quinta-feira, 23 de março de 2017

A CORDELISTA CEARENSE, DALINHA CATUNDA, CANTA SUA ALDEIA...



“AQUI NÃO TEMOS LADRÃO FALTA É JUSTIÇA.”
*
Neste Brasil de HONESTOS
É de cortar coração
Ver tanta gente inocente
Acusada de ladrão
Tudo isso me obriga
A dizer que é intriga
Coisa que não tem perdão.
*
Para todos os políticos
Eu retiro o meu chapéu
O que não é anjo, é santo,
Deveriam está no céu
E não, sendo acusado
Tendo seu nome rasgado
Com carteirinha de réu.
*
Que falta de respeito
Com as damas da nação
Que entraram na política
Cheias de boa intenção
Ajudando seus parceiros
Que hoje são prisioneiros
E só por perseguição.
*
Que povo mal agradecido
Que justiça equivocada 
Prender OS CAROS políticos 
É só pura palhaçada
O Supremo Tribunal
Anda trabalhando mal
Fere a classe injustiçada.
*
Entretanto tudo isso
Poderá chegar ao fim
Basta prender SÉRGIO MORO
No SUPREMO dar um fim
E criar novo reinado
SOLTAR cada injustiçado
E concluir o motim.
*

 Versos de Dalinha Catunda
http://cantinhodadalinha.blogspot.com.br/



NO REINO DA GATUNAGEM
TUDO RIMA COM LADRÃO
*
Nessa grande maratona
Onde só se vê ladrão
Cada um quer defender
Seu partido ou facção
Mas vejo o povo perdido
No meio da discussão.
O que realmente sei
É que houve o MENSALÃO
Não demorou muito tempo
Estourou o PETROLÃO
Desde os tempos mais remotos
Rouba-se nessa nação.
Os políticos discutem
De cada ator a ação
Quem desfalcou mais ou menos
Quem primeiro pôs a mão
Institucionalizando
Essa esculhambação.
Na CÂMARA tem corrupto
Não venha dizer que não
E no SENADO se vê
A mesma situação.
E o povo besta brigando
Por político ladrão.
*
Versos de Dalinha Catunda
http://cantinhodadalinha.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário