quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

VEREADOR GIL PM BOTA A BOCA NO TROMBONE E DENUNCIA ROUBO D'ÁGUA NA BARRAGEM DO CAJUEIRO



O Vereador Reeleito Gil PM (PSC), assim como o Vereador Eleito Marinho da Estivas (PHS), vêm denunciado uma prática que pode colocar em risco o abastecimento d´água da população de Garanhuns. É que segundo os Parlamentares Garanhuenses, caminhões-pipa vêm sendo carregados d´água nas barragens de Inhumas, Mundaú e Cajueiro, mananciais que garantem o abastecimento dos municípios de Garanhuns, São João, Angelim e do Distrito de São Pedro.     

De acordo com recente publicação do Blog do Jornalista Roberto Almeida, em visita a Barragem do Cajueiro, Marinho encontrou uma bomba d´água com estrutura para retirar água do reservatório e atender a demanda dos caminhões pipa.

Já Gil PM, que esteve no manancial nesta semana, também se deparou com a estrutura, assim como presenciou, segundo Ele, seis caminhões com capacidade para milhares de litros d´água, cada, sendo abastecidos de forma irregular no manancial público. “Fiquei bastante triste e também revoltado, pois se continuar assim infelizmente nós de Garanhuns ficaremos sem água”, chamou a atenção o Vereador em postagem no facebook. O Parlamentar também gravou um vídeo, em que comprova a ação irregular e alerta para o fato dos mananciais estarem secando. Confira no final da reportagem.

De acordo com o cidadão Marcelo Torreão, o Ministério Público já foi provocado através de denúncia protocolada no dia de ontem, 19, para que possa tomar as providências cabíveis quanto à prática. “Moradores locais e visitantes estão alarmados com a quantidade de caminhões Pipas que saem de lá (Barragem do Cajueiro) todos os dias, tendo inclusive já filmado tanto a estrutura para a retirada, com bombas fixas no local, bem como os próprios Pipas transportando. Dizem que saem em torno de 50 a 70 caminhões por dia”, registra trecho do documento enviado ao MP, que também cita o destino da água coletada irregularmente em Garanhuns: para uso na produção industrial e avícola em empresas privadas nos municípios de São Bento do Una e Belo Jardim.


Além do Blog de Roberto Almeida e no facebook, o assunto já foi pauta do Programa Combate, da Rádio 87 FM, todavia, até o momento, a Compesa não se pronunciou a respeito da retirada ilegal de água nos mananciais de Garanhuns. - Este texto foi gentilmente roubado lá do Blog do Carlos Eugênio -



PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - VAI DAQUI, UM APELO AO ATUANTE VEREADOR GIL PM, PARA QUE FAÇA OU PEÇA UMA AUDIÊNCIA PÚBLICA COM O GERENTE REGIONAL DA COMPESA, CHAMANDO-O NA “CHINCHA” E QUE BOTE PEGADO NELE FEDENDO A CARBURETO PARA ELE SE PRONUNCIAR A RESPEITO DO ROUBO D’ÁGUA. ATÉ PORQUE, A CONTINUAR NESSA RETIRADA ILEGAL, ESTE SENHOR QUE SE DIZ GERENTE, DANDO UMA DE PILATOS OU DE JOÃO-SEM-BRAÇO, UMA SOMBRA DE ESCASSEZ D’ÁGUA PAIRA SOBRE A COMUNIDADE DE GARANHUNS. TOMARA QUE A GENTE SOBREVIVA E NÃO VENHA A MORRER DE SEDE...


Um comentário:

  1. A MANCHETE NÃO FAZ PARTE DO TEXTO ORIGINAL.

    ResponderExcluir