quinta-feira, 11 de maio de 2017

A CULPA É DA FALECIDA...


O depoimento do ex-presidente Lula ao juiz federal Sérgio Moro na ação que apura a venda e a propriedade do tríplex no Guarujá durou quase cinco horas. Durante boa parte do tempo, o petista se limitou a refutar ser dono do imóvel e chegou a falar em "venda" da cota da Bancoop sem o consentimento dele e de dona Marisa. Lula confirmou ter ido ao apartamento e listado vários "problemas" ao então presidente da OAS Léo Pinheiro, mas "não sabe por que" não comunicou que não havia interesse no imóvel. Lula, por diversas vezes, atribui à falecida mulher as iniciativas com relação ao tríplex. Segundo ele, dona Marisa tinha "uma coisa muito importante: não gostava de praia". Em um trecho do depoimento, Lula é peremptório: "A propriedade do tríplex é de dona Marisa".

Nenhum comentário:

Postar um comentário