quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

BANDIDOS, FACÍNORAS E MARGINAIS PETRALHAS INFERNIZAM AS RUAS DE BRASÍLIA




Cláudio Humberto


A Polícia Militar prendeu em flagrante o bandido que comandou o incêndio a um ônibus da TCB, empresa pública de transporte que se confunde com a própria história de Brasília. Ele foi identificado como "MENOR DE 17 ANOS", por isso a polícia não divulga sua identidade. Ele é de Curitiba e, em razão do flagrante, responderá por crime previsto no artigo 250 do Código Penal, que prevê pena de 3 a 6 anos de prisão. A pena é agravada pelo fato de ter sido cometido contra veículo de transporte público. Bandidos mascarados atacaram o ônibus exatamente como o fazem integrantes de uma organização criminosa que já promoveu incêndios semelhantes em São Paulo e outras cidades, como Fortaleza e Natal. O método do incêndio de carros e do ônibus da TCB reforça a suspeita, a partir de informações de órgãos de inteligência, de que as entidades organizadoras do protesto favorável aos gastos públicos sem limites recrutaram bandidos para fazerem o "TRABALHO SUJO" em Brasília, depredando e enfrentando a polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário