sábado, 11 de março de 2017

OS NORDESTINOS VIVEM RINDO À TOA COM O MORDOMO DE VAMPIRO: ESTÃO COM O BUCHO CHEIO D'ÁGUA COM A TRANSPOSIÇÃO E O BOLSO ESTUFANDO DE DINHEIRO COM AS CONTAS INATIVAS DO FGTS...


Magno Martins

Em discurso, ontem, na Paraíba, o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou, em tom categórico, que não deseja nem quer a paternidade da Transposição do Rio São Francisco, obra que encontrou praticamente paralisada e que está tocando com a mais absoluta prioridade. Apropriação de obra pega mal para quem quer que seja, mas como Temer bem disse o projeto não pertence a ninguém, mas ao povo brasileiro, porque saiu do papel graças aos impostos pagos por todos os brasileiros.
Temer quis passar muita modéstia. Na verdade, como comentei ontem neste espaço, a Transposição tem o DNA de Lula, mas Dilma, sua sucessora, paralisou suas obras. Nunca teve compromisso com o Nordeste nem com nada neste País. Foi a pior governante dos últimos anos, uma barata tonta, sem interlocução política, sem tato político, sem rumo. A pior herança deixada por Lula ao povo brasileiro.
Na mesma fala, Temer pediu o apoio e o empenho da bancada nordestina no Congresso para operar as reformas priorizadas no  seu Governo, especialmente a da Previdência. Este é o mote e a razão da sua passagem pelo Palácio do Planalto. Tirar do papel o que os seus antecessores não foram capazes passa por uma estratégia que Temer deve conduzir de forma exitosa, porque ninguém faz reformas se não tiver jogo de cintura e capacidade de articulação política.
E isso são atributos que Temer possui em demasia. Ninguém conhece o Congresso melhor do que ele. Como presidente da Câmara em três oportunidades, o peemedebista sabe como as duas Casas - Senado e Câmara - funcionam. Seu oxigênio são o bom trato, a conversa tête-à-tête e o saco para suportar as demandas intermináveis e insaciáveis dos parlamentares.
Ontem, um deputado me revelou que recebeu um telefonema do presidente na véspera de uma votação importante para o Governo. "Estava decidido a votar contra, mas ele me ligou direto, sem a interferência de secretária ou assessor, pedindo meu voto. Estou no meu quarto mandato e nunca tinha visto um presidente agir desta forma, com simplicidade e humildade", disse o mesmo parlamentar.
O depoimento deste deputado tira qualquer sombra de dúvida sobre as chances de sucesso que o Governo tende a ter nas reformas em discussão no Congresso. Nos cinco anos e meio em que despachou no mesmo gabinete, Dilma nunca recebeu um do senador ou deputado em audiência protocolar. Com nariz empinado de igual magnitude, imagina se Dilma pegaria um dia um celular para falar com um deputado da sua base! Ela se achava uma deusa! Por isso, deu no que deu. O mundo da política foi feito para os animais da política. Temer é um deles. A manchete e as imagens não fazem parte do texto original - 
PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: -DURANTE 13 ANOS A PUTADA PETRALHA JUNTA COM OS COMUNAS TRANSFORMARAM O BRASIL NUM PARAÍSO DE PATIFES, GOVERNADO POR UM COVIL DE BANDIDOS E QUE FOI CONTROLADO, DURANTE TODO ESSE TEMPO, POR UM SINDICATO DE LADRÕES.


Nenhum comentário:

Postar um comentário