ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM  ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

domingo, 30 de agosto de 2015

SÓ A VERDADE NOS LIBERTARÁ DOS PADRECOS PEDÓFILOS...


          Tenho cá pra mim que a Igreja Católica foi fundada por uma elite de degenerados inteligentíssimos. Justamente para sacralizarem suas perversões, cometerem suas devassidões e atrocidades - guerras santas, genocídios, sevícias, torturas, sodomia, pedofilia, orgias e putarias em geral - em nome de Deus e não incorrerem na justiça dos homens.

          A exemplo, só para me valer de um assunto sempre em pauta, nunca tive notícia (posso estar enganado) de um padre pedófilo que tenha sido julgado pela justiça comum, a dos homens. O safado, quando muito, é julgado por seus pares do clero e, no máximo, afastado temporariamente de suas funções, ou transferido para uma paróquia distante da sua, onde ele é um desconhecido e, portanto, está com a ficha limpa para voltar à ativa (ou à passiva), pois o lobo perde o pelo mas não perde o viço.

          Blindados pelo Pai, pelo Filho e pelo Espírito Santo, a libertinagem campeia gazela saltitante nos meios sacerdotais, brinca tresloucada pelos campos do Senhor. Comportamentos inadmissíveis e condenáveis pela ética e pela moral da maioria das sociedades civilizadas - uma ética e uma moral hipócritas, é verdade, mas enfim... - encontram aceitação, refúgio e guarida no ambiente clerical, que se torna, então, uma espécie de embaixada do capeta, onde o pervertido vai pedir asilo e imunidade.

          Às vezes, parece-me que a igreja surgiu como um reduto de bibas, um local seguro e aprazível para a queimação de rosca. Sim, pois se até hoje o homossexulismo é visto por muitos idiotas como um desvio de conduta, mesmo de caráter, como se coubesse à sociedade o papel de fiscal do cu alheio, imaginemos, então, isso lá pelo século III, IV. Agrupar a bicharada em mosteiros fortificados sob a égide e o beneplácito de Deus talvez tenha sido a opção mais viável para botar o fiofó para jambrar. E das mais inteligentes, devo admitir.

          Não me deixa mentir, ou ao menos não me refuta, a diocese italiana de Albenga-Imperia, nome que, vertido do idioma de Berlusconi para o azaronês, bem pode significar o Império de Todas as Bengas.

          Localizada na região de Ligúria, ao norte da Itália, e dirigida há 25 anos pelo bispo Mario Oliveri (70), a diocese de Albenga-Imperia está sob investigação do Vaticano desde o ano passado, encargo dado ao núncio apostólico Adriano Bernardini pelo próprio Papa Chico I.

          O bispo Mario Oliveri é acusado de abrigar "padres playboys" em sua diocese, contra os quais pesam denúncias que, ao meu ver, não têm nada de mais, nem sei por que andam a merecer atenção papal : os padres de Oliveri, à noite, findas suas obrigações para com Deus, atuam como barmen na cidade mais próxima, furtam donativos da caixinha de esmolas da igreja para gastarem com garotos de programa, operam em redes de prostituição masculina, muitos têm passado criminoso, tatuam-se e postam fotos nuas em sites gays. Coisinha pouca! Traquinagens, Papa Chico, travessuras de meninos levados da breca.


          Deixe de melindres, Papa Chico! A vida sacerdotal é dura e sacrificada. Deixe os meninos se divertirem um pouco. A Igreja Católica já vem perdendo fiéis a olhos vistos pelo mundo inteiro, com essa pegação no pé, com essa ranzinzice do Vaticano, vai começar a perder também sacerdotes (As imagens e a manchete não fazem parte do texto original. –  TÍTULO DE ORIGEM: “PARÓQUIA DE DEUS, CONSULADOS DO CAPIROTO”. -  Este ótimo artigo foi gentilmente roubado, lá no bom blog MARRETA DO AZARÃO. - http://amarretadoazarao.blogspot.com.br/).



Um comentário:

A Marreta do Azarão disse...

mais uma vez, uma honra me ver publicado aqui.