sexta-feira, 10 de março de 2017

OS PETRALHAS QUEREM SER ENGENHEIROS DA OBRA PRONTA: TERMINADA POR MICHEL TEMER COM AJUDA DE ALCKMIN...
























Altamir Pinheiro
Popularidade é efêmera, coisa momentânea. Não é à toa que, em tom de desabafo O professor universitário de Direito Constitucional, o ex-vice-presidente da ANTA TONTA, respaldado constitucionalmente  pelo CONGRESSO NACIONAL, como o nosso presidente efetivo do Brasil de fato e de direito, falou em alto e  bom som: “Prefiro ser um governo impopular do que um POPULISTA”. As más línguas afirmam que Lula é o pai da transposição. E quem seria lembrado como pai da ROUBALHEIRA perpetrada nas obras da transposição do São Francisco que quase não chega ao fim?!?!?!       

Essa obra é um descalabro e não deveria ser propagandeada por ninguém.
Primeiro, muitos dizem que ela é uma calamidade ambiental, que vai secar ainda mais o São Francisco que já está bem debilitado. Segundo, qual era o orçamento original? Qual era o prazo de entrega? Essa transposição é mais um exemplo de péssima gestão dos recursos públicos pelo governo do PT.
Essa obra NUNCA apresentaria resultados com quem só queria roubar com suas empreiteiras e só COMEÇOU a dar UM POUCO de água depois de quase um ano  que a doida varrida saiu do governo  e das bombas e da tecnologia cedidas pelo Alckmin. A maior parte do trabalho ainda precisa ser feita e os erros PETISTAS precisam ser corrigidos. Inclusive os originais, pois  o projeto só funcionará por inteiro se for interligado ao Rio Tocantis, como era o projeto do Mário Andreazza.
Muito fácil fazer dois muros inclinados de 100 metros e tirar uma foto do molusco entre eles. Mas cadê a água? Essa só com o Temer. Não adianta o cara que saiu do poder há sete anos querer faturar o que só começou a acontecer hoje. Temer vai inaugurar e ficar conhecido como o presidente QUE FEZ a transposição, mas o presidente que ENRIQUECEU com esta obra foi o Lula.
Da mesma forma que a putada petralha atribui a crise econômica ao seu vice Michel Temer, também deveria atribuir está obra a Temer, não acham?!?!?! Afinal vai ser inaugurada no governo dele!!! A água chegou na gestão Temer, Méritos dele e pra ele!!! A propósito, eu sou do tempo(E QUEM NÃO É?!?!?!), da blenorragia ou gonorreia nos cabarés da vida. Pois bem!!! Você chegava numa boate daquelas e, quase sempre ou de vez em quando comia o famoso PÃO COM BANHA. Ou seja, a quenga já havia mantido relação com outro freguês. ALÓ, MACHARADA: QUEM SE LEMBRA DO PÃO COM BANHA!!! É o caso do Seboso de Caetés com a transposição: quem chegou primeiro para inaugurar foram PADIM TEMER & PADIM "XÁ DE XUXÚ"(ALCKMIN), o Sebosão vai ter de se contentar mesmo com o tradicional pão com BANHA... Afinal de contas, A OBRA É DE QUEM INAUGURA. PORTANTO, A TRANSPOSIÇÃO PERTENCE A PADIM TEMER & PADIM ALCKMIN. O FILHO É DE QUEM CRIA E NÃO DE QUEM FAZ...
Sabe aquele tipo de sujeito que faz um filho em uma mulher depois os abandona e esta mulher se casa com um outro homem que cuida do filho dela, alimento-o, dando atenção e estudo, e no dia da formatura na universidade, aparece o pai biológico dizendo: “Estão vendo?!?!?! É o meu filhão!!!” . Quem acha que essa historinha é a cara do Seboso, não é mera coincidência, não... PORTANTO, O FILHO É DE QUEM CRIA E NÃO DE QUEM FAZ...

A transposição do Rio São Francisco vai se provar mais uma grande embromação  da desastrada administração petralha com aquela conversa mole de PAC1, PAC2 e PAC3. Além da obra ter demorado mais que o previsto(7 anos), ter sido superfaturada e gerado propina pra tudo quanto é lado e gosto, ela vai matar o rio. É questão de poucos anos pro Rio São Francisco sumir do mapa. O correto seria ter sido feito uma obra pra transpor o rio Tocantis. E outra: A transposição do são Francisco não vai encher o bucho d’água  do mundiçal remelento dos “PIDÃO” nordestino... É só uma questão de tempo para aquela água servir apenas para IRRIGAÇÃO de capim e cana-de-açúcar para os grandes magnatas e uma maconhazinha de leve que será plantada pela peãozada...




Nenhum comentário:

Postar um comentário