sábado, 8 de abril de 2017

ELEGANTEMENTE, A PREFEITA DE CAPOEIRAS NEIDE REINO, DEU UM PUXÃO DE ORELHA NO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO, PAULO CÂMARA




Por Altamir Pinheiro

Se discursos antecipassem a qualidade do prefeito e dos bons modos de governar um município, o de Neide Reino, em Capoeiras, neste seu segundo mandato, nos próximos quatro anos  será excelente. A fala dela foi serena, segura, propositiva, apelando sempre a um conteúdo que tem feito falta aos políticos da região: defesa da municipalidade e pedindo empenho do governador de Pernambuco para solucionar coisas práticas e que traga benefícios imediatos à população, como por exemplo, verbas do  FEM. A prefeita  e presidente da CODEAM, falou em nome de todos os  prefeitos presentes no seminário “PERNAMBUCO EM AÇÃO”, realizado pelo governo do Estado nesta quinta-feira, 06/04/2017, na cidade de Garanhuns e deu um show de bola. Foi aplaudida de pé!!!

O discurso da prefeita tanto teve  forma  quanto conteúdo. A forma foi impecável. Pela primeira vez, depois que foi eleita presidente da CODEAM, sentia-se a presença de uma autoridade agrestina que inspirava respeito não pela imposição de seus dons carismáticos ou por arroubos de uma agressividade sempre contida e presente nessas horas de muita difilcudade. A autoridade em questão se fazia ouvir muito bem pela senhora prefeita,   sem gritos, sem atropelos à língua, sem suor, sem dedo em riste. Foi um discurso irrepreensível, de causar inveja aos bons gramáticos e pessoas de letras que se faziam presentes. O português eloquente, com as palavras bem pluralizadas e as colocações verbais compreensíveis e adequadamente pronunciadas por Neide Reino fizeram dela a cereja do bolo naquele seminário.

No conteúdo, o discurso foi igualmente primoroso, até porque a prefeita não ignora as dificuldades porque passa o país e, consequentemente, o Estado governado por Paulo Câmara. Tratou de questões que eu diria contingenciais, ainda que perdurem: como é o caso da SECA, que teima em persistir e nos assombrar com o fantasma da escassez de água. Como há muito não se via,   NÃO saíram da boca da chefe do Poder Executivo municipal  de Capoeiras,  palavras que jogam pernambucanos contra pernambucanos, que opõem o “NÓS” ao “ELES”. Ou seja, ARMANDO(PTB) versus CÂMARA(PSB) ou discurso do tipo queixoso e revanchista.  Ao contrário.  Falou na necessidade de um governo de salvação estadual e em especial para o  Agreste Meridional. Ao tratar dos temas que eu diria de fundo, expressou seu contentamento e pediu que o governador assumisse compromisso com as causas que atingem em cheio a população regional, citando explicitamente a crise do abastecimento d’água.

As palavras de Neide Reino foram  impecáveis, reitero, na forma e no conteúdo. Que seja um bom pressentimento e que o discurso pronunciado em bom português, na tarde dessa quinta-feira,  pela presidente da CODEAM e prefeita de Capoeiras, espera-se que   tenha sido   levado a sério e bem acolhido  pelo governador do estado, que demonstrou naquela oportunidade bastante entusiasmo no seminário, além de esperança  e vontade de tocar pra frente as obras que estavam paradas e alavancar com a maior brevidade possível  as que estão por vir em toda região do Agreste Meridional.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário