É O CANALHÃO DO SENADOR COLLOR DE MELLO, UM DOS PIORES “PULHA POLÍTICO” QUE ESTA PÁTRIA JÁ PARIU... EM SÃO PAULO, QUEM VAI CANTAR DE GALO É A DUPLA COMPOSTA PELO  LOBO MAU DO MALUF COM A VOVOZINHA  DA ERUNDINA. RESPEITÁVEL PÚBLICO, DEPOIS DO TIRIRICA NADA MAIS ENGRAÇADO PODERIA ACONTECER COM O PT EM SÃO PAULO... MORAL: ZERO!!! ÉTICA: ZERO!!! PRINCÍPIO DE DIGNIDADE: ZERO!!! ATÉ OS TIRIRICAS DA VIDA ESTÃO IMPOTENTES!!! IDIOTIZADOS!!! E O PIOR É QUE, TÊM MUITOS BRASILEIROS INDECENTES SEGUINDO ESSES CALHORDAS NESSE PICADEIRO.  ISSO É O PETISMO, ESSE LIXO MORAL!!!


O PT resolveu dar uma roupagem virtuosa àquilo que é um preconceito — e isso não é novidade na campanha eleitoral do partido em São Paulo. Fernando Haddad é apresentado como um “novo homem para um novo tempo”. Um dos objetivos, é evidente, é chamar o tucano José Serra, que é de 1942, de “velho”.  Dilma, que tem a mesma idade de Lula — ambos são de 1945 —, estará com 69 quando disputar a reeleição, um ano a menos do que Serra hoje. Não obstante, o petismo acha lícito associar, de forma malandra, a “velhice” ao adversário. A tirada preconceituosa atingiu Marta Suplicy, também de 1945. No Programa do Ratinho, Lula acabou tratando a “companheira”, alguns meses mais jovem (ela é de março; ele, de outubro; Dilma, de dezembro), como coisa do passado. Foi grosseiro. A ex-prefeita ficou de tal sorte irritada que não entrou até agora na campanha. Se vai resistir à pressão, não sei. O “novo homem” Haddad, não obstante, foi buscar uma “velha mulher” para vice, a ex-companheira Luiza Erundina (PSB), que faz 78 anos em novembro. Pretende, com ela, emprestar um pouco de “experiência” à chapa e conferir à sua candidatura o que até agora ela não tem: um viés popular. Mas não é só essa “experiência” que os petistas buscam, não! Outro macaco velho da política paulistana está sendo atraído “pelo novo homem” Fernando Haddad: Paulo Maluf, que completa em setembro 81 anos de pura, como posso dizer?, esperteza. Dilma acaba de lhe dar uma secretaria do Ministério das Cidades, conforme ele reivindicava, em troca do seu 1min30s de tempo na TV. O apoio não está ainda sacramentado, mas é muito possível. Eis o aspecto mais perverso do horário eleitoral gratuito: virou mera moeda de troca. Bem, uma excrescência autoritária como essa não poderia mesmo dar em boa coisa. Assim, o “novo homem” Haddad pretende construir “um novo tempo” com dois passados tão conflitantes como os dos adversários históricos Erundina e Maluf. Se o deputado do PP aderir mesmo à campanha de Haddad, vamos ver como se comporta Marta Suplicy, que já o chamou de “o nefasto” em passado nem tão distante. (Texto escrito pelo jornalista  Reinaldo Azevedo – as manchetes, as frases e as imagens não fazem partes do texto original).



CUMPANHÊRADA,  UNI-VOS:



---DEPOIS DO TIRIRICA NADA MAIS ENGRAÇADO PODERIA ACONTECER COM O PT EM SÃO PAULO...


---LULA & ERUNDINA SÃO DOIS VELHOS DE ESPÍRITO QUE VÃO SE JUNTAR COM UM VELHACO;


---ONDE TEM CARNIÇA, AÍ SE REÚNEM OS ABUTRES!!!


--- MALUF E O PT. TUDO A VER!!!


--- MALUF COM HADDAD: ESTÁ FORMADA A DUPLA DA MALDDAD...


--- O ÉTICO PT, JUNTAMENTE COM RELAXA E GOZA E VOVÓ ERUNDINA VÃO TER QUE DIVIDIR PALANQUE COM UM LADRÃO PROCURADO PELA INTERPOL;


--- ISSO É QUE PODEMOS CHAMAR DE METAMORFOSE AMBULANTE… O TRIO ERUNDINA, MALUF E MARTA “RELAXA E GOZA” DÁ SAMBA!!!


--- QUANDO O PT FIZER A SOMA DOS ALIADOS: MALUF, ERUNDINA E MARTA, ESTÁ PASSANDO DOS 200 ANOS. LITERALMENTE, O PT TÁ LEVANDO SÃO PAULO A IDADE DA “PRÉ-HISTÓRIA”...


---DEPOIS DESSA, O CONCEITO SOBRE O ENGENHEIRO PAULO SALIM MALUF PELOS PETISTAS DEVE TER MUDADO MUITO E PARA MELHOR, CLARO!!!


---COM O AMANCEBO DO PT COM MALUF OS PODRES EXTREMOS SE ENCONTRAM...


--- COM UM MALUF COMPROVADAMENTE SALAFRÁRIO, O PT MANDA MAIS UM RECADO DAQUELES QUE É UM PARTIDO QUE SE   DESMORALIZOU COMO NUNCA ANTES NESSEPAÍZ;


---COM A JUNÇÃO DO PT COM MALUF CARACTERIZOU-SE O AMANCEBO DO ANTIGO LARÁPIO COM O NOVO. DESSE JEITO SÃO PAULO QUEBRA, GENTE!!!


---ESSA É A PROVA MAIOR QUE O PT ESTÁ MAIS PARA QUADRILHA QUE PARA PARTIDO;


---QUERO VER SÃO PAULO EMBEVECIDA PELO DISCURSO MODERNO E ELETRIZANTE DE TITIA ERUNDINA COM O ULTRAPASSADO SALIM MALUF NA CAMPANHA DO HADDAD DE BAGDAD;   


--- QUEM ASSIM PROCEDE, O BLOG CHUMBO GROSSO PREVINE:  QUE TOME BASTANTE CUIDADO, POSTO QUE, MUITOS ACABARAM COM CÂNCER NA LARINGE...


sábado, 16 de junho de 2012

O "CUMPANHÊRO" PAULO MALUF VAI APOIAR O PT EM SÃO PAULO...

MARTA “RELAXA E GOZA” NÃO

QUERIA ACORDAR DE MÃOS DADAS

COM HADDAD, MAS VAI TER DE IR

DORMIR ABRAÇADA COM MALUF…

Altamir Pinheiro

no Brasil não é preciso oposição ao governo petralha. A Natureza cuida de tudo, seleciona e decanta os elementos, dando-lhes liga nos mínimos detalhes. Afinal, no grande vaso em que se misturam Sarney, Renan, Collor, Jucá, Cabral, José de Abreu, Chico Jabuti, Jobim, etc., etc., ninguém era mais esperado do que o Salim Maluf. Essa gentalha petralha, no sentido mais rasteiro imaginável, não passa de gente safada do tipo que, distribuindo entre si os despojos de uma guerra suja travada contra a democracia, a pretexto de solidificá-la, solapa os princípios basilares da sociedade, enxovalha, deturpa, corrompe, prostitui, estupra, extermina valores, instituições, num cada vez maior e vagabundo delírio de poder e autoritarismo compartilhado entre gangues, que se digladiam ao menor sinal de perigo, unem-se, cerram fileiras, blindam, arreganham dentes e rosnam, atacando em bloco, sempre sob a inspiração e incentivo de seus mentores e o porco-rei!!! No popular: lixo puro!!!


---O PT É A ÚNICA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DO MUNDO QUE POSSUI CGC E ENDEREÇO FIXO;

---O NEOMALUFISMO E O LULISMO: ESTUPRAM, MAS NÃO MARTA. DIGO MELHOR, NÃO MATA;

---OLHA O NOVE DEDOS MAIS UMA VEZ VENDENDO A ALMA AO DIABO PELO PODER EM SÃO PAULO;


---ESSE PILANTRA É TÃO VAGABA QUE FAZ TODOS NÓS DE TROUXAS;

---POSSIVELMENTE O MALUF APRENDERÁ MUITAS MALANDRAGENS COM O INESCRUPULOSO PARTIDO DOS TRAMBIQUEIROS(PT);

---ISSO É O QUE PODEMOS CHAMAR DE PROMISCUIDADE;

---MALUF É UM CORRUPTO CONHECIDO ATÉ PELA INTERPOL. DEVE SER O TAL DO COMBATE A CORRUPÇÃO À MODA DAS ESQUERDAS;

---AGORA O LULA PODE DIZER TAMBÉM: “E SE O HADDAD NÃO FOR UM BOM PREFEITO, NUNCA MAIS VOTEM EM MIM!!!”;

---COMO SEMPRE ESSE PARTIDO DE TRAMBIQUEIROS ESTÁ MENTINDO E SENDO CÍNICO, E ISSO NÃO É NOVIDADE PRA QUEM ACOMPANHA POLÍTICA;

---PIOR DO QUE A VELHARIA É A VELHACARIA QUE ELES REPRESENTAM;

---COM O PASSAR DO TEMPO, ALGUMAS PESSOAS ENVELHECEM ENQUANTO OUTRAS ENVELHACAM;


---PRA QUEM FAZ ALIANÇAS COM SARNEY E COLLOR, UM ELEMENTO NA LISTA INTERNACIONAL DE CORRUPÇÃO DA INTERPOL É SÓ MAIS UM;

---PP + PT: JUNTARAM-SE O QUE ROUBA MAS FAZ, COM O QUE NÃO FAZ E ROUBA DO MESMO JEITO;

---EXISTE ALGO MAIS JURÁSSICO E RANÇOSO NA POLÍTICA DE SÃO PAULO QUE O LULA, O MALUF E A ERUNDINA;

---DESTA VEZ O PT FOI LONGE DEMAIS……. AI QUE VONTADE DE VOMITAR………. NÃO DEU PARA SEGURAR;

---VER O PT ESTENDER TAPETE VERMELHO PARA PAULO MALUF NÃO TEM PREÇO...




































O "CUMPANHÊRO" PAULO MALUF VAI APOIAR O PT EM SÃO PAULO...

sexta-feira, 15 de junho de 2012

MENSALÃO DO LULA




RELATÓRIO DO RELATOR


COM ESSA SUPOSTA AUTORIZAÇÃO DOS PRINCIPAIS INTEGRANTES DA CÚPULA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES E DO GOVERNO FEDERAL, OS RÉUS MARCOS VALÉRIO, RAMON HOLLERBACH, CRISTIANO PAZ, ROGÉRIO TOLENTINO, SIMONE VASCONCELOS, GEIZA DIAS, KÁTIA RABELLO, JOSÉ ROBERTO SALGADO, VINÍCIUS SAMARANE E AYANNA TENÓRIO TERIAM DADO INÍCIO, SEGUNDO O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, ÀS PRÁTICAS QUE CONDUZIRIAM À LAVAGEM DE DINHEIRO DESVIADO DOS COFRES PÚBLICOS.


No julgamento desta ação penal, serão analisados apenas os supostos desvios de recursos da Câmara dos Deputados e do Banco do Brasil. Há outros inquéritos e ações em que se investigam possíveis ilícitos praticados pelas mesmas empresas por meio de contratos celebrados, naquele período, com os Correios, a Eletronorte, o Ministério dos Esportes e outros órgãos públicos. Nos termos da acusação, a empresa DNA Propaganda foi contemplada, ainda no primeiro ano de governo, com a renovação de seu contrato publicitário com o Banco do Brasil, contrato esse que vinha sendo mantido desde o ano 2000. Com a renovação do contrato, em 22 de março de 2003, no valor de R$ 152.833.475,00, pelo prazo de 6 meses (Apenso 83, v. 1, fls. 43/44), o então Diretor de Marketing do Banco do Brasil, o réu HENRIQUE PIZZOLATO, teria viabilizado, segundo a denúncia, DESVIOS VOLUMOSOS DE RECURSOS, RECEBENDO, EM CONTRAPARTIDA, EM SEU APARTAMENTO LOCALIZADO EM COPACABANA, RIO DE JANEIRO, MAIS DE TREZENTOS MIL REAIS EM ESPÉCIE. Os desvios teriam sido praticados de duas maneiras. Primeiramente, através de violações a cláusulas do mencionado contrato, que teriam permitido a apropriação, pela DNA Propaganda, de valores correspondentes ao bônus de volume, que supostamente deveriam ter sido devolvidos ao Banco do Brasil. O réu HENRIQUE PIZZOLATO, na condição de Diretor de Marketing do Banco do Brasil, teria permitido as mencionadas violações contratuais, mediante propina. Além disso, nos termos da denúncia recebida por esta Corte, recursos de publicidade pertencentes ao Banco do Brasil, fornecidos pela Visanet, teriam sido desviados através de antecipações solicitadas pelo réu HENRIQUE PIZZOLATO, em benefício da empresa dos réus MARCOS VALÉRIO, CRISTIANO PAZ e RAMON HOLLERBACH. Quanto a esses recursos, o Procurador-Geral da República apontou quatro repasses principais, que somam quase R$ 74 milhões de reais, sem que houvesse sido prestado qualquer serviço e sem garantia de contrapartida. A denúncia destacou o fato de que o contrato da DNA com o Banco do Brasil não abrangia as verbas de publicidade fornecidas ao Banco do Brasil pela Visanet que, assim, teriam sido repassadas, repassadas irregular e graciosamente, à empresa dos réus MARCOS VALÉRIO, CRISTIANO PAZ e RAMON HOLLERBACH.  Além disso, na Câmara dos Deputados, o réu JOÃO PAULO CUNHA também firmou contrato com uma empresa dos réus MARCOS VALÉRIO, RAMON HOLLERBACH e CRISTIANO PAZ: a SMP&B Comunicação Ltda. O contrato em questão, firmado inicialmente no valor de R$ 9 milhões, foi assinado AO APAGAR DAS LUZES, em 31 de dezembro de 2003, e também teria sido fonte de recursos utilizados pela QUADRILHA para a suposta compra de apoio político, segundo o Procurador-Geral da República. Para o repasse dos recursos aos reais beneficiários, os réus MARCOS VALÉRIO, RAMON HOLLERBACH e CRISTIANO PAZ teriam colocado em funcionamento um INTRINCADO ESQUEMA DE LAVAGEM DE DINHEIRO. Os recursos públicos obtidos pelas agências DNA Propaganda e SMP&B através dos contratos com a CÂMARA DOS DEPUTADOS e o BANCO DO BRASIL – recursos esses repassados às agências dos réus de modo antecipado e/ou sem a correspondente prestação integral dos serviços -, teriam sido "ESQUENTADOS" com recursos de empréstimos que o Procurador-Geral da República afirma serem FRAUDULENTOS (IDEOLOGICAMENTE FALSOS). Assim, o dinheiro público em tese utilizado no esquema criminoso teria a aparência de meros empréstimos bancários, obtidos pelo PARTIDO DOS TRABALHADORES e pelas agências de propaganda junto a instituições financeiras. Assim, nos termos da denúncia, os réus do núcleo central teriam utilizado os serviços de outros INTEGRANTES DA QUADRILHA para a distribuição do dinheiro, viabilizando a compra do apoio político e, ainda, a remuneração de membros da suposta QUADRILHA. Para isso, os réus do núcleo publicitário, em concurso com os réus do núcleo financeiro, teriam praticado CRIMES DE LAVAGEM DE DINHEIRO, tendentes a viabilizar o uso dos recursos públicos desviados através das agências SMP&B e DNA. Afirmou, ainda, o Procurador-Geral da República que os réus do núcleo financeiro – KÁTIA RABELLO, JOSÉ ROBERTO SALGADO, VINÍCIUS SAMARANE e AYANNA TENÓRIO – teriam se utilizado de suas posições no Banco Rural para, com o fim de aumentar os lucros do banco e de obterem vantagens do Governo Federal – ESPECIALMENTE COM A REDUÇÃO OU AUSÊNCIA DE FISCALIZAÇÃO DO BANCO CENTRAL -, praticar inúmeras fraudes caracterizadoras de crimes de gestão fraudulenta de instituição financeira, dentre as quais a classificação irregular do risco de empréstimos (inclusive daqueles concedidos ao PARTIDO DOS TRABALHADORES e a empresas dos réus do núcleo publicitário); renovações sucessivas de empréstimos sem as garantias exigidas para a preservação do equilíbrio do Sistema Financeiro Nacional; disponibilização de agências do Banco Rural para prática de crimes de lavagem de dinheiro, dentre outras. Segundo a denúncia, o falecido Vice-Presidente do Banco Rural, Sr. José Augusto Dumont, "ASSUMIU A RESPONSABILIDADE DE SER A FACE VISÍVEL DOS ILÍCITOS PRATICADOS PELOS DIRIGENTES DESSA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, QUE SEMPRE TIVERAM PLENA CONSCIÊNCIA DE QUE A LUCRATIVIDADE DO BANCO ADVÉM DE INCONTÁVEIS TRANSAÇÕES FINANCEIRAS REALIZADAS À MARGEM DA LEGISLAÇÃO" (fls. 5705). Segundo afirmou o Procurador-Geral da República na denúncia recebida por essa Corte, "OS DENUNCIADOS OPERACIONALIZARAM DESVIO DE RECURSOS PÚBLICOS, CONCESSÕES DE BENEFÍCIOS INDEVIDOS A PARTICULARES, EM TROCA DE DINHEIRO E COMPRA DE APOIO POLÍTICO" (fls. 5625, v. 27). Ainda nos termos da acusação que deu início a esta ação penal, os crimes de corrupção passiva teriam sido praticados por parlamentares da chamada "BASE ALIADA", cujo apoio a projetos do Governo Federal se consolidou em troca do que veio a ser chamado de "MENSALÃO", ou "MESADA" a parlamentares, dirigentes e funcionários dos Partidos Progressista, Partido Liberal (que mudou o nome para Partido da República – PR, em 24 de outubro de 2006, depois da eclosão do escândalo), PTB e um parlamentar do PMDB. Citando documentos apreendidos em dependências do Banco Rural e nas agências de publicidade dos réus MARCOS VALÉRIO, CRISTIANO PAZ e RAMON HOLLERBACH, teriam sido beneficiários do esquema, segundo afirmado pelo Procurador-Geral da República na denúncia, os réus JOSÉ JANENE, PEDRO CORRÊA, PEDRO HENRY (todos, à época, Deputados Federais pelo Partido Progressista) e JOÃO CLÁUDIO GENU ("homem de confiança da cúpula do PP, trabalhando com o Deputado Federal JOSÉ JANENE desde julho de 2003", fls. 5709), pelo Partido Progressista; os réus VALDEMAR COSTA NETO, BISPO RODRIGUES (Deputados Federais pelo PL), JACINTO LAMAS e ANTÔNIO LAMAS (funcionários do PL), pelo Partido Liberal; os réus ROBERTO JEFFERSON e ROMEU QUEIROZ (Deputados Federais à época dos fatos), e EMERSON PALMIERI (então Secretário Nacional do partido) pelo PTB; e, por fim, o réu JOSÉ BORBA, então Deputado Federal pelo PMDB. Os réus ENIVALDO QUADRADO e BRENO FISCHBERG, donos da empresa BÔNUS BANVAL, e CARLOS ALBERTO QUAGLIA, dono da empresa NATIMAR, teriam sido, segundo a denúncia, responsáveis pela lavagem de dinheiro para os réus do Partido Progressista, desvinculando os recursos recebidos pela prática de crime de corrupção passiva da origem criminosa, organizando-se, de modo estável, em QUADRILHA, com aqueles réus. Por sua vez, os Senhores LÚCIO BOLONHA FUNARO e JOSÉ CARLOS BATISTA - beneficiados por acordo de delação premiada em trâmite na ação penal instaurada no primeiro grau de jurisdição -, seriam os responsáveis, através da empresa GUARANHUNS, pela lavagem de dinheiro para o réu VALDEMAR COSTA NETO, associando-se,
segundo a denúncia, ao então Presidente do PL e aos dois funcionários do partido, em QUADRILHA. Já os crimes de corrupção ativa teriam sido praticados, sempre nos termos da denúncia recebida por essa Corte, pelos réus JOSÉ DIRCEU, DELÚBIO SOARES, MARCOS VALÉRIO, RAMON HOLLERBACH, CRISTIANO PAZ, SIMONE VASCONCELOS, GEIZA DIAS, em todos os casos antes mencionados. Juntamente com eles, também foram processados por corrupção ativa os réus JOSÉ GENOÍNO, no caso do Partido Progressista e do PMDB; ANDERSON ADAUTO, no caso do PTB; e ROGÉRIO TOLENTINO, no caso do Partido Progressista. A denúncia salientou, ainda, que os recursos desviados através dos contratos publicitários também teriam sido utilizados, por meio de mecanismos de lavagem de dinheiro, para pagamento da dívida do PARTIDO DOS TRABALHADORES com o publicitário DUDA MENDONÇA e sua sócia, ZILMAR FERNANDES, que fizeram o marketing da campanha eleitoral do Partido dos Trabalhadores à Presidência da República em 2002, bem como de dívidas de diretórios regionais do partido e de aliados, por meio de repasses de dinheiro em espécie aos réus PAULO ROCHA, ANITA LEOCÁDIA, JOÃO MAGNO, LUIZ CARLOS DA SILVA (PROFESSOR LUIZINHO), bem como ao ex-Ministro dos Transportes ANDERSON ADAUTO, e seu secretário, JOSÉ LUIZ ALVES, com o suposto emprego da mesma engrenagem de lavagem de capitais (capítulos VII e VIII da denúncia). No caso dos réus DUDA MENDONÇA e ZILMAR FERNANDES, foi também recebida a denúncia pela prática do crime de evasão de divisas e novo crime de lavagem de dinheiro, com participação de réus dos núcleos publicitário e financeiro, à exceção dos réus ROGÉRIO TOLENTINO e AYANNA TENÓRIO (Blog Gente Decente).