quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

MARCELO ODEBRECHT É UM TREMENDO GOZADOR



Era Marcelo Odebrecht quem criava os apelidos dos políticos que recebiam “doações” da empreiteira, consideradas propinas pelo MPF, o Ministério Público Federal. Ao tratar das doações ao ex-deputado Inaldo Leitão (PB), por exemplo, Marcelo se referiu a ele como “todo feio”, e a expressão passou a designá-lo. Os apelidos eram sempre desairosos como sinal de que corruptor nunca respeita corrompidos. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Apesar da fama de arrogante, Marcelo Odebrecht tem senso de humor, segundo ex-auxiliares, e se divertia apelidando os políticos. Alcunhas eram um truque para Marcelo lembrar os destinatários da propina, listados pelo setor de “Operações Estruturadas” da Odebrecht. Os apelidos eram curiosos como VIAGRA, CARANGUEJO, FEIA, MUITO FEIA, ANGORÁ, BRUTO, GRIPADO, ENCOSTADO, PASSIVO, BOCA MOLE E NERVOSINHO. A Odebrecht bancou campanhas eleitorais de cerca de 200 políticos, numa relação com a classe política que o MPF considera promíscua.


EIS ALGUNS APELIDOS DA BANDIDAGEM:


Gilberto Carvalho (Seminarista),
Heráclito Fortes (Boca Mole),
Paes Landim (Decrépito),
José Carlos Aleluia (Missa),
Lídice da Mata (Feia),
Jutahy Magalhães (Moleza),
Francisco Dornelles (Velinho),
Kassab (Kafta),
Jaques Wagner (Polo),
Delcidio (Ferrari),
Dornelles (Las Vegas)
Nogueira (Corredor).
Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – Caranguejo
Jorge Picciani (PMDB-RJ) - Grego
Adão Villaverde (PT-RS) - Eva
Antonio Palocci (PT-SP) - Italiano / Aço
Guido Mantega (PT-SP) - Pós-Itália
Carlos Todeschini (PT-RS) - Alemão
Geraldo Alckmin (PSDB-SP) - Santo
Rodrigo Maia (DEM-RJ) - Botafogo
Tarcísio Zimmermann (PT-RS) - Irmão
Jairo Jorge (PT-RS) - Nordeste
Nelson Pelegrino (PT-BA) - Pelé
Humberto Costa (PT-PE) - Drácula
Paulo Garcia (PT-GO) - Pastor
Lindberg Farias (PT-RJ) - Lindinho / Feio
Lula (PT-SP) - Amigo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário