ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM  ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

terça-feira, 8 de outubro de 2013

INESPERADO, SURPREENDENTE, GOLPE DE MESTRA: MARINA SILVA DÁ UMA SACUDIDELA NA CAMPANHA PRESIDENCIAL...



ALIANÇA DE MARINA SILVA E EDUARDO CAMPOS  MOSTRA QUE A POLÍTICA AINDA PULSA



ANÁLISE: Carlos Melo, cientista político e professor.


A política nunca será uma miséria enquanto sua capacidade de inverter expectativas for superior à mesmice; enquanto dobrar espinhas diante da majestade do "FATO NOVO". A adesão de Marina Silva ao PSB de Eduardo Campos é um desses momentos que balançam certezas enrijecidas e reintroduzem o imperativo da política sobre a resignação e o marketing. Sim, há um cálculo na escolha da ex-senadora: permanecer no cenário de 2014, sem perder de vista 2018. Mas o óbvio recomendaria aceitar a carona do PPS, fazendo número e levando a disputa ao 2.º turno para que Aécio Neves, por exemplo, encarasse Dilma Rousseff num embate plebiscitário. Mas, MARINA DEMONSTRA QUE DESPRENDIMENTO E ALGUMA NOVIDADE AINDA SÃO POSSÍVEIS: SEU APOIO A CAMPOS VISLUMBRA COLOCAR UMA CUNHA NA DESGASTADA POLARIZAÇÃO PT-PSDB. Não há como negar, o governador de Pernambuco sai favorecido. Primeiro porque acumula pontos com a líder da Rede ao seu lado. Mas, não só. Seu "GOLAÇO" talvez resida, antes, em demonstrar o porquê de Lula tanto pedir ao PT que tivesse tato para com ele. O NETO DE MIGUEL ARRAES SE REVELA UM TIPO DE CAÇADOR QUE NÃO ESPANTA A CAÇA. UM POLÍTICO QUE, POR PARADOXAL QUE PAREÇA, EXERCITA A ARTE DA POLÍTICA: OBSERVA OS DETALHES DA CENA, COMPREENDENDO E PERCEBENDO SUAS FRAGILIDADES; PREVENDO E APROVEITANDO SUAS BRECHAS. AGUARDA, EM SILÊNCIO, QUE AS FERAS SE ENREDEM, POR SI MESMAS, NO EMARANHADO DE CORDAS DO DESENROLAR DA HISTÓRIA. Foi assim com o PT de Recife, em 2012; do mesmo modo com Dilma, na retirada de suas tropas do governo. E, agora, com Marina. Eduardo Campos não se precipita; acompanha o processo sem perder de vista os lances de lá adiante. Mostra que quem dá tempo ao tempo torna-se o seu senhor. O tempo não acabou, por certo. Continuará o governador tão perspicaz como tem se mostrado? Provável que sim. Perspicácia não é algo que se esgote. Aos seus adversários ficam, portanto, a lição e o alerta: não se dá fortuna ao homem de virtude.

Nenhum comentário: