ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SANTA BÁRBARA: EM  ARAPIRACA e ARACAJU VIROU FACULDADE"""

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

ZÉ DIRCEU, O LADRÃO DO POVO BRASILEIRO, FICA INTURIDO, CALADO, EMUDECIDO, DIANTE DA CPI DA PETROBRAS...



Por Laryssa Borges
O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu ficou em silêncio nesta segunda-feira diante dos integrantes da CPI da Petrobras. Deputados da comissão viajaram até Curitiba para tomar depoimento de autoridades presas na Operação Lava Jato, mas Dirceu informou que não responderia a nenhum questionamento, nem mesmo em sessão fechada. A sessão de questionamentos durou apenas 16 minutos e o petista foi dispensado na sequência.
Segundo o Ministério Público, Dirceu foi uma das pessoas que instituiu o esquema criminoso do petrolão, responsável por movimentar MAIS DE 6 BILHÕES DE REAIS a partir de fraudes em contratos da Petrobras e do pagamento de propina a agentes públicos. E mais: o juiz federal Sergio Moro, que conduz os processos da Operação Lava Jato em Curitiba, afirmou, no despacho que autorizou a prisão preventiva do ex-ministro no início de agosto, que há indícios de que O PETISTA PRATICAVA CRIMES DE FORMA “PROFISSIONAL” E “HABITUAL”. Uma das evidências, apontou o magistrado, é que Dirceu continuou a receber propina mesmo depois de já condenado pelo Supremo Tribunal Federal por corrupção ativa no julgamento do mensalão.
Segundo Moro, as provas recolhidas no âmbito da Lava Jato – e potencializadas com as revelações do lobista Milton Pascowitch de que os repasses a Dirceu eram propina – indicam que o ex-ministro “PERSISTIU RECEBENDO VANTAGEM INDEVIDA DURANTE TODA A TRAMITAÇÃO DA AÇÃO PENAL, INCLUSIVE DURANTE O JULGAMENTO EM PLENÁRIO”. A audácia do petista de embolsar DINHEIRO SUJO enquanto tentava desqualificar o julgamento do mensalão pelo STF indica, segundo Moro, “ACENTUADA CONDUTA DE DESPREZO NÃO SÓ À LEI E À COISA PÚBLICA, MAS IGUALMENTE À JUSTIÇA CRIMINAL E A SUPREMA CORTE”.
No depoimento desta segunda-feira, Dirceu chegou à sala da CPI às 10h09 escoltado por dois policiais. Recusou-se a informar se era “O LÍDER DA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA”, se cogita fazer um acordo de delação premiada, se é um “TRAIDOR DO BRASIL” e também se replicou, na Lava Jato, o esquema criminoso do mensalão. José Dirceu tampouco respondeu a questionamentos sobre os serviços de consultoria que diz ter prestado e que as investigações apontam ser de fachada. “Já chamaram o senhor de guerreiro do povo brasileiro. Depois do mensalão e do petrolão, o senhor pode ser chamado de ladrão do povo brasileiro?”, questionou o deputado Delegado Waldir (PSDB-GO).
Com as mãos para trás e acompanhado por dois advogados, cumprimentou o presidente da CPI, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), e o relator da comissão, o petista Luiz Sergio (PT-RJ), mas não deu esclarecimentos.



PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - PARA PEDIR PIXULECO NÃO SE CALOU. PARA ENTREGAR O BRAHMA, POR ENQUANTO, NÃO ABRE A BOCA. ATÉ PERCEBER QUE FICOU SOZINHO PAGANDO O PATO. MAIS CEDO OU TARDE DARÁ COM A LÍNGUA NOS DENTES, “MODUS OPERANDI” DE VAGABUNDO. OU ENTÃO,  CRÁPULA DESSE NAIPE,  TEM QUE APODRECER NA CADEIA SEM DIREITO A REDUÇÃO DE PENA. O QUE O COZINHEIRO TEM A FAZER  É COLOCAR MAIS MIJO NO ARROZ...

Nenhum comentário: